!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

quinta-feira, 9 de março de 2017

Como lidar com um professor não gosta de ti


Todos nós já nos fartamos de ouvir os professores a dizer que não têm alunos favoritos, que gostam de todos de igual forma mas, sejamos sinceros, todos sabemos que isso não é verdade. Os professores são seres humanos, tal como nós, portanto é normal que não consigam ser completamente imparciais, pelo que irão ter sempre alunos que gostam mais e alunos que gostam menos.

Acontece que, às vezes, calha de um professor não gostar de ti.  Pode ter razões para isso mas, por vezes, é sem razão nenhuma. E isso é chato, porque esse professor pode dificultar-te a vida e, na pior das hipóteses, prejudicar a tua nota.

Em toda a minha vida escolar, sempre fui o tipo de aluna que era automaticamente adorada pelos professores. Só conheci dois professores que não gostavam de mim. E em ambos os casos, sem razão aparente. Sempre fui boa aluna, empenhada e bem comportada, portanto esses professores não tinham nenhum motivo para me detestar. No entanto, detestavam. Felizmente, com a ajuda dos meus pais e ao seguir estas dicas, consegui dar a volta à situação.


1. Não lhes dês razões para te detestarem: Em primeiro lugar, se um professor, sem nenhum motivo aparente, já não gosta de ti, não lhes dês motivos para te detestarem ainda mais. Isto significa que tens que estar com a tua melhor postura todo o tempo, tens que ser bem comportado/a, educado/a, fazer sempre os trabalhos de casa e estudar muito para essa disciplina. Se tiveres a fazer tudo bem, e ainda assim o teu professor te odiar, não és tu que estás errado/a.

2. Faz mais do que aquilo que te compete: Tens que ter em mente que, ao estares na lista negra de um professor, terás que te esforçar mais do que os teus colegas. Participa mais, faz mais trabalho que os teus trabalhos de casa, oferece-te para ajudar o professor a apagar o quadro, por exemplo, ou a tirar fotocópias.

3. Não aceites uma nota que sabes que não mereces: Se te esforçaste e estudaste imenso para a disciplina, as notas dos teus testes mostram isso e, ainda assim, no final do período/semestre tens má nota, simplesmente por causa dos sentimentos negativos que o teu professor tem em relação a ti, não a aceites. Tens que falar se sentes que mereces uma nota melhor. Podes falar com o teu professor ou com alguém superior, embora eu sugira que fales com o teu professor primeiro, porque este poderá ficar zangado se fores falar logo com outra entidade.

4. Fala com os teus pais: Os nossos pais costumam ser bons conselheiros, porque são mais velhos que nós, têm mais experiência de vida, por isso, na maior parte das vezes, sabem o que fazer. Se sentes que estás numa situação mesmo injusta, fala com os teus pais. Explica-lhes toda a história, calmamente, sem exageros, apenas a verdade. Se, por acaso, fizeste uma vez algo errado que fez com que o teu professor não gostasse de ti, conta também isso aos pais. Os teus pais não te podem ajudar se não souberem de todos os factos, bons ou maus. Às vezes, uma boa conversa resolve tudo, mas se ainda assim precisares de ajuda, pede aos teus pais para falar com o teu professor.

5. Tenta não falar muito sobre isso na escola: É aceitável e até correto desabafares com os teus familiares e alguns amigos teus, mas não espalhes o teu problema pela escola inteira. Isso só te irá trazer mais problemas.

6. Marca uma reunião privada com o teu professor: Se sentes que as coisas estão a ficar fora do controlo, marca uma reunião privada com o teu professor para falares sobre o problema. Não faças confrontações diretas do tipo " Porque é que o professor me odeia?". Aborda a questão de maneira mais subtil como " esta disciplina é muito importante para mim, quero mesmo tirar boa nota, e só que quero certificar que não estou a ser prejudicada de nenhuma forma". Mostra que és um aluno/a a sério e que respeitas o teu professor e, talvez, este mude de ideias em relação a ti.

7. Fala com alguém superior, caso nada resulte: Caso nenhuma destas dicas tenha resultado, fala com alguém superior, como um coordenador ou mesmo o diretor da escola. Se sentes que estás a ser tratado/a de maneira injusta, tens que fazer isto, por muito que te custe. Não importa se isto vai deixar o teu professor zangado, ou se chega aos ouvidos dos teus colegas e és visto como "queixinhas", tens é que resolver a situação, pois o teu sucesso escolar depende disso. Se estás a ser prejudicado/a por razões injustas, tens o direito de te defender e lutar pelos teus direitos.


E vocês? Já tiveram um professor que não gostasse de vocês? Como é que lidaram com a situação?
 photo assinatura_zpsrhqg6p3f.png

7 comentários:

  1. Por acaso, os professores costumam gostar de mim. Que eu me lembre, não tive nenhum que aparentasse ter algo contra mim. Mas essas dicas parecem-me muito boas para quem tem esse problema. Agora, em relação a eu gostar dos professores, já é diferente. Há muitos que não gosto e ultimamente tenho um que me tira a paciência, porque só fala de coisas que não têm nada a ver com o tema da aula. Poderias fazer um post sobre isso também :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já tive um professor assim, é mesmo irritante! Obrigada pela sugestão, talvez fale sobre isso :).

      Eliminar
  2. Tive uma professora assim na faculdade que me deu várias disciplinas. Não foi fácil mas felizmente não chegou ao extremo!

    ResponderEliminar
  3. Acho que nunca me aconteceu, ou se já, nunca reparei - e ainda bem!
    http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Passei por isso estava eu a meio da licenciatura. O que mais me chateou foi o facto de a professora só ter passado a não gostar de mim após um erro numa apresentação que fiz, que no final não era erro nenhum. Até hoje ainda me questiono o que é que eu fiz para merecer aquilo que ela me fez passar. No entanto, o episódio já não me perturba nem metade do que perturbava. Espero que ninguém passe por isto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não percebo como é que é possível uma pessoa odiar-te só por um simples erro que tu cometeste. Erros cometemos todos, não é? Bem, felizmente conseguiste ultrapassar a situação, ainda bem que já não ficas perturbada com isso :). Eu também já não fico perturbada com os dois professores que me odiaram.

      Eliminar