!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

10 dicas simples para teres mais sucesso no teu estágio


Como sabem, comecei esta semana o meu segundo estágio hospitalar em Enfermagem, que durará até finais de Março ( depois, obviamente, irei ter outros estágios). Já não é um mundo novo para mim ( já estagiei o ano passado), mas este ano o nível da fasquia subiu, e existirão novos desafios mais complicados ( que espero superar com sucesso).

Entrar no mundo de trabalho pode ser algo muito difícil, sobretudo para pessoas com pouca experiência profissional, como é o que caso dos estagiários. De qualquer das formas, quer seja o teu primeiro ou o teu quinto estágio, certamente queres ter sucesso, causar uma boa impressão e, talvez, destacares-te dos teus colegas.

Baseada na minha (ainda) curta experiência em estágios, hoje partilho umas dicas.


1. Prepara-te e estuda antes do estágio: Não podes simplesmente chegar lá, no primeiro dia, sem saber nada, tipo de pára-quedas! Estuda o local ou empresa onde vais trabalhar, o seu regulamento, regras de conduta, visita o local nos dias anteriores para veres os vários espaços e onde vais trabalhar.... Além disso, dependendo da tua profissão, estuda o que quer que consideres relevante para fazeres o teu trabalho.

2. Veste-te para o sucesso: Quer tenhas um código de vestuário ou não, certifica-te que te vestes sempre de maneira profissional, e conforme o ambiente em que vais trabalhar. No meu caso, como sou estagiária de Enfermagem, tenho que usar sempre uma farda branca, cabelo preso, e não posso usar qualquer tipo de acessórios ou bijuteria.

3. Chega sempre a horas ( ou mais cedo, ainda melhor!): Se há coisa que é mesmo, mas mesmo muito valorizada no mundo do trabalho é a pontualidade. Aliás, até diria que não ser pontual é intolerável e visto como muito pouco profissional. Como tal, certifica-te que chegas sempre a horas e, se possível, até mais cedo, para vestires a tua farda caso a tenhas, para adiantar uns documentos ou para ir fazendo qualquer outro trabalho que possa ser adiantado.

4. Trata o teu estágio como um trabalho a sério: Lá por que não estás a ser pago/a e ainda estás a ganhar experiência, não quer dizer que devas encarar o estágio como uma brincadeira. Estás num local de trabalho, com profissionais que têm que fazer o seu trabalho ao mesmo tempo que te ensinam, possivelmente a lidar com pessoas que têm mais que fazer, por isso respeita o local onde estás e as pessoas, e trabalha tanto como se estivesses a ser pago/a.

5. Mas, ao mesmo tempo, age como um convidado/a: Apesar de teres que trabalhar a sério como os outros, age como um convidado/a. Não podes chegar lá e pensar que é tudo teu. Não te sentes em cadeiras sem saber se primeiro alguém que trabalhe lá se quer sentar, deixa sempre os outros profissionais usarem a máquina de café ou o microondas primeiro... São pequenos pormenores como estes que fazem a diferença. Lembra-te que foste convidado para trabalhar num sítio temporariamente, é como se fosses um/a intruso/a.

6. Sê educado/a: Este é, à semelhança da pontualidade, outra das coisas bastante valorizadas. No mundo do trabalho, não se toleram faltas de respeito, sobretudo vindas de um estagiário que está lá porque foi convidado. No meu primeiro dia, disseram-nos que iriam tolerar muitos erros, que é normal, estamos a aprender e que não descontariam a nossa nota, mas faltas de respeito nunca seriam toleradas.

7. Completa todos os trabalhos no respetivo prazo: Na maior parte dos estágios, terás que realizar trabalhos e escrever relatórios, que têm prazos muito rigorosos e contam muito para a tua nota/avaliação. Por isso, certifica-te sempre que os entregas no respetivo caso, porque existem orientadores/profissionais que se recusam a lê-los se forem entregues fora de horas.

8. Tira sempre as tuas dúvidas: Não tenhas medo de fazer perguntas, por mais estúpidas que sejam. Aliás, é preferível tirar a dúvida do que fazer algo errado que pode ter consequências graves ( e isto é especialmente importante nos estágios de Enfermagem). Estás num mundo novo que ainda não dominas, por isso é normal que não saibas tudo. Além disso, tirar dúvidas mostrar ao teu orientador e aos profissionais que te acompanham que estás interessado naquilo que estás a fazer.

9. Pratica uma boa gestão de tempo: Nós, estagiários, temos muitas tarefas em mãos, com a desvantagem de estarmos completamente desorientados no início e sem experiência. No entanto, o trabalho têm que ser feito a horas, e o ritmo do teu local de trabalho não se pode atrasar por tua causa ( no meu curso, é mesmo crucial ter uma boa gestão de tempo, senão atrasamos o serviço todo, e isso é péssimo para os doentes). Por isso, tenta sempre fazer tudo o mais rápido que puderes.

10. Mantém o teu espaço de trabalho limpo: Sabes aquela regra que aprendeste em criança " deixa tudo como encontraste"? Bem, essa regra também se aplica no mundo do trabalho. Quer trabalhes na tua própria secretária numa empresa ou no serviço de um hospital, certifica-te que limpas sempre tudo aquilo que sujaste, que arrumas tudo e deixas tudo como estava anteriormente. Não só podes ter uma melhor nota/avaliação por causa disso, como mostras ao teu orientador e/ou profissionais que estás interessado/a naquilo que fazes, que os respeitas e que respeitas o local de trabalho que te acolheu.


E vocês? O que é que acham que é essencial para se ter um bom estágio?
 photo assinatura_zpsrhqg6p3f.png

8 comentários:

  1. Excelentes dicas, Cherry! Revi-me na maioria ddos assuntos que abordaste, uma vez que irei iniciar o meu terceiro estágio. É sempre importante termos zelo pelo nosso trabalho, independentemente de se tratar (apenas) de um estágio!
    Bom trabalho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :).
      Boa sorte e bom trabalho para o teu estágio :).

      Eliminar
  2. Durante o meu curso realizei alguns estágios, maioritariamente extracurriculares (para ganhar experiência nas mais diversas áreas da minha profissão - Farmacêutico), e apliquei tudo o que colocas aqui neste texto. Tinha o cuidado de deixar tudo arrumado, apresentava uma postura profissional, gostava de aprender e pesquisar, não havia faltas de respeito da minha parte e mostrava interesse em aprender. O pior dos meus estágios foi o curricular, o que contava verdadeiramente para o meu curso. Fui parar a um sítio que pensava que iria ter um bom e grande acompanhamento e nas primeiras três semanas fiz trabalho de secretariado: tirava fotocópias, enviava faxes, enviava emails, limpava prateleiras, fazia recados para os funcionários (género ir aos CTT, supermercado e afins) e nessas primeiras três semanas senti-me um inútil. Queria aprender algo mais dentro da minha área, uma vez que era essa a minha formação e não me davam oportunidade para isso. Pior, ao fim da primeira semana eu era considerado "O Assistente Técnico" do local do meu estágio. Imaginas a desconsideração pela minha formação? Pior, o orientador perguntava-me porque é que ao final de três semanas eu ainda não estava a fazer coisas de Farmacêutico. Fiquei passado e senti imensa raiva, acredita.

    Pior que não "cumprirmos" algum destes passos que tu enumeras neste texto é ter um acompanhamento miserável, uma orientação parca e uma consideração por ti execrável. Para teres uma ideia, no meu último mês de estágio eu era o orientador dos estagiários mais "novos".

    Enfim, peço desculpa pelo desabafo mas achei que podia partilhar a minha experiência aqui :)

    Beijinhos,
    Ricardo
    www.opinguimsemasas.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não precisas de pedir desculpa, eu é que agradeço por teres partilhado a tua experiência.
      Infelizmente, o sucesso do nosso estágio nem sempre está nas nossas mãos, tal como tu comprovaste. Podemos até cumprir as dicas todas que enumerei, mas se tivermos um orientador/professor de merda, não nos adiantará de nada. Infelizmente, é esta a realidade.
      Lamento imenso que tenhas passado por esse estágio infeliz e não tenhas tido oportunidade de ter mostrado o teu potencial. Espero que entretanto tenhas tido mais sucesso na tua área :).

      Eliminar
  3. No meu estágio tive que aprender a desenrascar-me sozinha, muitas vezes ficava sozinha lá com o trabalho e responsabilidades todas em cima de mim. Não fui nem bem ensinada e muito menos acompanhada. Pior de tudo é que nem a chefia sabe do que se passa naquela empresa e tanto esforço para nada porque não vai haver ninguém que reconheça o que lá fiz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamento muito teres tido uma má experiência de estágio, no entanto admiro a tua capacidade de te desenrascares sem orientação.

      Eliminar
  4. A parte de tirar dúvidas é fundamental. Por vezes sentimos-nos inseguros e com medo de perguntar mas é preferível a errar além disso, ninguém nasce ensinado.

    ResponderEliminar