!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

sábado, 18 de fevereiro de 2017

7 lições sobre relações mãe-filha aprendidas em "Gilmore Girls"


( Este post contém spoilers. Se nunca viste a série, não leias este post).

Como sabem, há algum tempo comecei a ver "Gilmore Girls" ( falei do que achei após a primeira temporada aqui). Ainda não vi as temporadas todas ( vou para a sexta agora, por isso não me falem do que vai acontecer a partir daqui), mas até agora estou a adorar a série, por ser uma série leve, descomplicada, engraçada, ao mesmo tempo que aborda problemas familiares, amorosos e do dia a dia, com os quais todos nós nos identificamos.

Se há relação mãe-filha mais perfeita, é a relação entre Lorelai e Rory na série "Gilmore Girls". Elas não são apenas mãe e filha, mas também melhores amigas, companheiras, confidentes, fazendo-nos desejar uma relação assim.

Apesar de não ter filhos não fazer parte dos meus planos, se um dia quiser ter e tiver uma filha, aplicarei algumas das lições que aprendi com as duas protagonistas desta série.


1. Nem todos podemos ter a relação de melhor amiga como Rory e Lorelai: A relação de melhor amigas entre Rory e Lorelai é uma relação muito bonita porém, em última análise, não é muito realista. Até o pode ser com mães e filhas que também só têm 16 anos de diferença mas, para a maior parte de nós, tal não é possível. Enormes diferenças de idade tornam quase impossível, por exemplo, mãe e filha fazerem maratona de uma mesma série ( normalmente, gerações diferentes têm gostos diferentes).

2. Mas isso não quer dizer que não possamos ser amigas da nossa mãe: Aquele história dos psicólogos que mãe é mãe e não é para ser amiga também não é verdade. Muitas mães têm terror que as filhas vejam-nas como melhores amigas, e percam o respeito por elas, porém eu vejo as coisas de outra forma. Se uma mãe for mãe em primeiro lugar, impor respeito, e ser amiga em segundo lugar, aí será uma relação equilibrada que não prejudicará a educação da filha.

3. Criar tempo para refeições familiares é importante: Nos dias de hoje, acho que isto se perdeu um bocado na maior parte das famílias. Os pais saem mais cedo para o trabalho e já não tomam o pequeno-almoço com os filhos, almoçam todos fora, uns chegam tarde para jantar... Na minha opinião, as refeições em família são momentos importantes, quase sagrados, porque, hoje em dia, são dos poucos momentos em que podemos estar todos juntos. Na série, Rory e Lorelai arranjavam sempre tempo para um donut antes da escola, uma pausa no dia para batatas fritas, ou um jantar de sexta-feira obrigatório.

4. Ajuda a tua filha a abraçar a mudança: Quando Rory trocou o seu sonho de Harvard pelo de Yale, Lorelai mudou as decorações de Havard do quarto dela, e pôs umas de Yale. Quando Rory se sentiu mal no primeiro dia fora de casa, no dormitório de Yale, Lorelai foi dormir com ela, levou snacks e arranjou-lhe amigos. Independentemente da situação, Lorelai ajudou sempre a filha a criar ferramentas de forma a que esta respondesse de maneira bem sucedida à mudança, e acho que todas as mães deviam ser assim.

5. Sê um bom exemplo para a tua filha, focando-te também nos teus próprios sonhos: Como Lorelai frequentou um curso de negócios e concretizou o sonho de abrir a sua própria pousada, a Rory também foi capaz de seguir os seus próprios sonhos.  Na minha opinião, nunca devemos abdicar dos nossos sonhos para educar um filho, pois estaremos a transmitir-lhe a ideia errada, e não estaremos a ser um bom exemplo.

6. Comunicação aberta é essencial ( mas haverá sempre coisas de que nunca irão falar): Lorelai e Rory, ao longo da série, falavam sempre sobre tudo uma com a outra. E quando a comunicação delas falhava, a relação perfeita que elas tinham sofria. A meu ver, se alguns pais tivessem uma comunicação mais aberta com os filhos, evitariam muitos dos sarilhos em que estes se meteriam. Claro que há coisas que poderemos nunca falar com a nossa mãe ou a nossa filha, como o rapaz mais giro da escola, mas isso é natural.

7. Sabe sempre onde está a tua filha: É uma regra de educação muito básica, mas é importante relembrar. Quando a vossa filha fugir para a casa da avó, reajam como Lorelai, entrem em pânico, e só sosseguem quando a encontrarem.


E vocês? Que lições aprenderam com estas duas protagonistas?

 photo assinatura_zpsrhqg6p3f.png

2 comentários: