!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

13.4.16

Coisas que deves parar de esperar dos outros


As maiores desilusões na vida resultam frequentemente de expectativas demasiado elevadas. E é ainda pior quando colocamos demasiado expectativas nas outras pessoas.

Não me orgulho de dizer que já coloquei demasiadas expectativas nas outras pessoas e, por vezes, ainda o faço. Mas com o tempo tenho vindo a aprender que esperar demasiado dos outros é errado, pois não tenho controlo nenhum sobre o resultado das mesmas.

Aprendermos a controlar as nossas expectativas em relação aos outros pode nos ajudar imenso a reduzir as nossas desilusões, a nossa frustração e, principalmente, a não nos afastar do caminho em direção aos nossos objetivos. Sei que é mais fácil falar do que fazer, mas se começarmos a interiorizar as dicas que vou referir a seguir, talvez seja menos difícil.

Nota: Eu sei que pára já não leva acento com o Novo Acordo Autográfico, mas é esquisito ver a palavra sem acento. Vamos fingir que não existe essa regra pode ser?


1. Pára de esperar que elas concordem sempre contigo: As pessoas nem sempre vão partilhar das mesmas opiniões que tu, e isso não é necessariamente mau. Ouvir as opiniões dos outros é muito bom, mas tu mereces uma vida boa, mereces realizar os teus sonhos, mas para isso tens que fazer escolhas que nem sempre vão ao encontro daquilo que os outros acham. Lembra-te que no final do dia, a vida é tua e tu é que fazes dela o que queres, não precisas de estar sempre à espera da aprovação dos outros.

2. Pára de esperar que gostem mais de ti do que tu de ti próprio/a: Já dizia a famosa publicidade da Matinal "Se eu não gostar de mim quem gostará?" ( eu sei que já referi esta publicidade aqui no blog, mas é uma frase bastante sábia.). Se tu não gostares de ti próprio/a, não podes estar à espera que as outras pessoas gostem de ti. Não é preciso chegarem ao espelho e beijarem o vosso reflexo ( se bem que eu sou capaz disto xD) mas um pouco mais de auto-estima ajuda muito nas vossas relações.

3. Pára de esperar que as pessoas mudem: Isto é o que a maior parte das pessoas esperam das outras. Quantas vezes vemos mulheres, por exemplo, a casar com homens com esperança que eles mudem? " Ai ele agora é muito mulherengo, mas quando casar comigo, talvez não seja..." dizem elas e, quando tal acontece, verificam que o homem não mudou nada e até as trai. As pessoas não vão mudar da noite para o dia só porque tu queres que assim seja. Os hábitos são algo difícil de quebrar, e a personalidade das pessoas também é. Não vale a pena tentares mudar as outras pessoas, porque elas não vão mudar a não ser que o queiram. Podes e deves dizer o que elas deveriam melhorar, mas se elas ouvirem o teu conselho e não o quiserem fazer, não podes fazer mais nada. Se estás com uma pessoa mas queres que ela mude, tens duas opções, ou a aceitas como ela é ou então escolhes viver sem ela.

4. Não esperes sempre justiça: A vida é injusta, não vais obter sempre reconhecimento ou recompensas pelo teu esforço. Infelizmente, é assim que funciona o mundo. Aprende a dar algo ao mundo sem esperar nada em troca.

5. Para de esperar que paguem coisas por ti: Não, o gajo/a com quem tu tens um primeiro encontro não é obrigado a pagar por ti, o amigo que faz anos não é obrigado a pagar o jantar a todos, ninguém é obrigado a emprestar-te dinheiro para poderes sair ou pagar as contas. Pode ser o que é mais politicamente correto, mas não é obrigatório. Aprende a tomar conta das tuas responsabilidades, a gerir o teu dinheiro, a pagar as contas a horas e a fazer orçamentos. Se não tens dinheiro extra para saídas e festas, não o faças.

6. Para de esperar que as pessoas saibam aquilo que tu pensas: Ninguém tem poderes mágicos para conseguir ler mentes. Por isso, porque haverias de esperar que as pessoas saibam exatamente aquilo que tu pensas? Até pode acontecer de teres amigos que tu conhecem tão bem ao ponto de saber sempre aquilo que vai na tua cabeça ( o meu melhor amigo parece mesmo que lê a minha mente, sabe quase sempre aquilo em que eu estou a pensar), no entanto na maior parte das vezes isso não acontece. Se algo te incomoda ou precisas que as pessoas saibam algo, diz simplesmente.

7. Não esperes que as pessoas sejam perfeitas: Ninguém é perfeito, temos todos defeitos, para quê exigir perfeição às pessoas então? As pessoas falham, cometem erros, desiludem, mentem e agem mal, e isso é completamente normal. Muitas vezes, as pessoas até têm as melhores intenções e falham, mas ao menos tentaram e já devias dar valor a isso.

8. Mas também não esperes sempre o pior das pessoas: Nem 8 nem 80! Muitas pessoas, quando se apercebem que as outras não são perfeitas, esperam sempre o pior. Se estás sempre à espera que as pessoas falhem, não lhes estás a dar uma oportunidade para elas serem bem sucedidas. Sê encorajador(a) e incentiva-as a serem melhores.

9. Pára de esperar que as pessoas gostem de ti: É impossível agradar a todos! Vão haver sempre pessoas que não vão gostar de ti e e vão falar mal de ti. Aprende a ignorar essas pessoas e a rodear-te de pessoas que te aceitam tal como tu és e valorizam a tua opinião.

10. Pára de esperar que as pessoas estejam bem o tempo todo: Pessoas que esperam isto de outras irritam-me particularmente. Nunca estamos felizes 24 horas por dia, 7 dias por semana, a vida é como uma montanha russa, com os seus altos e baixos, e as nossas emoções também são assim. Por isso, tenta ser mais compreensivo/a com as outras pessoas, não esperes que elas estejam alegres em bem dispostas o tempo todo. Se um amigo/colega/familiar teu estiver mais em baixo num dia, anima-os e apoia-os.



Concordam com o que leram? Quais são as expectativas que acham que as pessoas deviam parar de ter?

4 comentários:

  1. Durante muito tempo da minha vida eu vi comque as pessoas teria que gostar de mim! Eu sofria horrores com tudo isso. No final descobri que eu deveria gostar de mim em primeiro lugar, aí toquei o foda-se pra todos e hoje sou muito mais feliz!
    Bjus
    Fabi
    Para todas as estações

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fiz o mesmo que tu e, tal como tu, vim a perceber mais tarde também essa lição valiosa :).

      Eliminar
  2. Adorei este post, sabes? Descreve muito do que eu penso, embora às vezes me esqueça que penso assim. Concordo imenso que temos de gostar de nós para estarmos receptivos ao amor dos outros. Acredito mesmo que as pessoas são capazes de nos mostrar o melhor delas se estivermos dispostos a lidar com os seus defeitos. Sou bastante tolerante quando me apontam os meus, pois sei que erro e não espero que toda a gente goste de mim com os meus erros, isso também distingue os amigos dos conhecidos. Além disso, TODA A GENTE tem direito a estar triste, em baixo ou cansada. Mau era se estivéssemos super bem o tempo todo, pois quereria dizer, também, que os problemas do mundo não nos afectavam minimamente!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, obrigada :). Concordo com tudo o que disseste. Principalmente com a parte de que se tivéssemos sempre felizes significava que os problemas do mundo não nos afetavam minimamente. As pessoas têm que viver em interação com um mundo, e não ignorar os problemas deste só porque acontecem num país muito distante.

      Eliminar