!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

2.1.16

Razões pelas quais eu não sou uma youtuber.


Hoje em dia, ser youtuber é mais do que um passatempo, é quase uma fonte de rendimento. Muitas pessoas dedicam grande parte do seu tempo a colocar vídeos nos seus canais de youtube sobre os mais variados temas: moda, beleza, lifestyle, comédia,... Até os bloggers já se renderam a esta tendência e criaram também os seus canais, complementares aos seus blogs. No entanto, cá eu não me enquadro nesta tendência e vou explicar-vos porquê. 

O título deste post era para ser " Porque é que eu nunca vou ser uma youtuber" mas como nunca se deve dizer nunca, o título deste post resumiu-se assim aquilo que eu não sou atualmente. Mas indo ao que interessa, vamos lá saber porque é que eu não sou uma youtuber:

1. Não tenho uma boa câmara fotográfica: Ter uma câmara fotográfica que filme com alta qualidade deve ser o requisito nº1 para se ser um youtuber. Acho que nenhuma  pessoa no Youtube  vai longe fazendo os seus vídeos com o telemóvel, digo eu. A minha carreira como youtuber ficaria logo arruinada por causa deste ponto.

2.  Não sei editar vídeos: Uma vez, para fazer um mini-filme para um trabalho de Português, já me vi aflita para conseguir editar um vídeo de 5 minutos, quanto mais ter que editar um vídeo de 15 minutos ( que é o tempo médio dos vídeos dos youtubers). Não sei que programas eles usam para editar os seus vídeos, mas eu cá  não sei trabalhar com o MovieMaker, que é um programa básico  e ( supostamente) fácil de usar, quanto mais com o resto.

3. Fazer um vídeo demora anos: Voltando à experiência que tive de fazer um mini-filme para um trabalho de Português ( a minha professora do secundário adorava pôr os alunos a fazer de atores e atrizes. Já dos alunos não se pode dizer o mesmo.) lembro-me que demorei um dia inteiro a filmar cenas para um vídeo de 5 minutos ( fora o tempo que demorei depois a editar o vídeo). Portanto, imagino que os youtubers percam muito tempo a filmar e editar vídeos. Eu quem me dera às vezes ter tempo para escrever posts para o meu blog, quanto mais andar aí a filmar cenas.

4. Expresso-me melhor a escrever do que a falar: Já a minha professora de Português do Básico me dizia isso. A verdade é que exponho muito melhor as minhas ideias e opiniões por escrito do que oralmente. Sou uma pessoa tímida, portanto não gosto de tudo aquilo que envolva falar para um grupo maior de 10 pessoas, quanto mais falar para um público ( por isso é que eu odeio fazer apresentações, como já devem ter reparado). E não gostar de falar em público também inclui fazer vídeos no Youtube. Acho que expresso muito melhor por escrito, por isso é que eu tenho este blog em vez de ter um canal no youtube.

5. A minha vida não é suficientemente interessante para fazer vlogs: A maior parte dos youtubers faz vlogs sobre o seu dia, as viagens que fazem,os sítios giros a que vão ... Como eu não sou lá muito viajada, nem estou sempre a ir aos restaurantes mais chiques da  cidade e arredores, não tenho lá muito material para criar um vídeo interessante.

Portanto, no presente, só me irão ver pela blogosfera. Quem sabe se, no futuro, vou ser mesmo uma youtuber , tal como muitas bloggers, e arrepender-me de ter escrito este post, mas para já este blog vai ser a minha única casa.

E vocês? Acham que dariam bons youtubers?

22 comentários:

  1. É algo com que não sou capaz de me identificar. Tentei uma vez - e cheguei a fazer um vídeo - mas nunca cheguei a publicar porque apesar de estar satisfeita com o resultado percebi que era um tipo de exposição que não tem muito a ver comigo e, uma vez que exige muito tempo, dificilmente seria um projeto a longo prazo. Prefiro o blogue, sem dúvida! (E admito que não tenho grande paciência para ver os vídeos dos outros até ao fim..)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, uma youtuber tem ainda mais exposição que uma blogger. E eu não conseguiria lidar com esse tipo de exposição. Tenho a certeza que se tivesses um canal no youtube terias muito sucesso, mas compreendo-te perfeitamente, eu prefiro dedicar o meu tempo a um blog.

      Eliminar
  2. Ainda não excluí a possibilidade. No entanto, acho necessário ter uma mais "estável" para a nossa presença online -o blog- e um investimento inicial: uma boa câmara, como dizes, e um bom cenário. Só gosto de fazer seja o que for quando sei que posso fazê-lo bem e com qualidade, e ainda não é o caso. Para além disso, não gosto de acompanhar nenhuma youtuber portuguesa, pelo que não me sinto inspirada a criar o meu próprio canal...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinto o mesmo que tu. Prefiro ter um bom blog, do que ter um blog e um canal do youtube e nenhum deles ser bom.

      Eliminar
  3. Acho que nunca me daria bem nesse mundo.

    ResponderEliminar
  4. R: Ao contrário de ti , estou bem mais para sul xD , no IPB . É um meio pequenino mas dizem muito bem da escola de saúde daqui e até agora tem sido muito fixe . Bastante trabalhoso , mas muito fixe xD
    Também adoro John Green , razão pela qual o que li este ano foi quase tudo dele xD
    E Gone Girl adorei e nem o estava a pensar ver no inicio , mas um amigo meu aconselho-mo e acabei por ver xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu li o livro Gone Girl antes de ver o filme, mas adorei ambos ( embora quando vi o filme, já sabia o que ia acontecer, já não houve o fator surpresa que caracteriza a história).

      Eliminar
  5. Identifico-me um pouco contigo. Sinto que tenho mais jeito para escrever do que para falar. Mas quem sabe um dia...

    Beijinho e um Feliz Ano de 2016, Beauty Queen

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois nunca se sabe, eu não descarto completamente a possibilidade...

      Eliminar
  6. sinto tal e qual o mesmo! a vontade está lá mas todas essas barreiras que mencionas-te estão presentes. E ainda a vergonha de falar ... beijinhos, Rafaela
    Pausa no Estudo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que se tivesses um canal no youtube era espetacular, eu seguiria-te sem dúvida. Mas lá está, eu também tenho vergonha de falar, e é uma grande barreira.

      Eliminar
  7. Já me disseram umas quantas vezes que tinha jeito, tanto que já ponderei seriamente render-me aos encantos do youtube (aliás, a ideia não está completamente de parte), mas a vergonha é o meu maior inimigo. Além de não ter uma câmara decente, a ideia de alguém conhecido encontrar-me deixa-me bastante nervoso haha. A parte da edição é a minha favorita, é sem dúvida trabalhoso, mas gosto bastante :)

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso acho que terias bastante sucesso no youtuber .). Aliás, há tantos bloggers que dariam bons youtubers ( como podes ler nas respostas aos comentários que eu dei acima).
      A mim também me deixaria bastante nervosa ter pessoas conhecidas a ver os meus vídeos, já me deixa nervosa saber que pessoas conhecidas podem estar a ler o meu blog xD.

      Eliminar
  8. Pensei imensas vezes em fazer uma publicação deste género para o blog, porque de vez em quando "pedem-me" que faça um canal no youtube. Mas apesar de adorar o youtube e ele ser um passatempo incrível quando tenho horas livres para mim, não seria capaz de me dedicar à séria a ele, nem penso que tenha flexibilidade na minha vida para tal.

    Com o último ponto, eu acho que todos nós temos vidas interessantes, a maneira como as expomos e as partilhamos com os outros é que pode já não ser tão bem conduzida ou então, simplesmente mal interpretada.

    Além disto, acho que não conseguiria viver com o montão de comentários negativos e perguntas demasiado pessoais e intrometidas das pessoas que iriam assistir aos vídeos.

    Para mim, é uma NÃO-coisa-a-fazer, sem dúvida! E percebi todas as tuas razões para tal também :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, mas a minha vida não é mesmo nada interessante ahaha.
      Quanto aos comentários negativos, também estás sujeita a isso com um blog, mas sem dúvida que uma youtuber tem mais exposição...

      Eliminar
  9. A verdade é que ser youtuber acaba por ser uma profissão, e é preciso ter talento para isso. Carisma também, para atrair as pessoas.
    Como qualquer outra profissão, ser youtuber requer skills (como o de editar vídeos, mas é algo que ninguém nasce ensinado e por isso há imensos tutoriais e formas de aprender) e tempo. As pessoas que usam o youtube como fonte de rendimento, são pessoas que dedicam parte da sua vida a isso, e gastam tempo do seu dia para tal. Podias ser uma, desde que fizesses o mesmo que eles e tirasses tempo do teu dia para fazer os vídeos e aprender a fazê-los. Qualquer pessoa pode :)
    E, por fim, discordo com o ponto 1. Conheço imeeeeeensos youtubers que quando começaram nem dinheiro tinham para ter uma câmara minimamente boa e, no entanto, agora são youtubers com imeeeeeenso sucesso. As pessoas têm de começar por algum lado e usar o que têm. Acho que não é preciso uma câmara boa para ser um bom youtuber :)

    Eu conseguiria ser youtuber, mas não de qualquer tema... não falaria de moda, nem de beleza, nem de lifestyle, nem de comédia. Seria boa youtuber se fizesse um canal de gaming, fazendo o que gosto de fazer nos meus tempos livres (jogar) e partilhando com os que gostam do mesmo que eu. Assim como eu gosto deste tipo de canais, há muitos outros que também gostam :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lá isso é verdade, eu poderia facilmente aprender os pontos acima...
      Mas tal como disse no post, a principal razão é a falta de tempo para dedicar a outro projeto. Prefiro dedicar-me só ao meu blog e a garantir que este tem uma qualidade excelente, do que ser ter as duas coisas e nenhuma delas ser boa.
      Então porque não crias um canal no youtube? Muita gente, tal como tu, está interessada em videojogos, e terias facilmente muito público para o teu canal.

      Eliminar
  10. ahaha para ser sincera acho que até prefiro ver vlogs de pessoas "normais", que visitam alguns sítios fixes e saem às vezes, do que de "ricos" que passam a vida a viajar e a comprar coisas caras, porque me relaciono muito mais com os primeiros.
    além disso, há por aí montes de vloggers com vídeos (vidas?) mesmo secantes xD eu por acaso gostava de fazer vlogs, é uma coisa que gosto de ver e suponho que muita gente também, mas concordo contigo: quem faz vlogs com o telemóvel, não vai muito longe...
    anyway, se alguma vez criares um canal de youtube, de certeza que ia ter muito sucesso!
    beijinhos, Noelle :) http://supergirlinconverse.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas quando eu digo que a minha vida não é interessante, não é mesmo nada xD. Daí esse ponto que eu escrevi no post.
      Oh obrigada :)

      Eliminar
  11. Eu concordo contigo...sou mesmo muito parecida!
    Para se ser youtuber tem que se ter sempre um investimento na câmara, é necessário imensoooo tempo,a edição acho que irias aprender pois ninguém nasce ensinado.
    Eu Sou tal e qual como tu, expresso-me muito melhor a escrever, nas apresentações sou daquelas pessoas tímidas que não encara muito a turma...
    bjs
    Cantinho da tequis
    Facebook Cantinho da tequis

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É exatamente isso, eu já me custa a fazer apresentações na escola, quanto mais ter que agora gravar vídeos e expor-me...

      Eliminar