!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

2.3.16

10 coisas que nunca deves dizer a uma pessoa


Às vezes as pessoas dizem coisas que não devem. Coisas que podem ferir os sentimentos dos outros. Muitas pessoas dizem as coisas antes de sequer pensar naquilo que estão a dizer. Na minha opinião, estas pessoas deviam começar a pensar duas vezes antes de falar. Pelo menos, foi assim que me ensinaram.

Não sou propriamente a favor de todo o tipo de regras de etiqueta ( embora ache que devemos cumprir as básicas, como mastigar de boca fechada, mas isso fica para outro post). No entanto, acho importante existirem certas regras no que diz respeito à socialização, à maneira como abordamos a outra pessoa. Temos que ter cuidado com as palavras que usamos numa conversa, porque muitas vezes queremos transmitir uma coisa, mas acabamos por transmitir uma mensagem totalmente errada.

Devemos ter sempre cuidados com as palavras que usamos, mas há certas coisas que nunca devemos dizer a ninguém. A sério, alguém devia criar uma lei que proibisse as pessoas dizerem as coisas que eu vou enumerar a seguir.


1. "Quanto dinheiro ganhas?": As pessoas ficam particularmente muito ofendidas quando lhes fazes estas perguntas. E quem diz esta, diz perguntas do tipo " Quanto dinheiro tens no banco?" ou " Quanto dinheiro gastas para pagar as contas?". Muitas pessoas consideram que o seu salário é algo muito pessoal,muito íntimo, da mesma maneira que o são os detalhes da sua vida sexual ou da sua vida amorosa. Eu não trabalho propriamente, mas quando me perguntam quanta mesada me dão os meus pais, eu respondo apenas " é suficiente para os gastos da universidade e para comprar uns extras." e nem lhes dou hipótese para me perguntarem mais alguma coisa.

2. " Estás grávida?": Nunca perguntes isto. A sério, nunca perguntes isto! Se a mulher estiver mesmo grávida tudo bem, ela começa a falar alegremente sobre o filho que vai dar à luz, mas se ela não estiver, estás em grandes sarilhos, porque acabaste de a chamar gorda. Sabes como é que as mulheres são em relação ao peso, a maior parte é obcecada com o peso, por isso chamar-lhes gordas é como lhes espetar uma faca no coração.

3." Esse corte de cabelo fica-te muito melhor que o anterior.": Isto é dar um elogio a uma pessoa, com um insulto de bónus. É o mesmo que dizeres a essa pessoa que antes era feia e que agora é linda.

4. "Estás errado/a.": É a mesma coisa que dizeres à pessoa que ela não vale nada, não sabe nada e não presta para nada. Em vez de isto, diz antes " acho que seria melhor se fizesses assim..." ou " Não concordo contigo, acho que...". Deste modo, estás a corrigi-la sem lhe passar um atestado de incompetência.

5. "Porque é que não gostas de x tipo de comida? Porquê que é que não experimentas? Porquê? Sabes que se comeres sete vezes uma comida que não gostas passas a gostar dela...": Não há nada mais irritante do que te pedirem para explicares porque é que não gostas de determinados alimentos e tipos de comida. Não gosto desta comida. Fim da história. Não vejo porque razão é que eu tenho que justificar isso. Não há nenhuma lógica em perguntar isto, persistirem em fazer esta pergunta não me vai fazer dizer " Ah afinal gosto deste tipo de comida, tinha me esquecido...". Eu sou uma pessoa muito esquisita no que toca a comida, portanto estou sempre a ouvir este tipo de perguntas. Leiam este post da Inês do blog "Bobby Pins" para perceberem mesmo o que uma esquisita sofre.

6. " Porque é que não estás a beber?: Há tantas razões para uma pessoa não beber álcool, mas nenhuma delas é da tua conta ( no entanto, se quiserem mesmo saber, a minha está aqui). Além do mais, porque é que é tão importante beber álcool numa saída à noite? Não podemos ir a uma discoteca simplesmente para estar com os nossos amigos, dançar e divertirmo-nos?

7. " Eu não quero ser rude, mas...": Mas estás a ser. Eu ainda não ouvi o resto da frase, mas já sei que tu vais ser. Só por dizeres isso, já estás a ser rude. Diz mas é o que queres logo tudo de uma vez, que assim dói menos.

8. "Quando chegares à minha idade, vais perceber...": Eu sei que há coisas que só vou perceber daqui a alguns anos, mas não preciso que me atires com isso à cara! Quando dizes isto a uma pessoa, ela sente-se imatura e sem experiência de vida. Portanto, não faças com que as pessoas se sintam assim. Além disso, cada um de nós tem experiências diferentes, e uns vivem-nas mais cedo do que as outras, por isso não faz sentido atribuir determinada idade a determinado acontecimento. É certo que só aprendemos determinadas coisas numa determinada idade, mas não vamos generalizar e começar a meter tudo no mesmo saco.

9. " Já tens um namorado/a?": Esta é a pergunta embaraçosa que os nossos tios nos fazem em jantares de família desde que entramos na adolescência e ficámos fisicamente prontos para nos reproduzirmos. Se dizes logo que não, pensam que tu és gay ou és que anti-social. Se hesitas na resposta, começam a achar que estás apaixonada pelo vizinho do lado e, que muito provavelmente, se vão casar.

10. " Não queres ter filhos? Um dia ainda vais mudar de ideias?": E isso eu nunca quiser ter filhos? Vai ser o fim do mundo? Se há coisa que perturba muito as pessoas é verem pessoas casadas e sem filhos. Passam a vida a fazer a perguntar ao casal quando é que vai ter filhos. Como se duas pessoas que se casem sejam obrigadas a ter filhos! O casal, não pode ter outros sonhos, como ter uma empresa de sucesso, viajar ou ajudar os mais pobres? Temos todos que casar, ter filhos e morrer? A vida não é assim tão linear, há muitos caminhos diferentes que podemos fazer.



Já vos fizeram alguma destas perguntas? Há alguma que queiram acrescentar?

23 comentários:

  1. São definitivamente perguntas/frases que se despensam....
    É mesmo como as regras básicas de etiqueta...
    bjs
    Cantinho da tequis
    Facebook Cantinho da tequis

    ResponderEliminar
  2. Já me fizeram a 6,7,8 e 9. Tal como tu, não bebo para me divertir, obviamente. E não percebo aqueles que bebem até caírem para o lado. A 7 é uma das minhas "preferidas"... porque não se dizer logo o que se tem para dizer? Ou então aquele insulto seguido da típica expressão "sem ofensa". Em relação a`8 admito que fico um bocado indiferente, agora... mas sempre foi algo que me afetou um bocadinho, quando era dito. Agora já ignoro... deixo dizerem o que querem dizer. E, por último, a 9. De tooooodas as vezes que a minha família mais afastada nos visita, ou viceversa, eles perguntam se namoro! SEMPRE! TODAS AS VEZES! E eu digo "sim, com a mesma pessoa, desde a última vez que perguntaste". É tão chato...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não percebo...
      Eu como ainda não tenho namorado, estão sempre a perguntar-me isso. E depois os meus pais chateiam-se, porque não querem que eu namore já xD.

      Eliminar
  3. A 7 e a 8 são coisas que me dizem frequentemente e é horrível. A 9 já não me fazem, mas quando não tinha namorado era certinho que, nos jantares de família ou em qualquer acontecimento do género, ia acabar por chegar à baila. A 10, confesso, costumo dizer algumas vezes (shame on me!), apenas porque algumas pessoas que disseram isso acabaram por mudar de ideias quando se apaixonaram, mas é verdade que não devia generalizar.

    Beijinhos,
    http://thelostlouboutin.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Poderias fazer um post com os exercícios físicos que costumas praticar?
    A

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma boa ideia, obrigada :). Eu não costumo fazer muita variedade de exercícios físicos, só o suficiente para me manter em forma, mas posso dar algumas dicas.

      Eliminar
    2. Talvez publique um post assim este fim de semana ou na segunda, dependendo do tempo que tiver. Tenho frequência na segunda, portanto vamos ver se arranjo um tempinho...

      Eliminar
  5. essas coisas são todas muito irritantes de se ouvir, mas para mim não há nada pior do que o "quando chegares à minha idade" ou "um dia vais mudar de ideias". eu sei que todos mudamos constantemente e provavelmente não gostamos das mesmas coisas daqui a 5 anos que gostamos agora, mas deixem-me ter o direito à minha opinião! não há nada pior do que quando desvalorizam o que pensamos ou dizemos só porque somos novos, e ainda vem com aquela onda de chico-esperto-eu-é-que-sei-e-conheço-te-melhor-do-que-tu-próprio. xD
    beijinhos, Noelle :) http://supergirlinconverse.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai, essas também são tão irritantes! Mesmo, têm que nos deixar ter a nossa própria opinião. Também fico bastante irritada quando desvalorizam as minha opiniões por ser jovem.

      Eliminar
  6. Já me fizeram algumas. Acho que algumas são mesmo desnecessárias, mas outras tanto me dá como se me deu. Acho que depende um bocado da pessoa para aceitar esse tipo de abordagem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso também é verdade, mas ainda assim acho de mau gosto dizerem estas coisas.

      Eliminar
  7. adoro este tipo de publicações e adorei a forma como a escreveste. está muito bem feita ! :)

    ResponderEliminar
  8. Os pontos 1, 4,6 e 7 são os que mais me incomodam de facto. Concordo contigo quando dizes que estas frases deviam ser abolidas!!!!

    ResponderEliminar
  9. A 5 é sem duvida a que mais ouço, até enerva ! -.-

    O teu blog é tãoooo giro! ^^

    ResponderEliminar
  10. Concordo completamente, é tão irritante. A mim também me perguntam o porque de eu não comer certas carnes ou não comer isto e aquilo, e é tão frustrante.
    Adorei o teu post, e acho que todas as pessoas que fazem esse tipo de coisas deveriam ler o que escreveste e aprender.

    beijinhos,
    http://semmediidas.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo, é mesmo frustrante, e eu que sou uma esquisita no que toca a comida estou sempre a levar com esse tipo de perguntas.
      Oh obrigada linda :).

      Eliminar
  11. Olá Cherry
    Mandei-te um email, espero que tenhas visto!
    Bjs
    Mafalda
    (A Maçã Da Mafalda)

    ResponderEliminar
  12. E... "Então mas tu não queres casar?" bastante irritante também. Não é por ser rapariga que tenho de ter o sonho de casar.

    ResponderEliminar