!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

11.11.16

5 mitos sobre os idosos em que provavelmente tu acreditavas


No início do semestre do meu 2º ano de Enfermagem, dei uma matéria muito interessante, Psicologia do Adulto e do Idoso, e numa das aulas aprendemos alguns mitos sobre os idosos. Foi, de facto, uma aula muito interessante porque, pelos vistos, muitos de nós têm uma ideia errada acerca dos idosos e do processo de envelhecimento, temos muitas crenças que, na verdade não passam de mitos. Por isso, dando os créditos ao meu professor, achei interessante partilhar com vocês algumas das coisas que aprendi.


1. A maioria dos idosos não têm desejo ou capacidade para atividade sexual:  Ao contrário do estereótipo que a sociedade criou, a sexualidade continua a ser importante na vida dos idosos. Embora de maneira diferente, obviamente, as pessoas mais velhas continuam a ter desejos e a ter uma vida sexual, tirando uma minoria que tem limitações físicas e mentais mais significativas. É importante realçar que a sexualidade não se resume só a um processo biológico, também tem a ver com expressar os sentimentos e amor pela outra pessoa.

2. Muitos idosos têm dificuldade em adaptar-se à mudança: Na verdade, existem muitos idosos que se adaptam bem à mudança ( por exemplo, até há idosos a aprender a trabalhar com computadores e que criam redes sociais). Na maioria dos casos, a falta de capacidade de certas pessoas mais velhas adaptarem-se à mudança não ter a ver com a idade, mas sim com traços de personalidade. Jovens adultos que não lidem bem com mudanças tendem a continuar assim quando forem mais velhos.

3. Os problemas físicos são as primeiras limitações dos idosos: Muitos idosos não têm nenhum tipo de limitações físicas, aliás, muitos até praticam exercício físico, como andar de bicicleta, correr,... As primeiras limitações dos idosos têm a ver precisamente com estereótipos e imagem que a sociedade tem deles. Por exemplo, há sempre muito preconceito em relação a idosos que decidem ir para a universidade ou que decidem continuar a conduzir.

4. A inteligência diminui à medida que envelhecemos: Na maior parte dos casos, isto é um mito. A maior parte dos idosos continuam com as suas capacidades intelectuais intactas ou até melhoradas. Contudo, existem sempre casos em que há declínio da inteligência, sobretudo devido a problemas mentais.

5. A dor é um processo natural do envelhecimento: A dor não é uma parte do envelhecimento, é sinal de doença. Muitas pessoas, quando envelhecem, começam a ter dores e ignoram-nas porque pensam " ah, eu já sou velho" e podem estar a desenvolver alguma doença que, se fosse detectada precocemente, poderia ter solução. A dor é um sinal que o nosso organismo nos envia quando algo está mal, portanto nunca a devemos desvalorizar, independentemente da nossa idade, devemos estar sempre atentos.


E vocês? Acreditavam em algum destes mitos?

16 comentários:

  1. Adorei ler o que escreveste, acho importante dar-mos cada vez mais valor aos mais velhos, em vez de os inferiorizarmos ! Temos tanto a aprender com eles!
    Beatriz Teixeira, Trovoada dos Sonhos

    ResponderEliminar
  2. Não acreditava em nenhum :) São sempre coisas que variam de pessoa para pessoa...

    ResponderEliminar
  3. estudei isto em psicologia do desenvolvimento :)

    ResponderEliminar
  4. Não acreditava em nenhum destes mitos - mas também é normal já que sou da tua área e já tive aulas de Psicologia do Idoso, igualmente. De qualquer modo, acho esta publicação bastante pertinente!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  5. Alguns desses mitos já conhecia, em especial o 1 e o 3. Mas gostei muito de saber dos outros 3. Adoro saber destas coisas para que assim um dia possa explicar a alguém que isto ou aquilo não é verdade

    ResponderEliminar
  6. Não acreditava em nenhum, tenho muito contacto com idosos aqui na terriola :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É normal não acreditares, como tens muito contacto com idosos :).

      Eliminar
  7. Eu acho que o ponto dois é muito verdadeiro em relação a uma parte das pessoas. Os meus avós eram todos assim, sem excepção

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu pus como mito porque as pessoas tendem a achar que a maioria dos idosos são assim, acredito que existam idosos assim. Os meus avós são assim mas, por exemplo, conheci muitos idosos no meu estágio de enfermagem que não tinham dificuldades em lidar com mudanças :).

      Eliminar
  8. Não acredito em nenhum destes mitos!
    Acho que se deveria dar mais importância aos idosos. A nossa sociedade cada vez os coloca mais de parte. Isso entristece-me.

    ResponderEliminar
  9. Muito útil. Realmente há coisas que a sociedade tem como "normais" no processo de envelhecimento, e que não passam mesmo de mitos. Adorei o post.

    ResponderEliminar