!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

20.5.17

Como ignorar algo que te está a incomodar


Quando era mais nova, fica facilmente incomodada até com os mais pequenos detalhes. Deixava que tudo e mais alguma coisa se metesse no caminho da minha felicidade, e achava que era capaz de mudar o mundo ( quando somos novos, todos achamos, não é?). Contudo, à medida que fui crescendo, fui percebendo que, se quisesse ser feliz, teria que aceitar o facto de que não posso controlar tudo à minha volta, e que tinha de começar a ignorar algumas coisas que me incomodavam.

Pode ser bastante difícil aprender a ignorar algo ou alguém, especialmente se é importante nas nossas vidas. Porém, com muita paciência e prática, eventualmente acabaremos por conseguir atingir o nosso objetivo.


1. Tenta perceber porque é que determinada coisa te está a incomodar: A primeira coisa que tens que fazer antes de ignorar algo que te está a incomodar é perceber porque é que isso te está a incomodar. É tua culpa? És tu que estás a exagerar e a fazer com que a situação se torne muito pior do que aquilo que realmente é? Tenta perceber as verdadeiras razões pelas quais uma certa situação, coisa ou pessoa te estão a incomodar, antes de decidires se a deves ignorar ou fazer algo para mudar isso.

2. Aceita o facto de que não podes mudar todas as situações: Assim que identificares a razão pela qual algo te está a incomodar, rapidamente perceberás se podes fazer algo quanto a isso ou não. Acontece que, por vezes, nós achamos que conseguimos mudar tudo à nossa volta mas, infelizmente, nem sempre conseguimos mudar tudo na vida. A única coisa que conseguimos mudar somos nós próprios, a nossa atitude e a maneira como encaramos as coisas.

3. Estabelece limites: Podes e deves ignorar as situações, coisas ou pessoas que te estejam a incomodar, mas é importante que estabeleças limites a partir dos quais já não é aceitável ignorares e deves agir. Por exemplo, se uma pessoa é mal educada contigo, mas não é violenta contigo, o melhor que tens a fazer é ignorá-la. Contudo, a partir do momento em que ela parte para a violência, tens que saber que esse é o limite que toleras, que não podes aceitar esse tipo de comportamentos e agir. Deves ignorar as coisas para manter a tua sanidade mental, mas sempre com consciência dos limites, daquilo que aceitas e daquilo que não aceitas.

4. Percebe que toda a gente e tudo no mundo é diferente: Todos nós e todas as coisas neste mundo são diferentes, e isso não é necessariamente mau. Muitas pessoas terão uma visão diferente da tua, irão discordar contigo, mas isso não significa que te odeiem ou que não queiram saber de ti. Todos nós somos diferentes, por isso, é natural que existam opiniões diferentes. Ser normal é um conceito demasiado valorizado. Ser diferente é bom, e todos nós estamos unidos nas nossas diferenças.

5. Larga as tuas expectativas: A vida raramente ocorre exatamente da mesma forma que a planeámos. Quantas vezes criei expectativas sobre algo, e depois a vida meteu-se pelo meio, e todos os meus planos foram por água abaixo. Muitas vezes, algo está a incomodar-nos porque temos as expetativas demasiado elevadas.

8 comentários:

  1. É tão difícil! Agradeço por estas dicas, bem precisava :\
    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico feliz por saber que te foram úteis :).

      Eliminar
  2. Por acaso sou boa em ignorar certas coisas. Andei uma fase em que a minha ansiedade estava no pico e tudo me fazia confusão mas agora voltei ao meu normal. Se eu não fosse assim o meu secundário teria sido uma tortura, visto que havia pessoas que faziam de tudo para me chatear. Eu cá preferia fingir que elas nem sequer existiam!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também houve uma fase em que não consegui ignorar o que me incomodava e, por isso, a minha ansiedade também estava no pico. Felizmente, também aprendi a controlar-me, e o meu secundário foi muito mais calmo devido a isso.

      Eliminar
  3. eu sou uma pessoa facil de irritar, até com coisas minimas ahahha! x

    E. ♥ Meet me for Breakfast

    ResponderEliminar
  4. Um dos meus defeitos é justamente pensar que posso mudar tudo, o que, logicamente, não corresponde à verdade.
    Beijinhos grandes e muitas felicidades!

    bloomblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos nós temos essa tendência, nem que seja só de vez em quando.

      Eliminar