!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

2.2.16

O motivo pelo qual eu não dou classificações a livros/filmes.


Umas das grandes tendências na blogosfera de momento é fazer classificações em posts de reviews de filmes/livros. Muitos bloggers quando falam de filmes, por exemplo, nos seus posts publicam a classificação do IMDB e ao lado a sua classificação pessoal.

Os leitores mais atentos já devem ter reparado que, quando eu faço posts sobre livros/filmes , nunca lhes dou uma classificação ( por falar em reviews de livros/filmes, já não faço uma há imenso tempo. Vida universitária, a quanto obrigas!).

A verdade é que eu não tenho jeito para avaliar de maneira quantitativa as coisas. Se me pedirem para avaliar as coisas qualitativamente eu não terei qualquer dificuldade, mas quando a questão é avaliar em termos numéricos, aí já é outra história. Já quando eu andava no Ensino Básico e tinha que avaliar os meus colegas num trabalho de grupo, eu via-me aflita. O mesmo acontecia quando tinha que pedir uma nota nas autoavaliações no final de cada período ( na faculdade não há cá disso).

A minha falta de jeito para avaliar coisas também se aplica quando o assunto é livros ou filmes. Eu até posso dizer que adorei um determinado filme/livro, que gostei desta e daquela personagem, mas se me pedirem para avaliá-lo, já não consigo. No entanto, eu acho que nem é por causa da minha falta de jeito para fazer avaliações. Na minha opinião, eu não acho correto atribuir um número a um livro ou a um filme. Por exemplo, um determinado livro até pode ser o meu favorito agora, mas no futuro posso ler outros livros melhores, e este deixar de ser o meu favorito. E aí a classificação de 10 que lhe atribui já não faz sentido.

Por isso, para mim não faz sentido dar classificações em posts deste género, porque aquilo que eu gosto agora não é o mesmo que  gostarei daqui a 5 anos ou mesmo daqui a 1 ano. E aí, quando voltar a ler os posts antigos dos meu blog, não vou concordar com a classificação que outrora dei a esse filme/ livro.

 Porém, não se trata só de não o fazer por mim causa. Trata-se também de não o fazer para haver mais coerência entre os meus posts atuais de livros/filmes e os futuros. Não quero que leitores meus deixem de ler um livro/ filme ou discordem da classificação de um livro/filme, porque num post antigo dei a mesma classificação a outro. Não sei bem se me estou a fazer entender, mas o que eu estou a tentar a dizer é que ao atribuirmos um número a um livro/filme , estamos a "colocar no mesmo saco" os outros aos quais demos o mesmo número. E apesar de terem o mesmo número, um pode ser ligeiramente melhor que o outro. Mas as pessoas que estão a ver essa classificação, não vão saber. Já me aconteceu também , por exemplo, de discordar de uma classificação do IMDB, por ter dado uma classificação mais baixa a um filme que adorei e uma mais alta a um filme que odiei. Para mim, não acho correto atribuir números a livros/ filmes, porque cada um marca-nos de uma maneira diferente e desperta-nos diferentes emoções, que variarão de pessoa para pessoa. Eu posso adorar um determinado filme e outra pessoa odiar.

Não quero que me agora interpretem mal e pensem que eu sou contra todo o tipo de avaliações quantitativas. Acho que certas coisas têm que ser avaliadas numericamente, como por exemplo o nosso desempenho em testes ( que depende muito do balanço entre as respostas certas e erradas que damos), pois são coisas mais racionais. No entanto, coisas menos racionais e mais propícias a despertarem sentimentos, como livros e filmes, não devem ser avaliadas com números.

A meu ver, eu acho que devemos limitarmo-nos a dar a nossa opinião sobre um determinado filme ou livro e deixarmo-nos de avaliações numéricas. Acho que as classificações são uma mania do ser humano de por tudo em números e de tornar tudo mais racional. E há coisas que não podem ser racionalizadas, muito menos postas em números.

Não estou a criticar quem faz classificações em posts deste género nos seus blogs, cada um tem o seu estilo. Cá no meu blog, porém, não verão reviews com classificações.

Qual a vossa opinião sobre o assunto? Concordam com as classificações de livros/ filmes?

30 comentários:

  1. Eu também não faço avaliações quantitativas (e honestamente não lhes ligo muito - dou mais importância à crítica) mas adoro escrever sobre esses temas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois és como eu, eu ligo muito mais à opinião da pessoa. Eu também adoro escrever sobre cinema ou livros, mas ultimamente não tenho conseguido ler ou ver filmes.

      Eliminar
  2. Eu costumo fazê-lo, mas percebo perfeitamente o teu ponto de vista - e faz sentido. No meu caso, costumo atribuir as avaliações sem comparar outros filmes, livros ou séries do género, o que é complicado, mas faço um esforço. Simplesmente penso na história, nos personagens e no enredo. No seu desenvolvimento, pontos fortes, fracos e afins. E assim faço uma avaliação de um filme ou de uma série. Quando se trata de músicas, por exemplo, avalio também a quantidade de músicas que gosto a sério. Às vezes costumo atribuir uma pontuação a cada uma delas, para no final perceber melhor a "média" de todas elas. Claro que já aconteceu eu reler a publicação um ano depois e já não me identificar tanto com a pontuação, mas acho que isso faz parte e até torna toda esta experiência mais engraçada. Não acho que se torna menos coerente por isso :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também percebo o teu ponto de vista. Há pessoas que conseguem fazer uma avaliação mais coerente do que outras. Eu não consigo racionalizar as coisas a esse ponto para fazer uma avaliação justa de um livro/filme. Ia acabar sempre por criar incoerências em relação a outras avaliações. Mas compreendo que há certas pessoas, como tu, que conseguem fazer com que resulte :).
      Mas, pessoalmente, não gosto muito de fazer avaliações quantitativas.

      Eliminar
  3. Concordo contigo - por dificuldade, também, e também pela questão da subjectividade. Como avaliar? Não sei. Não sei mesmo, a não ser qualitativamente!

    O teu blog é tão giro! Fico por cá :)

    Jiji

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinto exatamente o mesmo que tu!
      Obrigada :).

      Eliminar
  4. Sou igualzinha!!!
    Eu nos meus post também não faço uma avaliação quantitativa,até porque não sou nada boa,como tu disseste que também eras.
    A avaliação muda de pessoa para pessoa e por esse motivo que prefiro saber mesmo o que a pessoa acha(avaliação qualitativa)
    bjs
    Cantinho da tequis
    Facebook Cantinho da tequis

    ResponderEliminar
  5. Acho mais interessante ler uma crítica construtiva ao dito filme ou livro e saber o que a pessoa pensou ou sentiu ao ver do que propriamente as classificações :) Mas devo confessar que olho para as classificações do IMDB ou do RottenTomatoes antes de escolher um filme para ver, se for demasiado baixa já sei que o filme não me vai agradar e que nem vale a pena tentar ver. Sou um bocadinho snobezinha nesse aspeto ahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso exatamente como tu :).
      Eu antes também era assim, mas depois comecei a reparar que às vezes um filme muito bom tem uma classificação muito baixa e acabo por me guiar mais pelas críticas construtivas.

      Eliminar
  6. Eu também não gosto de avaliar livros ou filmes em termos numéricos - não porque tenha dificuldades em fazer essa racionalização, mas porque acho que não faz sentido, também... Tal como tu, valorizo muito mais a crítica em si do que um número que possamos atribuir!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  7. Sou como tu, não gosto de dar números às coisas mas sim argumentos que sustentam a minha opinião :)

    ResponderEliminar
  8. por acaso nunca tinha reparado que as pessoas fazem muitas classificações nos seus blogs, mas de facto é algo um pouco inútil, visto que todas as pessoas tem opiniões diferentes e as classificações altas de uns podem ser as classificações baixas de outros e vice-versa :/
    beijinhos, Noelle :) http://supergirlinconverse.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Se ao escreveres uma review sobre um filme/livro e disseres que gostas ou não, poderás estar a influenciar alguém com a tua opinião, logo, é contraditório dizeres que uma das razões pelas quais não atribuis classificações numéricas é essa. Como tu mesma disseste, "posso adorar um determinado filme e outra pessoa odiar", é perfeitamente normal e é por isso mesmo que as reviews existem.

    Compreendo o que queres dizer sobre dois filmes com a mesma classificação não serem necessariamente equivalentes, mas acho que talvez estejas a complicar demasiado. É certo que podemos sempre usar uma obra do mesmo género como referência, mas não é obrigatório. Se na altura em que vês um filme, o adorares e sentires que equivale a um "excelente" escolar, não há problema nenhum em atribuires um 9/10. Passados 10 anos se tiveres visto outro que seja superior, não é por isso que o anterior vai perder a sua qualidade. São peças intemporais.

    Pessoalmente detesto avaliar música porque como as ouvimos repetidamente, os gostos estão em constante mudança. Séries também são complicadas porque existem casos como "True Detective" que teve uma primeira temporada fantástica e uma segunda que foi um lixo. Nesses casos costumo deixar a nota que dei no início, mas há sempre quem mude. Enfim, cada pessoa tem as suas manias I guess :)

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu pessoalmente acho que não devemos avaliar livros/ filmes, estar a atribuir-lhes números é tentar racionalizar algo que não pode ser racionalizado. As avaliações dos testes que tu referiste são algo mais objetivo, é diferente. Para mim não devemos avaliar coisas, é como estar a avaliar gostos, e gostos não se discutem.
      É , cada pessoa tem as suas manias :).

      Eliminar
  10. Também não faço avaliações quando falo de filmes, e muito menos as faria se falasse de livros! Não consigo, cada obra tem as suas especificidades. Só era possível classificá-las se avaliasse sempre os mesmos critérios. E, tal como mencionaste, se os meus gostos fossem sempre os mesmos. Para além disto ainda temos a questão das referências, quanto mais tivermos, mais os gostos se apuram e aquilo que parecia um 10 há uns anos atrás, agora pode não passar de um 7 (ainda que o significado que a história teve para nós se mantenha). Por isso prefiro apenas comentar os filmes e o porquê de ter gostado deles naquele momento. É que é mesmo isso, temos a mania de numerar tudo, como se as coisas precisassem de um número para ter significado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exatamente! Cada livro é único e tem as suas especificidades, e uma classificação numérica não faz justiça a essas especificidades.
      Mesmo!

      Eliminar
  11. Para mim as classificações valem pouco ou nada. Ligo mais ao que eu sinto a ver o filme e à minha própria percepção.
    O meu namorado, por exemplo, já é capaz de desistir de ver um filme que de início queria ver só porque a classificação não foi boa.
    Elogiaste o design POBRE do meu blog, mas o teu é fantástico! :P Estou apaixonada! Obrigada por teres passado por lá, honestamente estou rendida ao teu blog e fico por estas bandas sem dúvida! Um beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahah, eu antes também era assim, mas depois comecei a perceber que certas classificações eram incoerentes e basicamente é a história que já expliquei no post.
      Não é nada, eu adorei o visual do teu blog! É simples, mas é muito bonito :).
      Oh, obrigada.

      Eliminar
  12. A avaliação tua é uma coisa... tua... e as outras pessoas têm que a julgar como ser a avaliação tua e não como uma avaliação geral ou uma avaliação que irá de acordo com a pessoa que está a ler. Antigamente costumava fazer um review de praticamente todos os filmes que via, agora já não tenho tanta paciência, nem para ver filmes nem para escrever sobre o que vi e que suposta nota merece.
    És livre de não classificares ou não gostares de classificar, mas acho que estás a pensar demasiado no assunto.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gosto de fazer reviews de livros e filmes, não tenho feito muitos por causa da faculdade e de, consequentemente, não ter tempo de ler livros ou ver filmes. Agora, não gosto é de dar classificações.
      Não pensei demasiado no assunto, só quis dar uma opinião sobre este :).

      Eliminar
  13. Compreendo o teu ponto de vista mas, por acaso tenho uma página no blog com livros que já li e todos eles estão classificados. É uma classificação minha, subjectiva baseada na minha experiência e o que senti ao ler o livro. Por exemplo todos os livros a que dei 5 estrelas, estão todos no mesmo saco, quer os tenha lido este ano ou em anos passados e continuam a ser os livros que mais gostei, continuam a ser os livros que voltava a ler (e alguns deles já li mais que uma vez) e a minha opinião sobre o livro não mudou :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, cada um tem o seu método e se gostas de classificar livros e é algo que resulta para ti, continua :).

      Eliminar
  14. Concordo inteiramente com o que disseste e também não o faço nos posts em que falo sobre determinado filme, livro, série, e por aí...

    ResponderEliminar
  15. Eu sinceramente não ligo muito à classificação em si porque cada um tem um seu gosto, eu prefiro ler o resumo da historia e a critica da pessoa.

    ResponderEliminar
  16. Percebo bem o teu ponto de vista, apesar de eu colocar uma classificação.
    Eu coloco aquilo que eu acho, afinal de contas, eu escrevo um blog para mim, não para agradar ou recomendar aos outros algo baseado em um número. Ao longo do post falo do filme, dos aspectos que eu achei melhores dos piores e, normalmente, no final digo se recomendo ou não o filme. A classificação acaba por ser um número mais para mim do que para quem me lê. Há filmes em que o IMDB tem uma pontuação bastante baixa e eu até acho que ele merece mais, porque está bom! Mas isto é a minha opinião pessoal e se há algo que os nossos leitores têm de ter em consideração é que o blog é teu, a review é da tua opinião pessoal (bem mais importante) e um número não deve alterar em nada a opinião do visitante.
    Mas compreende-se perfeitamente porque não o fazes e com isto tudo não estou a dizer que o deves fazer. Acho é que deve ser encarado como a opinião pessoal do blogger e não como uma "ordem", sei lá, ninguém deveria levar a sério tudo o que lê e vê por aí, resumindo. xD
    nuages dans mon café

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também compreendo perfeitamente o teu ponto de vista e também não te julgo por classificares os filmes no teu blog, até porque eu costumo ler as reviews que fazes de filmes :) .

      Acho que isto é mais uma preferência pessoal. Eu não consigo dar números a livros/ filmes , não consigo racionalizar estas coisas, gosto de dar uma opinião mais qualitativa, mas se tu consegues e resulta contigo, só te digo para continuares :). Os nossos leitores gostarão do nosso blog de qualquer das maneiras.

      Concordo com isso, não devemos levar a sério tudo o que lemos pela net e, como tal, os nossos leitores também não devem levar demasiado a sério as nossas reviews, são apenas opiniões e sugestões :).

      Eliminar