!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

6.6.16

Como o meu blog mudou a minha vida


Há quase 2 anos atrás, quando eu tinha 17 anos, antes de começar este blog, eu estava a passar uma fase má. Bem, não lhe posso chamar uma " fase", porque aquilo já durava há 3 anos e parecia não ter fim. A verdade é que eu andava perdida, submersa numa tristeza sem causa aparente, presa nos meus pensamentos pessimistas. Não sabia o que queria fazer nem conseguia encontrar um propósito para a minha vida. Parecia que todos os meus esforços para tentar dar um rumo à minha vida eram em vão.

Um dia, numa tarde calma de Setembro, ainda antes do começo do ano letivo, decido criar um blog. Já algum tempo que lia blogs, e também eu queria ter o meu cantinho pessoal, onde pudesse escrever aquilo que me viesse à cabeça. E foi assim, de uma maneira muito descontraída, que eu entrei no mundo mágico que é a blogosfera, mundo esse que mudou a minha vida, e que me fez perceber que quero fazer algo relacionado com a escrita no futuro.

Mas de que maneira o meu blog ,e a blogosfera em geral, mudaram a minha vida?



1. Tornou-me mais criativa: O nosso cérebro é algo misterioso, mas ao mesmo tempo maravilhoso, portanto devemos aproveitar mais as suas capacidades. Estar sempre a pensar em ideias para posts, em escrevê-los e estar sempre a procurar imagens fez-me com que eu começasse a pensar mais e a explorar novas coisas, que nunca exploraria de outra forma. Ter um blog obriga-nos a ser constantemente criativos, não só a nível da escrita, mas também a nível de fotografia e design. Sem o meu blog, o mais provável é que eu estivesse agora a ver programas de televisão de lixo todo o dia em vez de ser criativa.

2. Os meus pensamentos tornaram-se mais claros: Escrever no papel aquilo que sentimos pode ser bastante difícil, por vezes não encontramos as palavras certas para descrever os nossos sentimentos. Mas quando se têm um blog e temos que mantê-lo atualizado, acabamos por escrever muito, e quanto mais escrevemos, mais ideias se desenvolvem. Passado algum tempo, de tanto escrever no blog, acabei por conseguir encontrar as palavras que precisava para descrever o que eu sentia, partilhei esses posts com a blogosfera, e ao mesmo tempo que ajudei outras pessoas, também me ajudei a mim própria, pois os meus pensamentos tornaram-se mais claros.

3. Desenvolvi mais a minha escrita: Quem segue o meu blog desde o início, quando este ainda estava no Sapo Blogs, consegue notar a evolução tremenda que eu tive. Comecei a escrever posts de duas linhas sem qualquer tipo de conteúdo e agora, passados quase dois anos, já escrevo posts mais complexos e mais interessantes. Ainda tenho muito para evoluir ( e ainda bem que assim o é, é bom estarmos sempre em constante evolução), mas ao ler  posts antigos e comparar com os de agora, fico feliz por saber que ao escrever neste blog melhorei ( imenso) a minha escrita.

4. Comecei a valorizar as pequenas coisas que estão à minha volta: Ter um blog faz-nos olhar para o mundo de outra forma, e faz-nos valorizar as pequenas coisas da vida. Por exemplo, há uns anos atrás, um simples prazer como um bolo de chocolate passaria-me completamente ao lado, mas agora, como tiro fotos para o Instagram do blog, acabo por valorizar mais esse bolo de chocolate. Há certas coisas que eu não valorizaria tanto se não fosse blogger.

5. Tornei-me parte de uma comunidade: Apesar de estarmos num país pequeno, com pouco mais de 11 milhões de habitantes, a blogosfera portuguesa é muito maior do que aquilo que se pensa. Existem mesmo milhares de blogs, e existem milhares de pessoas interessantes para conhecer. Na blogosfera encontrei pessoas com quem me identifiquei, e fiz amizades incríveis que nunca esquecerei. Embora a blogosfera portuguesa esteja a passar por um mau bocado, temos aqui um comunidade fantástica, cheia de pessoas geniais e com uma mente aberta, e orgulho-me por puder fazer parte dela.

6. O meu blog deu-me mais poder: Não há nada mais poderoso do que partilhar os nossos pensamentos e o nosso ponto de vista com o mundo, criar um blog que é a nossa imagem de marca e que reflete a nossa personalidade. O meu blog permitiu-me partilhar os meus pensamentos e sentimentos com os outros, fez com que várias pessoas se identificassem comigo, e deu-me uma voz própria que eu antes não tinha. Acho que não há nada mais poderoso do que isto.

7. O meu blog melhorou a minha vida: Ter um blog fez com que eu começasse a olhar para o lado mais positivo da vida, fez com que eu começasse a sair mais da minha zona de conforto, fez-me explorar coisas novas e, mais importante que tudo, fez-me perceber aquilo que eu quero para a minha vida , e fez-me querer uma vida mais interessante e rica em experiências. A blogosfera abriu-me um novo mundo cheio de possibilidades, e estou tão agradecida por isso.



Bloggers aí desse lado? De que maneira o vosso blog mudou a vossa vida?

25 comentários:

  1. Quando criei o meu blog (apesar de por vezes ter andado a saltar de um lado para o outro) criei-o como um escape para a minha depressão e para o meu problema psicológico. O blog mudou a minha vida de uma forma positiva. Poder partilhar a minha opinião, e aquilo que vejo, no dia-a-dia, melhorou um pouco a minha auto-estima, pois eu gosto de tratar o mundo dos blogs por "tu" e fazer novas amizades aqui. Se bem que também já fui a eventos ao vivo com bloggers, mas a coisa não correu bem, por isso prefiro manter-me "secreta" e apenas no meu mundo. Talvez um dia volte a revelar a minha cara, e sair mais vezes e conhecer novos bloggers ao vivo e a cores. Falta-me ainda um pouco de confiança...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que voltaste para a blogosfera, tinha muitas saudades do teu blog.
      Devias revelar a tua cara, se a única coisa que te impede é a tua insegurança :). Eu só não revelo por causa dos meus pais que não aceitariam muito bem, mas um dia quando já não estiver dependente deles vou revelar a minha identidade.

      Eliminar
    2. Os teus pais sabem que tens um blog?

      Eliminar
  2. O blog também me fez mais criativa como disseste e abriu-me novos horizontes,pois estou mais à vontade com a escrita e com as pessoas, também comecei a valorizar mais,devido aos seguidores e visualizações,pois fico feliz com pouco.
    Beijinhos
    Cantinho da tequis
    Facebook Cantinho da tequis

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, o blog a mim também me abriu novos horizontes. Eu também fico feliz com pouco, pulei quando atingi os 100 seguidores, e agora fico tão feliz por ter 120 visualizações diárias :).

      Eliminar
  3. Concordo plenamente!
    Também criei o blog numa fase em que não andava muito bem. Precisava de um escape aos meus pensamentos e não podia ter tomado melhor decisão.
    Beijinhos :)
    An Aesthetic Alien | Instagram

    ResponderEliminar
  4. Eu comecei o blogue na altura em que decidi emigrar e ajuda-me a não me sentir tão sozinha, até porque recebo imensas mensagens de apoio. É muito bom (=

    Também gostei do teu blogue, continua a aparecer pelo meu (;

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O blog deve te ter ajudado muito nessa adaptação, que é sempre complicada.
      Vou continuar sempre :).

      Eliminar
  5. Gostei especialmente de conhecer pessoas fantásticas!
    beijinhos
    https://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, eu acho que isso é uma das melhores coisas da blogosfera :).

      Eliminar
  6. Melhor mesmo é conhecer pessoas diferentes ao virar de um blog, que o sucesso continue! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, eu fiz tantas amizades fantásticas :).

      Eliminar
  7. Ao ler esta publicação, lembrei-me duma que escrevi acerca daquilo que aprendi e arrecadei ao ter um blogue há 6 (agora 7) meses. Não sei se chegaste a lê-lo, mas caso a resposta seja não, aqui tens a minha resposta à tua pergunta! ;)

    Coisas que a Blogosfera me trouxe (6 Months Edition)
    A Vida de Lyne



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A quem é que eu quero enganar, tenho o blogue há 9 meses e estou para aqui a dizer que só se passaram 7 meses xp Ando a dormi-las com uma fé, enfim ahahah.

      Eliminar
    2. Ah, eu lembro-me desse post, eu li, apesar de não ter comentado ( eu sou sempre a mesma, é a preguiça de fazer log in). Adorei o post na altura :).

      Eliminar
  8. Realmente ter um blog pode ser uma terapia, um escape. Eu não o criei quando estava numa fase negativa, mas sei que teria ajudado se estivesse.
    Sempre adorei escrever, mas saber que posso partilhar as minhas ideias com outras pessoas dá mais vontade de o fazer. Não sou tão boa a falar, então prefiro expressar-me pela escrita. Também me tornei mais criativa :) Enfim, concordo com todas essas mudanças que ter um blog proporciona.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para mim, escrever foi sempre uma terapia para mim, mas quando escrevia só para mim não tinha aquela pressão, portanto não escrevia todos os dias. Agora com o blog, como tenho pessoas que me seguem, escrevo todos os dias, e acaba por ser muito melhor e ainda funcionar mais como terapia, porque recebo muitas mensagens de apoio :)

      Eliminar
  9. Estou nestas andanças dos blogs há 10 anos e se há algo que mudou na minha vida por isso, foi o factor "entretenimento". Tal como tu, também passo por alturas menos boas e não há nada como editar imagens ou escrever sobre algo que goste para me deixar com outro humor. Como sempre me expressei melhor em papel, acho que em termos de escrita e criatividade estou igual, mas quanto ao "poder", tens toda a razão :)

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, o blog também funciona como um espaço onde me posso abstrair dos meus problemas e concentrar-me no lado mais positivo da vida, naquilo que eu gosto :).

      Eliminar
  10. Concordo bastante com as mudanças que mencionaste e penso que, pelo menos a maioria delas, também se pode aplicar a mim. Beijinho

    http://wallvce.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. O blog muda realmente muito a nossa vida. Em momentos maus é um óptimo escape, e posso dizer que foi o sitio onde em momentos péssimos eu vim desabafar, e onde recebi sempre muito apoio. Aqui criamos uma pequena família.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também sinto isso, sinto que tenho aqui uma família que me apoia :)

      Eliminar
  12. Acho que para mim foi, sem dúvida, a criatividade e a escrita. Sempre gostei de escrever, e o blogue é um excelente "desculpa" para o fazer com mais regularidade. A comunidade também é algo bastante positivo, conheci algumas pessoas fantásticas por causa do meu cantinho, que de outra forma não teria conhecido. Sem dúvida que é uma aprendizagem constante, mas fico muito contente por ter entrado neste mundo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, eu antes não escrevia todos os dias, mas agora com o blog tenho que o fazer todos os dias, e isso tem melhorado imenso a minha criatividade :).
      Sim, a blogosfera é um mundo que nos proporciona aprendizagem constante.

      Eliminar