!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

21.11.16

Porque não deves fazer diretas para estudar


Como já devem ter lido aqui, eu não sou a favor de diretas para estudar. Devemos estudar várias horas, algumas à noite se necessário, mas daí a fazer direta já não concordo. Porém, para muitos estudantes, as diretas parecem ser a solução para trabalhos que precisam de ser feitos à última da hora, para estudo acumulado e para trabalhos de grupo.

Porém, fazer uma direta tem muitos contras, para além da óbvia falta de sono e, a longo prazo, podem prejudicar seriamente o teu organismo. Aqui estão algumas razões pelas quais não deves fazer diretas.


1. Privação de sono: Esta é óbvia. Ao fazer diretas, estás a perder tempo que deverias usar para dormir e, no dia a seguir, vais parecer um autêntico "zombie".

2. Horários de sono trocados: Se tens por hábito fazer muitas diretas, passado algum tempo, os teus horários de sono vão ficar trocados. Se fazes sempre direta na noite antes da frequência da manhã, dormes de tarde, e à noite voltas a estudar, é muito provável que nas noites em que queiras efetivamente dormir não o consigas fazer.

3. Fracas capacidades de gestão de tempo: Se estás sempre a acumular matéria ou trabalhos, e fazes tudo na noite anterior ao prazo da entrega, com o passar do tempo, isso vai-se tornar um ciclo vicioso. Quando acabares todos os teus trabalhos acumulados à última da hora, terás outros tantos acumulados, e tudo isso poderia ser resolvido se não deixasses sempre tudo para a última hora e fizesses tudo em diretas. Além disso, fazer coisas em cima da hora pode resultar na tua vida de estudante, mas certamente não resultará quando entrares no mundo de trabalho.

4. O teu cérebro não vai cooperar: Certamente, já deves ter reparado que o teu cérebro desliga ao fim de longo dia, sempre a uma mesma hora. Claro que para uns é mais cedo e para outros é mais tarde, mas o teu cérebro tem tendência a " desligar-se" a uma hora certinha. Isto acontece porque este teve a trabalhar o dia todo, esteve sujeito a mil e um estímulos e, obviamente, também se cansa. O que acontece quando fazes diretas, é que o teu cérebro, muito provavelmente, já não vai colaborar a partir de certa hora, que era supostamente a sua hora de descansar e, basicamente, o teu trabalho não será tão produtivo como seria se o tivesses a fazer durante o dia.

5. Não vais conseguir recordar-te de grande parto do que estudaste nessa noite: Por muito que aches que até estás a memorizar bem a matéria, na verdade, não estás. Devido ao ponto anterior, terás muitas dificuldades em memorizar o que quer que seja, coisas simples vão parecer-te mais difíceis,... Podes até saber conceitos soltos, mas não conseguirás compreender a matéria no seu todo.

6. Não vais conseguir estar atento nas aulas de tarde: Caso tenhas aulas de tarde, é muito provável que não consigas estar atento/a, ou pior, que adormeças a meio desta.

7. A longo prazo, as tua capacidade de concentração irá diminuir: Se fazer diretas é um hábito já comum para ti é muito provável que, a longo prazo, a tua capacidade de concentração diminua. Mesmo nos dias em que não faças diretas e durmas bem, terás mais dificuldades em concentrares-te no que quer que seja, em perceberes as coisas e em estudares.


15 comentários:

  1. Nunca fiz. Estudava desde manhã cedo até ao fim do dia. Dormir durante a noite sempre foi para mim essencial.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fazias tu muito bem :). Acho que isso é o que é correto e o que todos os estudantes deveriam fazer.

      Eliminar
  2. Também n sou a favor de directas para estudar. Acho que nunca fiz nenhuma :)

    ResponderEliminar
  3. Também nunca fui a favor de directas nem de grandes noitadas. As minhas oito horas de sono são religiosas :p

    Beijocas,
    ANDA DAÍ!

    ResponderEliminar
  4. Nunca fiz. Para mim, dormir sempre foi essencial. Preferia acordar mais cedo e rever a matéria.

    ResponderEliminar
  5. concordo, eu acho que as diretas não são nada produtivas e é mesmo uma coisa a evitar
    por vezes é melhor irmos para um teste com menos conhecimentos mas com mais horas de sono porque as nossas capacidades vão estar melhores
    beijinhos

    http://umacolherdearroz.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exatamente, às vezes mais vale saber menos e estar com a "cabeça fresca", do que ir para lá exausto.

      Eliminar
  6. Para estudar é comer (quase) tudo o que nos apetece, para dietas temos tempo no final!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahah, eu não falei de dietas no post, mas já agora não passar fome ao estudar é uma boca dica xD.

      Eliminar
  7. Não podia concordar mais, nunca fiz nenhuma com esse propósito.

    ResponderEliminar