!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

2.3.17

5 coisas do Básico das quais não tenho saudades


Há uns dias atrás, dei por mim a passar à beira da minha escola onde andei no Ensino Básico, e nem acredito que já passaram quatro ( quase cinco) anos desde que saí de lá. Ainda me lembro como se fosse hoje de tudo o que passei naquela escola, todas as alegrias, tristezas, conquistas, brincadeiras,...

Apesar de ser muito a favor de viver no presente, às vezes, gostava de voltar a reviver aquela época que, apesar dos problemas típicos da adolescência, era uma época mais descontraída, com menos responsabilidades e preocupações. No entanto, existem coisas das quais eu não tenho saudades.


1. Geografia: Talvez se tivesse tido um professor de Geografia decente eu tivesse ficado a gostar desta disciplina, mas o que é certo é que eu a achava super aborrecida. Na verdade, quase ninguém da minha turma gostava de Geografia, achávamos sempre as aulas uma seca e, quando calhavam logo de manhã cedo, ainda pior. Tal como já disse, acho que grande parte deste desinteresse derivava do facto de nunca termos tido alguém nos despertasse o interesse para este tipo de matérias. Anyway, fiquei muito feliz quando, no final do 9º ano, soube que nunca mais seria obrigada a estudar para esta disciplina.

2. Francês: Sempre fui uma aluna com muito jeito para línguas mas, devo-vos dizer, que o Francês era o meu ponto fraco. Não percebia quase nada dos textos que lia, os acentos confundiam-me toda ( porque raio os franceses têm que pôr dois acentos na mesma palavra?!), os tempos verbais eram mais complicados que os portugueses, e então os números, esses, nem se fala ( ter que fazer contas de matemática para dizer números como 80? Que crueldade!). Do pouco que aprendi nesses três anos ( do 7º ao 9 ºano), só sei apresentar-me, dizer a minha idade e pouco mais.

3. Ed. Física: Nunca gostei de aulas de Ed.Física. Compreendo a sua importância, acho muito bem existir um espaço na escola que obrigue os alunos a serem ativos e mais saudáveis, só acho que existem melhores formas de alcançar esse fim. Obrigar alunos a jogar futebol ou voleibol, mesmo não gostando, só porque está no programa curricular desse período e, pior, obrigá-los a fazer testes escritos, é um absurdo! Porque não deixam os alunos escolher o que querem fazer? O que importa aqui é eles serem ativos, não é? Fiquei bastante aliviada quando cheguei ao fim do 9º ano e soube que as aulas de Ed. Física não seriam mais um terror para mim. Sim, antes que me digam, também existiam aulas de Ed.Física no Secundário, mas essas eram diferentes, como não contavam para média, os professores nem nos obrigavam a ir, portanto eu baldava-me. Ao contrário do que muitos professores meus me disseram, eu não virei obesa quando deixei de ter esta disciplina, muito pelo contrário, continuo a ser ativa e saudável.

4. EV: Meus caros amigos, vocês nem imaginam o ódio que eu tinha a estas aulas. Não pela disciplina em si, porque eu já sabia que não tinha lá muito jeito para desenho, mas lá me ia safando, mas pela professora. Eu não escrevo isto por ter um blog anónimo, porque não é segredo de Estado que a professora era horrível, era mesmo má e, se um dia ela ler isto, que repense nas ações dela. Marcava prazos que eram impossíveis de cumprir, enchia-nos de trabalhos de casa ( como se pensasse que só existia a disciplina dela e que não tínhamos outras) e, muito resumidamente, só gostava dos alunos muito bons, e humilhava os restantes ( e os professores devem tratar todos os alunos com o mesmo respeito). Juro que, se me pusessem hoje a entrar naquela sala, eu ainda tremia!

5. Regras restritas do colégio católico: Não sei se já disse aqui no blog ou não, mas eu andei num colégio católico do 3º  até ao 9º ano. Gostei muito de lá andar, adorei os meus professores, os auxiliares, as freiras, e fiz muitos amigos. Porém, se há coisa à qual não achava muita piada era às regras da instituição. Existiam regras muito restritas que, obviamente, nenhum jovem gosta. Em primeiro lugar, os telemóveis de fotografia eram proibidos ( mas toda a gente, incluindo eu, tinha um, e andávamos com estes escondidos), não podíamos sair todos os intervalos como nas escolas públicas ( mas eu, com a minha simpatia para com as auxiliares, conseguia sempre sair com as minhas amigas. Shhh, não digam a ninguém!),... Obviamente que estas regras tinham as suas vantagens, acabávamos por estar mais protegidos do que se tivéssemos noutra escola qualquer mas, ainda assim, eram bastante chatas.


E vocês? Quais são as coisas do Básico das quais não têm saudades?

11 comentários:

  1. Eu não tenho saudades de Matemática. Tive um professor que era engenheiro e não professor e por isso não sabia ensinar. Às custas disso, sou um zero à esquerda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, o nosso gosto pela disciplina depende muito do professor que temos e, se este é mau, a probabilidade de não gostarmos e sermos mais fracos é maior.

      Eliminar
  2. Já que falaste em disciplinas, não tenho saudades nenhumas de História.

    ResponderEliminar
  3. Também nunca fui grande fã de Geografia, mas ainda tive de a estudar até ao 11º...
    http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu só tive que estudar até ao 9º ano, graças a Deus.

      Eliminar
  4. Eu não tenho saudades de Matemática, Física e Química e EV -.-

    ResponderEliminar
  5. Concordo com todas, apesar de que até não desgostei de aprender Francês :)

    ResponderEliminar
  6. Concordo com o francês e a ed. física :P Nunca andei num colégio católico mas acredito que as restritas - e por vezes ridículas - regras não agradem a todos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alguns colégios católicos têm regras muito restritas, é horrível mas, por outro lado, temos um acompanhamento excelente, que não teríamos noutra escola qualquer :).

      Eliminar
  7. Ahahah por acaso geografia e francês eram disciplinas que adorava!! Odiava ciências e físico-química :) Engraçado como a EV tenho um memória bastante parecida com a tua...

    http://cidadadomundodesconhecido.blogspot.pt/

    ResponderEliminar