!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

6.4.17

Como conhecer "amigos online" de maneira segura


Quem acompanha o meu blog pelo Twitter, sabe que, há algum tempo atrás, encontrei-me com duas bloggers, a Joana do blog A Dupla Face da Joana, e a Maria do blog From The Inside . Das duas vezes, correu muito bem, são duas pessoas incríveis e muito simpáticas, e soube-me mesmo bem conhecer as autoras por detrás de alguns dos blogs que sigo.

No entanto, não escondo, estava bastante receosa. Da primeira vez, quando conheci a Joana, estava mais porque, apesar de ter quase 100% que era ela, uma vez que o blog dela é público e tem ligação às redes sociais pessoais dela, estava com medo porque era a primeira pessoa com quem eu conversei online que iria conhecer na realidade. E, como toda a gente sabe, encontrarmo-nos com uma pessoa que conhecemos online tem sempre riscos.

Sempre me ensinaram que conhecer pessoas online era um risco. A minha mãe sempre me alertou para isso, que era melhor pôr de parte a ideia de fazer amigos online, para nem sequer ter a tentação de os querer conhecer. E, até entrar na blogosfera, assim o fiz. Andei num ou outro chat da Internet por diversão, sem nunca revelar informação pessoal, e falei também em chats ingleses só para praticar inglês. De resto, nunca me meti numa de " vou fazer amigos online". Ouve-se tantas histórias de encontros de pessoas que se conheceram na Internet que acabam mal, que preferi me manter longe deste tipo de prática.

Quando entrei na blogosfera, entrei com o mesmo pensamento. Pensei " vais criar o blog, vais escrever, mas nada de andar aí a conhecer pessoas à maluca". E, no início, até era fácil cumprir essa promessa. Porém, inevitavelmente, todos os bloggers vão fazendo amizades uns com os outros, com o passar dos anos e, mais cedo ou mais tarde, proporciona-se circunstâncias para um encontro ( como serem da mesma cidade, faculdade...), e acabam sempre por se querer encontrar. Como já devem ter percebido, comigo aconteceu o mesmo.

Conhecer pessoas online já passou a ser uma prática comum, e já parece menos assustador do que antes, mas ainda o é. Conhecer pessoas da Internet na vida real continua a acarretar muitos riscos, mas isso não quer dizer que devamos não o fazer de todo. Existem maneiras de se encontrarem com amigos que fizeram online de maneira segura e mais eficaz.


1. Certifica-te que sabes como é a aparência da pessoa: Com a Joana não foi difícil porque ela tinha fotos reais no blog, mas com a Maria tive que lhe pedir uma foto antes de me encontrar com ela. Claro que ela bem que me podia ter mandado uma foto que não era dela ( mas eu tinha fé que não, ela é boa rapariga), é sempre um risco que se corre, mas os pontos a seguir diminuem a probabilidade.

2. Certifica-te que sabes o maior número de informação possível sobre essa pessoa: Mais uma vez, é um risco, ninguém nos garante que o perfil da pessoa seja verdadeiro, mas normalmente perfis elaborados são difíceis de fazer. Por exemplo, um perfil de Facebook com muitos amigos, gostos e comentários nas fotos, informações sobre cidade, faculdade ou local de trabalho têm grandes probabilidades de ser reais em comparação com um perfil com poucos amigos, uma ou duas fotos sem gostos e comentários e pouca informação ( pessoas com perfis assim já tentaram falar comigo e mandar pedidos de amizade, e rejeitei imediatamente. Primeiro, porque não as conhecia de lado nenhum, o que por si só já era um fator de exclusão, segundo não tinham informações nenhumas no perfil).

3. Descobre se as fotos que tens da pessoa são mesmo autênticas: Este é um truque que aprendi com o programa " Catfish" da MTV. Usei-o uma vez para saber se o " namorado online" de uma amiga minha era a pessoa que dizia ser e, de facto, resulta ( e sim, as fotos do " namorado online" da minha amiga eram mesmo dele). Como funciona? Basta irem ao Google Imagens, carregar no ícone da máquina fotográfica que lá aparece ( só aparece em computadores, acho eu), e carregar a imagem que querem saber se é verdadeira ou não. Se não encontrarem correspondência, a foto é dessa pessoa, se encontrarem correspondência e vos aparecer outras contas, pode querer dizer que a pessoa vos anda a mentir. É um truque um bocadinho à stalker, não é necessário fazê-lo, mas se tiveres dificuldades em confiar na pessoa é eficaz.

4. Falem por Skype ou por chamada através do Google: Para saberes mais sobre a pessoa com quem te vais encontrar e sentires-te mais seguro/a, faz uma chamada por Skype ou pelo Google, para saber como é a voz da pessoa, a aparência... A razão pela qual eu não sugiro que troquem números de telemóvel é para não dares demasiado detalhes sobre ti antes de conhecer a pessoa. Se não te deres bem com a pessoa, pode ser um pouco chato e até perigoso ter o teu número. Guarda isso para quando a conheceres pessoalmente. Há inúmeras maneiras de falar com a pessoa que não implicam dar o número de telemóvel.

5. Encontrem-se num sítio público: Meus amigos, esta é a regra de ouro! Encontrem-se num sítio público, com o maior número de pessoas possível.  Que não vos passe pela cabeça encontrarem-se numa casa ou em qualquer outro lugar privado, porque é nesses lugares que as coisas podem correr mal. Encontrem-se em sítios públicos, onde podes ser socorrido/a caso a coisa corra mal e não te estejas a encontrar com a pessoa que pensavas.

6. Se puderes, leva um familiar ou amigo contigo: Ires acompanhado/a por uma pessoa em quem confias, como um familiar ou amigo é sempre mais uma forma de garantir que estás em segurança, e podes sair mais facilmente da situação, casos estejas desconfortável.  E, normalmente, as pessoas nunca são raptadas ao pares ( acho eu,ahahah) .

7. Se não puderes levar alguém contigo, avisa alguém o sítio onde te encontras: Nem sempre podemos levar familiares ou amigos connosco, por isso, se este for o teu caso, certifica-te que avisas alguém de que te vais encontrar com uma pessoa, e o local e horas onde te vais encontrar. Em ambos os meus encontros, eu não tive possibilidades de levar um amigo comigo ( nem queria sinceramente, uma vez que o meu blog é anónimo e queria conversar à vontade, mas informei sempre amigas minhas onde eu estava. Apesar de elas não saberem que eu iria conhecer bloggers, apenas sabiam que me ia encontrar com alguém, o que já era suficiente porque, caso algo me acontecesse, elas sabiam o último sítio onde tinha estado).

8. Segue o teu instinto: Se alguém parece estranho e assustador online, e não te sentires nada confortável em conhecer a pessoa, tens todo o direito de dizer não.

9. Não tenhas vergonha de falar daquilo que costumam falar online: Não sintas vergonha de falarem do blog um do outro, de falarem dos gostos que partilharam, das receitas que partilharam... Afinal, foi isso que fez a vossa amizade nascer em primeiro lugar, não foi?

10. Sê tu próprio/a: Encontrares-te com pessoas novas pode parecer assustador, mas não deixes que os nervos assumam o controlo. Provavelmente, se já eras tu próprio/a online, a pessoa teve curiosidade em conhecer-te por seres tu mesmo/a, por teres os mesmos gostos, ou os mesmos hobbies,... Por isso descontrai e sê tu mesmo/a.


E vocês? Já conheceram algum " amigo online"? Quais são os vossos conselhos?



19 comentários:

  1. Já conheci e já tive os mesmos receios que tu e depois de ver muito Catfish acho que os meus conselhos são os mesmos que os teus !
    Acho um óptimo post e espero que ajude muita gente que infelizmente não tem noção dos perigos.

    Lumos
    Instagram

    ResponderEliminar
  2. Gostei das suas dicas e hoje em dia esta tão difícil confiar nas pessoas né?
    Carinhas de anjos mas com coração de pedra..enfim essas dicas são excelentes.

    Beijinhosss
    Blog Resenhas da Pâm

    ResponderEliminar
  3. Amazing post

    I Follow yours posts by May Blog List (MBL - top right) on Blogs Showcase
    Best regards
    Chic

    Chic's
    Blogs Showcase
    Chic Poradnik

    ResponderEliminar
  4. A primeira pessoa que conheci das lides da internet já foi há 20 anos. Conheci já muitas. Só tenho boas experiências.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já foi há tanto tempo xD. Ainda bem que sempre tiveste boas experiências :).

      Eliminar
  5. Fiz alguns amigos pela internet, nos tempos áureos do mIRC e do msn xD bons tempos hehe

    ResponderEliminar
  6. Foi assim que conheci o meu marido! Segui praticamente todas as dicas que dás neste post, conversámos durante meses, por skype inclusive, a minha mãe conheceu-o e sabia que conversávamos... Enfim, acho que dificilmente iria correr mal o encontro. Só não sabia que iria correr tão bem hehe.
    Pode ser perigoso conhecer alguém do mundo virtual, mas também pode ser uma experiência fantástica, principalmente se seguirmos todas essas dicas.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, que fofo, teres conhecido o teu marido desta maneira. Ainda bem que tudo correu bem :).
      Acredito que sim, para mim também foi uma experiência fantástica :).

      Eliminar
  7. É sempre muito importante ter-se cuidado na net. As dicas são muito boas mas todo o cuidado é pouco.

    Bom fim de semana :)
    _________________________
    All The way is an adventure
    Jess & Rose Blog | Instagram | Youtube

    ResponderEliminar
  8. Excelentes conselhos!:)

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Cherry!! Temos de ser realmente cautelosos, infelizmente, este mundo virtual pode tornar-se bem perigoso. Porém, conhecer-te foi um «risco» cauteloso e bem boooom :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para mim também foi um risco, embora para ti tenha sido mais, porque o meu blog é anónimo, mas adorei conhecer-te!

      Eliminar
  10. Agora que penso no assunto, já conheci pessoalmente muitas pessoas que conheci no mundo virtual! :o E de todas as vezes, correram sempre bem! Portanto, assino em baixo tudo aquilo que disseste! Há que ter muita cautela com este tipo de coisas!
    Beijinhos!


    LYNE

    ResponderEliminar