!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

10.3.17

15 maneiras de melhorar a tua memória


Já alguma vez que reparaste que existem pessoas que conseguem memorizar até as conversas e detalhes mais mundanos do dia a dia, enquanto tu nem te consegues lembrar aquilo que comeste no dia anterior? Bem, se é esse o teu problema, vieste para o sítio certo!

As pessoas frequentemente me elogiam por ter uma boa memória, e por me lembrar até de conversas que ocorreram há um ano atrás ( uma vez, um amiga minha ficou chocada, quando eu consegui reproduzir na perfeição uma conversa que tínhamos tido há um ano atrás, da qual ela só tinha uma vaga memória). Bem, nem sempre fui assim. A verdade é que já fui bastante esquecida ( talvez por também já ter sido desorganizada) porém, com o tempo, descobri algumas maneiras de melhorar a minha memória.


1. Dorme mais e melhor: Como já devem ter lido no meu blog, sou defensora de que devemos ter uma boa noite de sono para sermos mais ativos, melhores e mais felizes. Além de muitos benefícios que dormir bem pode trazer, também contribuí para teres mais memória. A privação do sono é a causa mais frequente da perda de memória e da perda das capacidades cognitivas a longo prazo. Por isso, se queres ter uma boa memória e uma boa capacidade cognitiva durante mais tempo, certifica-te que dormes 7 a 8 horas por noite.

2. Dá comida ao cérebro: Já diz o ditado " nós somos aquilo que comemos". E os alimentos podem fazer maravilhas no cérebro. Alimentos como quinoa, linhaça, morangos e nozes ajudam a melhorar a tua memória e concentração. E são apenas alguns exemplos!

3. Escrever à mão: Numa era em que as tecnologias dominam, o papel já caiu um pouco em desuso, e são muitas as pessoas que fazem tudo pelo computador, desde trabalhos, relatórios,... Mesmo fora do trabalho, são muitas as pessoas que preferem usar o computador para escrever o que quer que seja, como livros, mensagens a amigos... No entanto, de acordo com vários estudos, está provado que escrever à mão facilita o processo de memorização e aprendizagem. Por isso se, por exemplo, estiveres a aprender uma língua nova, escrever as palavras à mão em vez de ser no teclado ajuda-te a a memorizar mais palavras novas e a aprender mais facilmente. É por estas razões que, quando estudo e tenho tempo de fazer resumos, prefiro fazê-los à mão, porque enquanto resumo a matéria, vou memorizando tudo pelo simples ato de escrever à mão.

4. Aguça os sentidos: Estás sempre atento/a ao que te rodeia? Muitas vezes, com toda a agitação da tua rotina diária, esqueces-te de olhar em volta e apreciar tudo com os teus sentidos. Estimular os teus sentidos também te ajuda a melhorar a tua memória. Assim, para estimulares os teus sentidos, começa a comer de olhos fechados, de vez em quando, experimenta comidas novas, desafia o teu cérebro a decifrar todos os barulhos que ouves no ambiente ( por exemplo, num parque),...

5. Lê livros: Eu sei, eu sou suspeita, porque sou viciada em livros, portanto provavelmente já estavas a contar que em algum momento este ponto aparecesse na lista. A verdade é que os livros, além de ser um belo passatempo, ajudam a melhorar a tua memória, porque obriga o teu cérebro a envolver-se numa história, com personagens muitas vezes complexas, estimula a tua imaginação e, claro, para perceberes a história tens que ir memorizando factos e personagens.

6. Entretêm-te com passatempos como sopa de letras, sudoku e cruzadas: Os clássicos passatempos que muitas vezes aparecem em jornais e revistas são a forma mais convencional e mais fácil de melhorar a tua memória.

7. Joga videojogos: Aqueles psicólogos que dizem que jogar videojogos é um total desperdício de tempo são, desculpem o termo, estúpidos e merecem um estalo na cara. Quem já jogou videojogos sabe que existem certos tipos de jogos ( como os de ação e estratégia) que exigem que o jogador desenvolva estratégias, pense, memorize coisas e raciocine. Por isso, se existiam por pais que tiraram os videojogos às crianças, podem devolvê-los porque, afinal, também se pode aprender com estes.

8. Vê televisão: Aparentemente, parece que ver televisão não é tão mau como parece. Só tens é que ver os programas certos. Obviamente que não vais aprender grande coisa com reality shows ou programas de lixo, mas se vires programas como aqueles que dão no National Geographic e Discovery Channel, se vires debates, se vires programas de talento, culinária, economia ou qualquer outro tema relevante, aí sim, aprenderás alguma coisa e estimularás a tua memória.

9. Ouve música: Há uns tempos vi uma reportagem ( quando e onde já não me lembro), que falava sobre os efeitos interessantes que a música tem no nosso cérebro. Além de relaxar e de nos divertir, ouvir música melhora a nossa concentração, a nossa memória, e ajuda-nos a aprender mais ( aprendi muito vocabulário inglês graças a canções).

10. Explora novas cidades: Pega no teu carro ( ou a pé), no teu GPS e explora uma nova cidade. Teres que te orientar, memorizar caminhos, ruas, edifícios e outras referências é, sem dúvida, um bom exercício para a memória.

11. Faz exercício físico: Fazer exercício físico não trabalha apenas o teu corpo, mas eventualmente, trabalha também o teu cérebro. Doenças como obesidade e outras que resultam do sedentarismo não causam só danos ao corpo, mas também danos cerebrais. Fazer exercício físico, ajuda a que as tuas artérias e vasos sanguíneos bombeiem adequadamente oxigénio e nutrientes para todas as zonas do corpo, incluindo para a cabeça.

12. Yoga: Quando tens que estudar para um teste ou mil e uma coisas para fazer, provavelmente a última coisa que te apetece é gastar tempo sentado/a ou deitado/a num tapete de Yoga. No entanto, vários estudos confirmam que, além do Yoga aliviar o stress, melhora a tua memória e concentração.

13. Faz to-do lists: Ter boa memória não significa que tenhas que ter todas as tuas tarefas diárias decoradas. Faz listas de tarefas, com aquilo que tens de fazer num dia, e guarda espaço na tua cabeça para memorizar coisas mais importantes, como a tua apresentação ou matéria de um teste.

14. Ensina alguém: Uma coisa que me apercebi ao longo de todos estes anos enquanto estudante é que, quando explico determinada matéria a um colega, não é só ele que está a aprender, eu também estou a aprender e a memorizar aquilo que estou a explicar.

15. Pensa positivo: Pensar de forma mais positiva é meio caminho andado para uma vida mais feliz. E pessoas mais felizes são pessoas mais inteligentes, mais focadas e com uma melhor memória. Nem sempre é fácil, mas é um esforço que temos que fazer.


E vocês? Que técnicas usam para estimular a vossa memória?

17 comentários:

  1. Acho o ponto 3 crucial! tens razão em tudo o que dizes!

    ResponderEliminar
  2. Não dispenso papel e caneta, e faz tão bem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois faz, é por isso que adoro escrever à mão!

      Eliminar
  3. Bem preciso de melhorar a minha memória!!

    Estou a seguir :)

    ResponderEliminar
  4. Preciso, normalmente, de ter uma caneta na mão, mesmo que não escreva nada ahaha
    http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu faço muito isso em apresentações :).

      Eliminar
  5. Belo post ;) preciso de tê-lo em conta ;)

    ResponderEliminar
  6. Ponho em prática muitos destes tópicos diariamente. Gostei muito do post! :)

    ResponderEliminar
  7. Eu não dispenso escrever à mão. Ajuda-me imenso a memorizar.

    ResponderEliminar