!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

31.5.17

5 coisas: maio 2017


Maio é o meu mês favorito no ano. Para começar, é o mês do meu aniversário o que, por si só, já é uma razão para eu gostar deste mês. Depois, é o mês em que a primavera está no seu auge, e em que as férias de verão estão cada vez mais próximas ( uma pessoa até trabalha com mais gosto!). É também o mês em que há o dia da mãe, o dia em que podemos agradecer todo o amor que a nossa nos dá, e a altura das peregrinações em Fátima, um ato de fé que admiro imenso. Por último, é um mês muito especial e com muito encanto para os universitários, para os caloiros, por ser o primeiro e melhor ano das suas vidas, para os finalistas, por marcar o fim de uma etapa tão importante na vida deles, e para todos os restantes universitários, por ser um mês de festas, de celebração das nossas vitórias e o melhor da vida universitária.

Maio significa sempre imenso para mim, e este ano significou tudo isto e muito mais. Leiam mais para saber aquilo que realmente me marcou neste mês.


5 coisas que aconteceram



1. Fiz 20 anos: Uma das razões pelas quais maio é tão especial para mim é pelo meu aniversário. E este ano foi ainda mais especial, por ser o ano em que completei 20 anos. Duas décadas de vida, dá para acreditar? Apesar de, aos 20 anos, eu ainda não ter alcançado aquilo que imaginava que conseguiria por volta desta idade, só consigo olhar para todos os momentos que já vivi com um grande sorriso e muita gratidão. Estou orgulhosa de tudo aquilo que já atingi, dos momentos que vivi e das pessoas extraordinárias que já conheci, algumas das quais ainda hoje se mantêm na minha vida. O meu 20º aniversário foi melhor do que aquilo que esperava, recheado de surpresas e de muito amor.

2. Saídas para vários serviços: Parte do programa do meu estágio hospitalar incluíu uma semana de saídas para vários serviços, nomeadamente consultas de otorrinolaringologia e urologia, Cuidados Intensivos, Serviço de Urgência e Bloco Operatório. Gostei dessa semana, foi uma semana interessante, e foi muito bom poder observar dinâmicas de serviço diferentes das que estava habituada. Só tive pena de não poder ter visto uma cirurgia no dia em que fui ao Bloco Operatório, por os médicos estarem em greve.

3. Fui ao Enterro da Gata: Este ano foi o segundo Enterro da Gata a que fui. Não tão especial como o primeiro ( porque o ano de caloira é sempre o melhor!), mas igualmente divertido, com boa companhia e muita dança. À semelhança do ano anterior, saí na noite do Cortejo e do Quim Barreiros, que, este ano, anunciou um segundo lugar no Cortejo para Enfermagem, que orgulho!

4. Vi Portugal ganhar Eurovisao: Sempre gostei de ver o festival da canção da Eurovisão, mas confesso que, após as inúmeras vezes em que vi Portugal falhar ( algumas das quais vergonhosamente), tinha perdido a esperança. Contudo, quando ouvi, pela primeira vez, a canção do Salvador Sobral, voltei a acreditar na hipótese de que poderíamos ganhar. E não é que ganhámos mesmo? Que emoção foi ver o Salvador representar Portugal com a sua canção lindíssima, é ainda mais emoção foi ver tantos 12 pontos a serem dados para nós, tantos que nos levaram à vitória. Que orgulho!

5. Comecei a estagiar em Arcos de Valdevez: O meu último estágio do ano calhou em Arcos de Valdevez e, apesar do meu desagrado inicial causado pela distância enorme que tenho de percorrer todos os dias para chegar lá, até estou a gostar bastante. Tanto que estou a considerar procurar uma vaga aqui para meu estágio de final de 4º ano ( em dois anos muita coisa muda, obviamente, mas ainda assim existe esta possibilidade).


5 coisas que adorei

1. A impermanência: Acho que nunca me vou cansar de ler as reflexões da Inês. Ela tem um jeito incrível com as palavras, e um poder enorme de descrever exatamente aquilo que muitos não conseguem transpor para palavras. E esta é mais uma das suas excelentes reflexões. A impermanência também é algo que me assusta, embora não tanto como antes. Contudo, ainda sofro deste mal, ainda me custa a acreditar que certas pessoas já não fazem parte da minha vida, que nunca mais irei viver determinados momentos, rotinas...

2. 6 coisas que gostaria que ensinassem no curso de Enfermagem: A Ana Garcês, tal como eu, frequenta o 2º ano de Enfermagem, pelo que me identifico com muitos posts que ela escreve sobre o assunto. Este foi mais um daqueles posts com os quais eu me identifiquei. Há coisas que não nos ensinam mesmo na Escola de Enfermagem, e só nos apercebemos disso quando vamos para estágio e somos lançados para o meio dos lobos.

3. Mariana Gomes: Descobri-a através do twitter e  viciei nos vlogs dela. Ela é muito genuína, simpática e interessante, e os vlogs dela, apesar de, à primeira vista, parecerem vulgares e mais do mesmo, são muito interessantes e nada aborrecidos. Além de vlogs, ela faz vídeos sobre moda, música, livros, viagens, desenhos, entre muitas outras coisas. O que mais gosto no canal dela é mesmo isso, o facto de ser um canal variado.

4. Wuant: Matem-me por não ter conhecido este youtuber mais cedo! Eu acho que já o tinha visto numa reportagem da Sic, mas na altura não fui vê-lo ao youtuber por falta de tempo ( e por burrice também, admito). Descobri-o quando andava aborrecida pelo youtube. Viciei nos vídeos dele! Ele é tão engraçado, de uma forma mesmo genuína e agora, apesar de ser muito famoso, continua fiel a ele mesmo, e diz o que quer, sem se preocupar com o facto de alguém poder ficar ofendido.

5. Thirteen Reasons Why (a série) : Apesar de não me ter identificado com inúmeros aspetos nesta série, incluindo o facto de esta acabar por incentivar ao suicídio em vez de cumprir a sua intenção de o combater, não poderia deixar de a incluir na minha lista de favoritos. Apesar dos defeitos que tem, na minha opinião, que já enumerei neste post, a série está muito bem produzida, tem uma história intrigante e cativante, os atores tiveram uma prestação incrível, e a banda sonora é de cortar a respiração.


E vocês? Como foi o vosso mês?

8 comentários:

  1. A Mariana Gomes é mesmo incrivel!! Também a sigo.
    Maio é sem dúvida um mês cheio de coisas boas, apesar de na reta final existir muito estudo!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também há muito estudo, é verdade, mas pensa positivo, é a reta final, acaba depressa :).

      Eliminar
  2. Para mim foi um bom mês, comecei o mês a viajar, portanto não me posso queixar! Cansativo, mas com a sensação de dever cumprido :)
    Beijinho, Ana Rita*

    ResponderEliminar
  3. Maio foi um mês de mudança, novamente na minha vida e, por sua vez, de adaptação. Estou contente que tenha chegado junho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Certamente que irá ser um mês ainda melhor :).

      Eliminar