!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

26.6.17

4 coisas que se fosse agora não comprava


O título do post era para ser " 4 coisas que me arrependo de comprar", mas eu costumo dizer que não me arrependo de nada, tudo contribuiu de alguma forma para a pessoa que sou hoje e, se não tivesse cometido estes erros, não teria aprendido ( parece que vai dar tudo ao mesmo mas não, arrepender-me é querer alterar o passado, e o " se fosse agora" é não querer voltar a repetir o erro). E ter gastado demasiado dinheiro nestas coisas fez-me perceber o valor deste, e também que há coisas que não compensam comprar a um preço tão elevado

Não sou uma grande consumista. Agora, apesar de existirem muitas coisas que adoraria comprar, tenho o bom senso de saber aquilo em que vale a pena investir o meu dinheiro. Contudo, em tempos, já fui um pouco consumista, e excedi-me imenso nas coisas que vou referir a seguir.



1. Cadernos caros: Durante todo o meu Básico, eu usei cadernos exageradamente caros ( e quando digo caros é 15 euros, o que é imenso por um caderno que só dura um ano letivo). Eu sei, eu sei, shame on me, mas não conseguia resistir-lhes, eram tão bonitos. Principalmente estes da Jordi Labanda. Foi bom enquanto os tive, mas agora não dava tanto dinheiro por um caderno ( na verdade, agora nem dou mais que 3 euros por um). Só invisto mais num caderno se este tiver outros fins que não escolares, como um caderno de ideias, e que me dure mais que um ano.

2. Canetas caras: Sendo eu uma louca por material de papelaria, obviamente que também sou louca por canetas. Já fui mais, mas agora tenho bom senso para lhes resistir. No entanto, nos tempos em que o bom senso não era algo que me assistisse, eu já cheguei a dar bastante dinheiro por apenas uma caneta. Sabem qual é o máximo que eu já dei por uma mera caneta? 8 euros. Se eu fizesse algum gasto assim nos dias de hoje, matava-me a mim própria!

3. Perfumes de marca: É do conhecimento geral que tantos os perfumes de marca como os de marca branca são bons, vai dar tudo ao mesmo. Como o meu pai costuma dizer " cheira tudo à mesma merda" ahahahahahah. No entanto, o meu "eu" do Básico era estúpido e ignorante, e todos os natais e aniversários pedia perfumes. Tanto dinheiro que os meus pais gastaram em perfumes caros! Era certo que cada um durava-me, em média, um ano ( e usando todos os dias), mas ainda assim, poderia ter usado este dinheiro para ter outras coisas mais úteis, como livros.

4. Demasiados batons: Já contei aqui no blog que, quando eu tinha 13 anos, eu tinha uma coleção enorme de batons. Eu tinha literalmente uma Sephora em mim casa! Nunca gastei mais do que 5 euros em batons porém, grão a grão enche a galinha o papo, e eu acabei por gastar uma fortuna nessa coleção. Alguma variedade de batons é sempre bom, mas ninguém precisa de 129328 cores diferentes.


E vocês? Quais são as coisas que, se fosse agora, não compravam?

32 comentários:

  1. Se fosse agora, não comprava os mil vernizes que já nem uso que tenho aqui numa gaveta em casa.
    Beijinhos :)
    https://dailyvlife.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Das quatro que mencionas, apenas compro perfumes de marca, e sinceramente não me arrependo. Consigo sentir a diferença de um de marca e outro de marca branca pelo simples facto da duração dele no corpo/roupa.
    A coisa que mais me arrependo de ter comprado foi as calças da Levis que comprei no Natal. Foram exageradamente caras e apesar de sempre ter querido umas, as minhas estão um tanto ou quanto gastas e com algumas linhas de fora. Fico triste mas agora também vou usa-las até ao fim para fazer jus ao que paguei por elas.
    João, Náměstí J

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu conheço muitos perfumes baratos que duram tanto no corpo como os caros. Os da Zara são muito bons e, há uns tempos atrás, comprei um na farmácia por 15 euros, que também é muito bom :).

      Eliminar
  3. Por acaso nunca tive nenhum dos problemas que mencionaste em cima, ahah! Quando me refiro a problemas falo de gastar muito dinheiro em coisas que tu gastaste, por exemplo xD Sempre fui aos cadernos e material mais baratos, a única vez que comprei uns cadernos "melhorzitos" foi este ano, no meu 12º xD
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No 12 ano, aproveita também, que depois na Universidade não vais precisar de tantos cadernos :).

      Eliminar
  4. Por acaso por batons já dei algum dinheiro... o mais caro rondou os 16 euros e, apesar de o adorar, sinto-me mal quando penso no valor que dei por ele :)

    http://cidadadomundodesconhecido.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também já comprei, uma vez, um batom por esse preço, e depois nem o queria usar, de tão caro que era ahahahah xD

      Eliminar
  5. Txi, nem sei... mas acho que coisas que não voltava a comprar seriam mais peças de roupa e calçado que comprei e depois acabei por não usar =p e um certo primer que toda a gente aconselhava imenso num grupo de maquilhagem do qual faço parte e que se revelou um belo desperdício de dinheiro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, também já comprei alguns produtos de maquilhagem que foram um desperdício de dinheiro, mas ultimamente até tenho acertado nos produtos que tenho comprado:)

      Eliminar
  6. Sempre fui pelo mais barato ou esperar pelas promoções xD haha

    ResponderEliminar
  7. Há excepção dos perfumes de marca assenta-me a carapuça eheh

    ResponderEliminar
  8. Estou a rir-me aqui no meu quarto feita parva porque sofro da mesma paixão louca por material escolar, digamos assim x) Mas acho que nunca gastei 15 euros num caderno!

    R: Obrigada pelo teu comentário super fofinho! Obviamente que te segui de volta e que lerei mais posts teus :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tens de agradecer, foi muito merecido:).
      Muito obrigada :).

      Eliminar
  9. Não é que me arrependa mas acho que, se fosse hoje, não comprava tantos - relógios e pulseiras. Quando era mais miúdo comprava imensas pulseiras e todos os anos comprava um relógio novo porque queria ter um "recente". Estúpido. Agora, com outra maturidade, compro um relógio de longe em longe mas que sei que me duram quase uma vida. Para ocasiões especiais, para andar no dia a dia. Não é um investimento estupidamente grande: é um investimento mas sei que me vai poupar imensos euros ao fim de algum tempo dado que não vou andar a comprar relógios todos os anos. Quanto às pulseiras, de vez em quando compro uma mas para teres uma ideia, existem duas que ando diariamente com elas e já lá vão três, quatro anos e encontram-se impecáveis e ainda não precisei de comprar novas ;)

    Beijinhos Cherry,
    Ricardo
    www.opinguimsemasas.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também só compro um relógio de longe a longe. Gasto muito dinheiro num, mas depois dura-me anos.
      O truque é comprar peças de qualidade, e fazer com que durem anos :).

      Eliminar
  10. Que perfume usas agora como alternativa?
    http://moonisnotaliar.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi um que comprei na farmácia, agora não me lembro do nome, mas podes ver nesta foto aqui: https://www.instagram.com/p/BOxYNDeDJsV/?taken-by=life.of.cherry.

      Eliminar
  11. Tirando ali os perfumes mais caros (que ainda não consigo resistir totalmente e porque acho que há alguns muito bons), concordo com tudo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Existem alguns mesmo bons, mas, no geral, não acho que valha a pena o investimento.

      Eliminar
  12. Nos dois primeiros somos tão mas tão iguais haha


    Beijinhos 🖤
    www.pirilamposemarte.com

    ResponderEliminar
  13. Há diversas coisas que tento conter-me para não gastar tanto dinheiro e são elas, por exemplo, o maldito material de papelaria que me faz apaixonar cada vez que vou a uma loja até dos chineses e tecnologia.
    Beijinhos grandes.

    https://bloomblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  14. A mim assenta-me mais os cadernos caros! Sou louca por papelaria e quero ser comprar tudo, o que faz com que fique com uma grande acumulação deste material em casa! Se fosse agora não comprava :D

    A Marca da Marta

    ResponderEliminar
  15. Concordo com tudo à excepção dos perfumes, noto muita diferença entre os "verdadeiros" e os de marca branca!
    Beijinho
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  16. Eu também não compraria cadernos tão caros!

    Beijoos
    Le Duo

    ResponderEliminar
  17. Só os perfumes é que não consigo deixar de comprar...
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  18. se fosse hoje não compraria tantos vernizes. tenho imensos, mas apesar de os usar imenso na realidade não necessito de tantos (:

    ResponderEliminar
  19. Sem duvida nao voltaria a comprar cadernos e canetas caras!
    Já os batons e os perfumes não posso falar muito hehe
    Beijinhos**
    Rose
    _________________________
    All The way is an adventure
    Jess & Rose Blog | Instagram | Youtube

    ResponderEliminar
  20. Por acaso nunca exagerei no preço das coisas que referiste aí em cima, mas confesso, há certas coisas que eram "moda" na altura que eu comprava, como por exemplo, pulseiras que arrependo-me de o ter feito e coisas dos One Direction que comprava quando era fanática por eles.

    http://recomecar-mariana.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu por acaso nunca me rendi muito a essas modas...

      Eliminar
  21. Agora que penso no assunto, nunca me aconteceu comprar coisas que não compraria, atualmente. E tudo porque quando me apercebi do erro que cometia ao investir em coisas que não me traziam nada, deixei de o fazer, pura e simplesmente.
    Sempre fui bastante poupada e, embora gaste bastante dinheiro em comida - quem nunca!? xp - quanto a coisas materiais, é raro. Quando gosto, compro, mas claro, tendo sempre em conta a utilidade do item, se não, deixo para trás.

    Beijinhos,
    LYNE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu agora também sou como tu.
      Mesmo, quem nunca, somos cá umas gulosas xD.

      Eliminar