!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

15.1.17

7 dicas para evitares desperdiçar comida


Desde muito nova que fui educada num ambiente em que desperdiçar comida não é aceitável. Não porque alguém tenha fosse pobre na altura em que nasci, mas sim porque muitos familiares meus passaram fome e dificuldades na sua infância. Assim, desperdícios de comida foi algo que nunca foi tolerado na minha casa. " Come tudo o que está no teu prato! Há crianças a passar fome!" ou  " Não tenhas mais olhos que barriga!" foram apenas algumas das frases que ouvi em criança.

Orgulho-me de ter crescido num ambiente assim e, de todos os familiares, a minha mãe é, sem dúvida, a que sabe mais truques para evitar desperdício de comida. Ao longo do tempo, fui aprendendo com ela alguns truques, que terei sempre em consideração quando eu própria tiver uma casa.


1. Compra de forma inteligente e realística: Parece bastante óbvia mas, na verdade, é uma das coisas mais importantes que podes fazer para evitares desperdiçar comida. Planeia bem as tuas refeições, vê a tua dispensa, faz uma lista do que precisas, e evita comprar coisas em excesso. Além disso, têm em consideração que há coisas que podes comprar em maior quantidade e para durante mais tempo do que outras. Por exemplo, podes comprar bolachas e arroz para um ano, mas não podes fazer o mesmo com a fruta e legumes. É preferível ir mais vezes ao supermercado e comprar pouca comida de cada vez, do que comprar muita e esta estragar-se.

2. Quando cozinhas, não cozinhes em excesso: A tua casa não é nenhum restaurante para servires pratos com demasiada comida. Planeia mais ou menos a quantidade de comida que cada elemento da tua casa come. Obviamente, também não precisas de cozinhar a dose certinha, deixa sempre um pouco em excesso porque, por vezes, uma pessoa qualquer pode ter mais fome, mas nunca faças demasiado.

3. Guarda e come os restos: Muitas pessoas não gostam de guardar os restos, porque dizem que a comida não fica tão saborosa, ou estraga-se... Tanto eu como a minha mãe somos a favor de guardar restos. Se armazenados e conservados da maneira correta, sabem quase tão bem como no dia em que estes foram feitos. Para te certificares que não guardas restos estragados, coloca etiquetas neles com a data em que estes foram guardados.

4. Guarda a comida nos sítios certos e durante o tempo certo: Por incrível que pareça, a maior parte das pessoas não dá muita importância ao local onde armazena os alimentos, o que é totalmente incorreto, e até perigoso para a saúde. É muito importante saber os tipos de alimentos que devem ser conservados à temperatura ambiente, aqueles que devem ser conservados no frigorífico/congelador e, ainda, durante quanto tempo. Há uns tempos atrás, encontrei esta imagem num site (RealSimple), que mostra durante quanto tempo podem conservar cada alimento no frigorífico ou congelador ( para veres melhor, clica na imagem).


5. Tem atenção às datas de expiração: As datas de expiração não estão só a enfeitar a embalagem. Embora as datas de expiração sejam apenas um determinante da qualidade da comida e não da sua segurança ( existem coisas que, mesmo depois de ter passado a validade, ainda é possível comer, é uma questão de ver o aspeto do alimento), eu prefiro não arriscar e sigo sempre à risca. Porém, se seguirem o ponto 1, é pouco provável que se deparem com um alimento com o prazo a acabar ( aqui na minha casa quase nunca acontece).

6. Não confundas "embalado em" com " expira em": Quando vou às compras com a minha mãe, se não tenho o cuidado de ver as coisas, a minha mãe confunde estes dois termos. É algo que muitas pessoas confundem frequentemente.

7. Caso tenhas algo a passar do prazo brevemente, vê se podes doar antes de deitar fora: Antes de deitar fora algo cujo prazo tenha quase a acabar, certifica-te de ver se é possível doá-lo a uma instituição ou a alguém necessitado. Assim, além de evitares que essa comida se desperdice, estás a ajudar alguém.


E vocês? Quais são os truques que usam para evitar desperdiçar comida?

12 comentários:

  1. Não gosto de deitar comida fora e se sobrar tento sempre inventar algo para transformar a comida só para não estar a comer da mesma forma!

    ResponderEliminar
  2. Em relação ao teu ponto 5: compreendo que não queiras "arriscar", mas a verdade é que o prazo de validade é, muitas das vezes, apenas indicativo. E é um enorme desperdício deitar fora porque passou do prazo. Já deixei passar o prazo de algumas coisas (alguns dias, claro que não foram meses), e estavam em perfeitas condições. É como dizes, é só questão de se ver o aspecto, o cheiro...

    Aproveitar restos é uma das especialidades da minha mãe, e as coisas reinventadas ficam sempre tão saborosas!

    Mundo Indefinido

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confesso, tenho conhecimento disso, mas não gosto de arriscar, senão fico depois com " e se..." na cabeça. Mas também cá em casa não faz diferença, nós nunca deixamos um alimento passar o prazo de validade, consumimos sempre antes :).

      Eliminar
  3. Eu se vejo que cozinhei em excesso e não se comeu tudo no dia seguinte, acabo por congelar. Dura mais tempo e por vezes dá jeito ter uma refeição preparada que é só descongelar ;)
    Detesto deitar comida fora e evito-o ao máximo.

    ResponderEliminar
  4. Aqui em casa também não se deita nada fora e quando casar vamos fazer o mesmo. Boas dicas, obrigada.

    ResponderEliminar
  5. Olá! Gostei muito das dicas! Quando era pequena, ouvia sempre a frase " Come tudo o que está no teu prato! Há crianças a passar fome!". Acho que é uma frase que todos ouvimos das nossas mães! :)
    Acho que o truque que mais uso para não desperdiçar comida é guardar os restos para comer no dia seguinte.
    Beijos!

    http://biaentresonhos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Sou a maior recicladora de sobras! Cá em casa a máxima é mesmo, nada se estraga, tudo se transforma em algo bom para comer =)

    ResponderEliminar
  7. Muito bom post! Cá em casa também há disso desde sempre, nunca se desperdiça e as sobras comem-se na refeição seguinte, por exemplo, a sopa dá sempre para vários dias, não é porcaria, é comida e fica muito boa aquecida no microondas.
    Eu também gosto de aproveitar peixe ou carne que sobra e fazer nova receita, uma coisa que faço muito é legumes salteados com restos de carne ou peixe, por vezes até aproveito massa cozida que sobra, coloco tudo na wook, depois de cozinhado vai para um tabuleiro, coloco béchamel e queijo ralado por cima, vai uns 15 minutos ao forno e tenho uma refeição nova, usando as sobras. Concordo contigo, não se deve desperdiçar, no entanto, quando a comida já não está muito boa mas não está totalmente estragada, evitamos comer, claro, e há coisas que damos aos nossos animais domésticos, desde que ainda estejam comestíveis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :).
      Aposto que fica muito bom, e não se desperdiça nada, o que é ainda melhor!

      Eliminar