!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

29.5.17

5 coisas que parece que toda a gente sabe fazer menos eu


Às vezes, sinto-me burra por não saber fazer coisas que a maior parte das pessoas sabem fazer. E não estou a falar de capacidades fantásticas como pintar ou realizar uma cirurgia. Estou a falar de coisas banais do quotidiano que as pessoas fazem e nem se apercebem, mas que eu não consigo fazer, mesmo após passar anos a tentar.


1. Fazer estimativas de distâncias: Sou péssima a fazer estimativas, principalmente estimativas de distâncias. Se alguém se virar para mim e disser " x café é a 500 m daqui", eu não consigo visualizar essa distância! Não é que eu não saiba o que é um metro, porque sei, mas simplesmente não consigo visualizar. Se me falarem em quilómetros, aí já consigo visualizar melhor ( já penso, por exemplo " 1 km? é como da minha casa à casa de x amiga minha".), mas se me falarem de outra medida qualquer, eu perco-me. Se me falarem em hectares, aí então é que fico mesmo confusa!

2. Pintar as minhas unhas decentemente: Eu não sei pintar as unhas como deve ser! A mão esquerda até fica minimamente bem, mas a mão direita fica sempre uma merda. Além disso, ando sempre com as unhas curtinhas, porque se andarem muito grandes tenho que andar sempre a limá-las e partem-se facilmente. Gostava de ter nascido com o gene de saber arranjar as unhas mas, aparentemente, não nasci com este.

3. Apertar as minhas sapatilhas como uma pessoa normal: Eu, Cherry, confesso que nunca aprendi a apertar as minhas sapatilhas, pelo menos não como as outras crianças. Estão a ver aquela história que nos ensinam em criança para apertar os cordões, do tipo " faz uma orelha de coelhinho e mete-o na toca". Pois, não resultou comigo. Os meus pais tiveram que me ensinar uma versão do tipo " faz duas orelhas de coelhinho e cruza-as". Não sei se me fiz entender, mas basicamente eu faço um nó normal, faço " orelhinhas de coelhinho" e dou outro nó. Agora, se me derem licença, vou escavar um buraco para me enterrar.

4. Tenho um péssimo sentido de orientação, mesmo na minha própria cidade: Eu tenho um péssimo sentido de orientação. Além de nunca saber para onde é o norte ou sul, nomes de ruas, entradas e saídas passam-me sempre ao lado. Imaginem o filme que é eu ter que dar direções a turistas! É uma desgraça! Mesmo na minha cidade, confundo nomes de ruas. Normalmente, eu oriento-me não por nomes, mas por referências como " O McDonalds é à beira daquelas duas árvores enormes, e x loja fica à beira daquele quiosque".

5. Usar sandálias: Ok, isto não é propriamente minha culpa, é mais dos meus pés, que são muito estreitinhos. Eu não consigo usar sandálias. Ficam-me sempre largas e " fogem-me" dos pés. Eu só consigo usar chinelos de dedo ou sapatos fechados, como sabrinas. É algo que me entristece, porque eu adorava usá-las, e parece que sou a única mulher no mundo que não as consegue usar.


Alguém me quer fazer sentir melhor ao revelar as coisas que não consegue fazer?

14 comentários:

  1. Respostas
    1. Sofremos do mesmo mal, tens o meu apoio ahahah.

      Eliminar
  2. O meu sentido de orientação também é péssimo, e também vou mais por referências, acho bem mais fácil, tanto para me orientar a mim quanto aos outros.
    Na parte de pintar as unhas, escreveste duas vezes a mão esquerda. No caso de seres destra, como eu, provavelmente é a mão direita que fica pior. Também me acontece, por isso é raro eu pintar as unhas.
    Uma coisa que eu não consigo fazer é conduzir... Pois é, fiz aulas de condução, tirei a carta, mas ainda não me sinto confiante para conduzir, não sei explicar porquê. Não é que eu conduza mal, porque sempre fui bem cautelosa nas poucas vezes em que me atrevi a pegar no carro, mas não consigo porque tenho receio. Por isso, não te sintas mal!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enganei-me xD, já corrigi :).
      Suponho que isso seja normal, ainda não tirei a carta de condução, mas conheço muita gente que já a tirou há algum tempo e ainda não se sente segura para conduzir. É normal, porque 30 aulas não te prepara o suficiente. Acredito que, com o tempo, vais ganhar confiança :).

      Eliminar
  3. Olá! Já sigo o teu blogue há algum tempo mas tenho sempre vergonha de comentar. No entanto, neste caso, não resisti! Também não tenho qualquer tipo de noção de distância, pintar as unhas e atar as sapatilhas como deve ser. Já tentaram me ensinar a forma "normal" mas já mecanizei a ideia do nó, "duas orelhas" e mais nó xD Por isso não precisas de te sentir mal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tens de ter vergonha de comentar, sente-te livre para partilhar sempre a tua opinião :).
      Ainda bem que não sou a única xD.

      Eliminar
  4. Sou igual a ti na questão das unhas e dos atacadores. Olha eu cá devo ser a única pessoa no mundo que não sabe estrelar um ovo! Sei fazer coisas mais complicadas na cozinha mas não consigo estrelar um ovo. Acho que é medo do óleo me queimar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deve ser isso, o medo de te queimares. É engraçado, conheço muita gente que sabe cozinhar maravilhosamente bem mas não sabe estrelar um ovo, precisamente pelo medo de se queimarem.

      Eliminar
  5. Também nunca aprendi a atar bem os laços dos sapatos, sapatilhas, seja o que for! Não estás sozinha!
    Beijinhos,

    A Maiazita

    ResponderEliminar
  6. Que post tão giro! Tenho te a dizer que sou igual a ti no ponto 1, 2 e 3! Quanto ao 4 antes não usava porque não gostava do meus pés, agora já nem ligo, ahaha!
    Beijinho, Ana Rita*

    ResponderEliminar
  7. Também sou péssima com as distâncias.ahahah

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Tenho problemas graves em fazer contas muito depressa, por isso ando sempre de calculadora em punho xD
    let's do nothing today

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também tenho esse problema ahahahah, esqueci-me de o referir neste post xD.

      Eliminar