!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

sábado, 7 de janeiro de 2017

Porque não nos devemos sentir culpados de não fazer nada


Hoje em dia, vivemos num ritmo de vida muito acelerado, sempre com mil e uma coisas para fazer, escola, exames, trabalho, compromissos sociais, horários a cumprir.... Ter que fazer isto tudo em apenas 24 horas pode ser muito difícil e stressante! Porém, mesmo quando não temos nada para fazer, supostamente, temos uma necessidade quase instintiva de fazer algo, porque senão corremos o risco que outras pessoas nos chamem preguiçosos. Ou, mesmo que não sejam os outros, é o nosso "eu crítico" a chamar-nos isso. Isto é algo que rapidamente se torna num ciclo viciante, que temos que parar, caso contrário acabamos por dar em malucos! Temos que reservar mais tempo para nós mesmos e abrandar um pouco de vez em quando.

Eu não sei como é que é com vocês, mas eu às vezes sinto-me culpada quando tenho um dia ou dois em que não tenho mesmo nada para fazer e posso, efetivamente,estar parada ( como devem calcular, dias assim são raros na vida de um universitário). Fico sempre com dúvidas do género " Será que não me estará a escapar nada?" " Será que não tenho que fazer x trabalho, estudar algo, ou ir a algum lado?". E quando estas perguntas têm um não como resposta, passo rapidamente a outro género de perguntas como " Será que devia ajudar a minha mãe?" " Será que devia arrumar o quarto?". Normalmente, na maior parte das vezes, não há mesmo nada para fazer mas, por vezes, não consigo evitar sentir uma pontinha deste sentimento de culpa.

Andamos todos a viver segundo o lema " trabalha agora, descansa depois", porém, esse tempo de descanso nunca chega, nunca tiramos dias para descansar. Tirando o Natal, a Páscoa e meia dúzia de feriados ( e mesmo nos feriados, o nosso instinto é entrar em "modo arrumações"), nunca temos grandes oportunidades para descansar e fazer rigorosamente nada. Em crianças, era muito fácil passarmos dias sem fazer nada, mas agora noto que, em adultos, é muito difícil tirar um dia para isso, não só por causa dos nossos horários apertados, mas também por causa do nosso sentimento de culpa e necessidade de parecer sempre ocupado aos olhos dos outros. Andar sempre ocupado parece ser moda e sinal de sucesso, o que eu acho completamente errado! Andar sempre ocupado nem sempre é sinal de sucesso, principalmente quando nos estamos a sobrecarregar de trabalho.

De vez em quando, devemos tirar um dia só para nós. Um dia para não fazermos nada, em que não precisamos de ser produtivos nem criativos. Um dia em que simplesmente podemos estar no sofá, a ver programas de lixo na televisão e a comer porcarias. Um dia em que não precisamos de nos vestir nem de olhar para a agenda. Um dia em que façamos o quer que " não fazer nada" signifique para nós. Porque todos nós precisamos de dias em que nos possamos "desligar" da realidade, não pensar nos nossos problemas e relaxar.

Eu não considero os dias em que não fazemos nada maus. São dias em que relaxamos e recuperamos energias, para podermos ter mais energia e ser mais produtivos nos seguintes. Por isso, para quê nos sentirmos culpados por tirarmos uns dias de merecido descanso? Temos que nos libertar desse sentimento e sermos mais descontraídos.


E vocês? O que é que acham? Já alguma vez se sentiram culpados de não fazer nada?
 photo assinatura_zpsrhqg6p3f.png

25 comentários:

  1. Eu estou-me a sentir culpada neste momento. Apesar de já ter estudado o que tinha estipulado para hoje estou-me a sentir mal por não estar a estudar neste momento... Tens razão em tudo o que dizes e até já tinha pensado sobre o assunto várias vezes. É tão mau sinal sentirmo-nos mal por não estarmos a fazer nada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se já estudaste tudo não tens que te sentir culpada :). Mas compreendo-te porque, por vezes, também me acontece o mesmo...

      Eliminar
  2. A vida atual e a sociedade atual "exige" que estejamos sempre stressados com mil e uma coisas para fazer em tempos recordes. E isso deixa aquela sensação que se passares uma tarde no sofá é porque se é irresponsável e não quer saber de nada. Às vezes sinto-me um bocado culpada por não estar a fazer nada, mas a verdade é que preciso dos meus "breaks" para conseguir continuar a caminhada. Pausas são necessárias em todos os sentidos. Por acaso esta manhã escrevi um post sobre isto ;)

    ResponderEliminar
  3. É verdade. Eu sofro muito disso. De achar que quando não tenho nada para fazer, devia de facto estar a fazer algo. Acho que isso faz parte - infelizmente - da confusão académica em que se torna a nossa vida. Espero - talvez ingenuamente - que isso mude depois da faculdade. Preciso constantemente de tempo a sós. Aliás, por falar nisto, estou mesmo a precisar de umas férias. E digo-te mais: este post fez-me pular para o sofá e dar por terminado o meu estudo de hoje. Obrigada por isso, Cherry! :)

    ResponderEliminar
  4. ótimo texto. confesso que me sinto culpada se não fizer nada. acho sempre que há algo mais que eu poderia fazer. mas sei também que está errado e que por vezes devemos ter tempo para nós e para relaxarmos mais... (:
    http://arrblogs.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Ter tempo para descansar, para fazer o que gostamos sem culpas, também é saber cuidar de nós!

    ResponderEliminar
  6. Não fazer nada é o que mais tenho feito, ultimamente. Mas não pelos melhores motivos.

    ResponderEliminar
  7. Eu costumo sentir muitas vezes esse sentimento. Do género "Eu estou a fazer nada mas devia ir ajudar os meus pais ou os meus avós...".
    Gostei do post, Cherry! :)
    Beijinho grande e muitas felicidades!

    ResponderEliminar
  8. Eu concordo que não nos devemos sentir culpados por não fazer nada esporadicamente, mas tenho que admitir que ainda não aprendi a fazer isso :P

    ResponderEliminar
  9. Felizmente, nunca me senti culpada por não faz nada. E tiro sempre um tempinho para isso mesmo. Acho que ter as coisas organizadas e saber exactamente o que tenho de fazer e quando tenho de o fazer ajuda bastante a não ter esse sentimento de culpa. Porque sei que está tudo controlado e posso fazer aquela pausa naquela altura.

    Mundo Indefinido

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem me dera ser como tu :). Mesmo que tenha tudo organizado e controlado, às vezes não consigo evitar sentir-me culpada...

      Eliminar
  10. Já me aconteceu muito isso ! Depois de um tempo sempre a trabalhar quando tive uns dias sem nada para fazer parece que fico com aquela sensação de culpa e que devia estar a fazer algo mas não tenho nada para fazer

    ResponderEliminar
  11. Eu nunca tenho dias em que não faço absolutamente nada! Não consigo, é mais forte que eu! :)

    ResponderEliminar
  12. Nunca me senti culpada, visto que não somos máquinas, somos pessoas e precisamos efetivamente de dias de descanso e de fazer nenhum, e nunca me senti culpada por isso nem nunca liguei aos que os outros poderiam eventualmente achar sobre isso. Há muito que não me interessa minimamente a opinião de terceiro e posso afirmar que sou muito mais feliz assim :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida que deves ser mais feliz assim :). Eu ainda estou a aprender a conseguir " desligar-me" da realidade.

      Eliminar
  13. Eu sinto-me culpada muitas vezes. Tenho uma tese para fazer, por isso acho que é normal :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é normal, mas mesmo assim tem cuidado para não trabalhares demais :). Ouvi dizer que as teses são mesmo trabalhosas, dão com os estudantes em malucos.

      Eliminar
  14. Ainda há uns dias estava a pensar nisso e, estando de férias por um mês (algo que sempre me foi incomum nesta altura do ano), sentia aquele necessidade de estar sempre a fazer algo... Entretanto, disse a mim mesma que esta é a minha oportunidade perfeita para descansar, e é exatamente isso que ando a fazer!

    A Vida de Lyne

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Férias por um mês entre semestres? Que sorte! Eu, no meu curso, se não for a recursos, tenho menos de uma semana :(.
      E fazes tu muito bem, mereces descansar e divertir-te, se tens dias de folga são para ser aproveitados :).

      Eliminar