!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

13.3.17

Porque "menos é mais" no trabalho


Qualquer ambiente de trabalho pode ser comparado a um campo de batalha no que diz respeito a cumprir tarefas e assumir responsabilidades. Demasiado trabalho com que lidar, e sentimo-nos como um guerreiro perdido no meio de tantos adversários. Foi algo que eu aprendi no meu estágio hospitalar em Oncologia e que é, sem dúvida, uma lição muito importante.

Nós temos que saber escolher as nossas próprias batalhas. Caso contrário, seremos rapidamente "derrotados" pela imensidão de responsabilidades e tarefas que temos. A expressão " menos é mais" também se aplica no mundo do trabalho, e aqui está como.


1. Trabalha de maneira esperta e não intensa: Estar muito ocupado/a não significa necessariamente estar a ser produtivo/a. Quando te esforças demasiado em determinada tarefa, poderás não chegar de maneira eficiente aos resultados esperados. Em vez de te esforçares tanto, pára um pouco para pensar nas soluções que poderás arranjar para determinado problema e/ou nas estratégias que poderás usar para realizar determinada tarefa.  Outra dica bastante importante é concentrares a tua energia nas tarefas mais importantes, e gastar menos naquelas mais vulgares. Não só estarás a poupar-te de cansaço físico e mental, como também vais arranjar tempo extra no trabalho para relaxares e fazeres tudo com mais calma.

2. Divide as grandes tarefas em pequenas tarefas: Um dos erros que estava a cometer neste estágio era ficar facilmente amedrontada com as grandes tarefas. Isto porque via as grandes tarefas exatamente como isso, como grandes. No entanto, quando comecei a dividir as grandes tarefas em pequenas tarefas, visualizando mentalmente todos os pequenos passos que tinha de realizar para a sua execução, notei que já não ficava assustada, e que o trabalho era muito mais fácil de realizar.

3. Reserva um tempinho no início do dia de trabalho para listares as tuas tarefas: Uma ótima maneira de dividir as grandes tarefas em pequenas tarefas é perceber quais têm de ser realizadas imediatamente, e ir assim, sucessivamente, por ordem de prioridade. Comecei a ter muito mais sucesso no meu estágio quando, no início de cada turno, comecei a usar 5 minutos para planear a ordem das tarefas que teria de realizar, e quais as mais e menos importantes.

4. Pára com o multi-tasking: Todos nós gostávamos de ser super-heróis no trabalho, para realizar todas as tarefas bem e de forma rápida, porém somos todos humanos, e temos que aceitar esse facto. Ninguém consegue realizar 1001 tarefas aos mesmo tempo. É melhor fazer as coisas mais devagar, uma de cada vez, e ficar tudo bem feito, do que querer fazer tudo ao mesmo tempo, e nada ficar bem.

5. Faz pausas de vez em quando: Sei que não é possível em todas as profissões, mas se puderes fazer uma pausa de 10 minutos de vez em quando, nem que seja só na hora do lanche, era muito bom, para poderes relaxar a tua mente, e recarregar baterias para continuares a realizar as tuas tarefas.


1 comentário: