!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Os 16 posts que mais gostei de escrever em 2016


2016 foi um grande ano para o blog. Foi um ano em que finalmente me consegui organizar e, na última metade do ano, consegui publicar posts todos os dias sem falhar.  Foi um ano em que o número de visualizações de blog aumentou imenso ( e ultrapassou as 100 mil visualizações!). E, sobretudo, foi um ano em que recebi mensagens e comentários tão amorosos, e recebi tanto carinho por parte de vocês fiéis leitores.

Inicialmente, era para escolher os 16 posts mais visualizados, mas depois achei que não fazia muito sentido basear a minha escolha em estatísticas, prefiro que sejam vocês a dizer nos comentários quais foram os vossos favoritos. Por isso, decidi escolher antes os 16 posts que mais gostei de escrever. Escolher apenas 16 foi uma tarefa difícil, porque adorei escrever todos este ano, mas aqui vai.

 Os posts estão por ordem cronológica.


1. À Família que eu escolhi: a Praxe: Em janeiro tive que tomar a decisão mais difícil desde que entrei na universidade, desistir da praxe. Infelizmente, os meus pais nunca foram a favor da praxe, e acabaram por não me dar outra opção a não ser desistir. Escrevi este post como uma espécie de carta de despedida, uma homenagem aos tempos que vivi lá, aos meus coleguinhas bestas e aos meus Doutores.

2. A rubrica " 5 coisas": Ok, não me matem, isto não é particularmente um post, é mais uma séries de posts. Mas não podia escrever este post sem deixar de referir esta rubrica, que teve muito mais sucesso em 2016 do que aquilo que eu esperava. Já muitos blogs tinham uma rubrica mensal, em que falavam sobre o seu mês e os seus favoritos. Também eu queria ter uma rubrica assim, contudo sem parecer que estava a copiar outros bloggers. Refleti muito sobre o assunto até que, em janeiro de 2016, decidi arriscar, e lancei a rubrica " 5 coisas", em que escrevo, todos os meses, 5 coisas interessantes que aconteceram na minha vida e 5 coisas que adorei. Foi uma rubrica que teve bastante feedback positivo, para minha surpresa. Além disso, adorei escrevê-la, porque me permitiu refletir melhor sobre aquilo que eu fazia nos meus meses, e permitiu-me também documentar mais memórias no meu blog para mais tarde recordar.

3. 50 ideias de posts para o teu blog: Há dias em que não faço a mínima ideia do que escrever no blog. Às vezes, parece que já escrevemos sobre tudo e mais alguma coisa. Felizmente, isso não é verdade, existem milhões de ideias possíveis, à espera de serem realizadas. Motivada a ajudar bloggers com problemas com a inspiração, decidi escrever 50 ideias de posts, para inspirar os bloggers sem ideias. Acho que consegui ajudar, porque este é um dos posts mais visualizados de sempre no blog.

4. O poder dos introvertidos: Há uns meses atrás, vi este vídeo do TED Talk, e foi esse mesmo vídeo que me inspirou a escrever este post. Sendo uma pessoa introvertida, identifiquei-me com este , e fez-se luz na minha cabeça. Toda a minha vida fui treinada para pensar que ser introvertida é mau, que para ser bem sucedida tenho que ser extrovertida, bastante sociável, e querer interagir a toda a hora com pessoas. Finalmente percebi que não há nada de errado em sermos introvertidos que, aliás, os introvertidos são capazes de fazer muitas coisas que os extrovertidos não conseguem fazer. Ser introvertido não é um defeito, mas sim um estilo de vida.

5. Carta para uma pessoa insegura: Sempre fui uma pessoa insegura. Achei sempre que existia alguém melhor do que eu, mais bonita do que eu, mais inteligente do que eu, .... Cheguei a uma certa altura em que percebi que era cansativo viver desta forma, sempre a duvidar das minhas capacidades, qualidades e talentos. Cheguei a uma altura em que decidi enfrentar as minhas inseguranças, e descobri que sou capaz de muito mais do que aquilo que penso. Hoje em dia, ainda é uma batalha que travo, mas já sou muito menos insegura do que antes. Sabendo o quanto é difícil esta batalha contra a insegurança, decidi escrever uma carta a todos aqueles que também se sentem inseguros.

6. 20 coisas que só os introvertidos percebem: Depois de ter escrito o post sobre o poder dos introvertidos, decidi falar mais um pouco sobre o que é ser introvertido, para as pessoas compreenderem como é que é ( ou se identificarem) e escrevi este post.

7. O conceito de "fazer anos" à medida que crescemos: Quando era criança, adorava fazer anos. Fazer anos significava um dia em que eu era o centro das atenções, em que fazia uma festa, soprava as velas, comia bolo e recebia presentes. Quando comecei a crescer, comecei a ter uma relação de amor-ódio com os aniversários. Por um lado, continuava a gostar de fazer anos mas, por outro lado, comecei a odiar um pouco. Primeiro, porque comecei a perceber que o tempo estava a passar muito depressa e segundo porque, sendo eu filha de pais super protetores, não recebi os privilégios que era suposto receber em cada idade, e percebi que um mero número não significava nada. Escrevi tudo isto neste post, uma reflexão sobre a minha relação com os aniversários. Escrever este texto permitiu-me refletir sobre estes, e cheguei à conclusão que nos aniversários não festejamos apenas mais um ano de vida, mas sim mais um ano de aprendizagens, obstáculos ultrapassados e experiências.

8. 18 coisas que aprendi com 18 anos: Os meus 18 anos passaram a voar! Perto do meu 19º aniversário, decidi escrever estas lições que aprendi durante o tempo que tive esta idade. Acho sempre muito interessante ler posts deste género noutros blogs, por isso decidi escrever também um no meu ( já o tinha feito o ano passado, na verdade, e este ano repeti). Além de me ter divertido a escrevê-lo, pude refletir sobre os meus maravilhosos 18 anos e tudo o que aprendi com este.

9. Olá 19: Não podia deixar de passar o meu aniversário sem o assinalar também no meu blog. Decidi viver o meu dia de aniversário, e escrever o post apenas no final do dia, para poder englobar e expressar melhor os sentimentos que tive durante o mesmo, o que aconteceu, a quem eu queria agradecer... Não foi o melhor aniversário que já tive mas foi, sem dúvida, muito especial, ao lado das pessoas de quem eu mais gosto.

10. Sobre " ser alguém na vida": Na sociedade atual, a cada vez mais pressão para se ser "alguém na vida". Até aqui seria aceitável, se este conceito não estivesse já restritamente definido pela sociedade. Para se ser "alguém na vida" temos que estudar muito, tirar boas notas, ser um filho/a exemplar, ir para a Universidade, arranjar um bom emprego, casar, ter filhos, educá-los,... Basicamente, já temos o guião todo o escrito, de tudo o que é suposto fazer. Discordando com muitas destas "regras" estabelecidas, escrevi este texto para apelar que " ser alguém na vida" significa algo diferente para diferentes pessoas e, além disso, não há a idade certa para fazer certas coisas. Cada um deve ter a liberdade de fazer o que bem quer com a sua vida, sem se preocupar com o potencial prestígio que pode obter, com pressões ou ideias da sociedade.

11. Como o blog mudou a minha vida: Quando criei o blog, foi numa tarde aborrecida de setembro, na reta final das minhas férias de verão, e nunca na vida imaginei que este fosse ter tanto impacto na minha vida. O meu blog fez-me crescer, conhecer novas realidades, aprender coisas novas e, sobretudo, intensificou muito o meu gosto pela escrita. Neste texto, refleti um pouco sobre a maneira como o meu blog mudou a minha vida.

12. Síndrome de Timidez Inicial: O título deste post surgiu através da leitura de um comentário do autor do blog The Ghostly Walker, em que este disse algo do género "...com o meu nível de timidez inicial". Achei de tal forma engraçado esse comentário, que me inspirou a escrever sobre uma suposta "doença" que muitos de nós sofrem, o Síndrome de Timidez Inicial. Até criei uma definição para a dita síndrome ahahahah. Um post escrito por alguém que estava de férias de verão e tinha muito tempo livre. Quando se tem muito tempo livre dá nisto!

13. 2 anos de "Life of Cherry": No dia 1 de setembro de 2016, o meu blog celebrou os seus 2 anos de existência. Nem quis acreditar! Nunca imaginei que fosse manter o blog por 2 anos. Pensava que ia ser mais um hobbie temporário de que me ia fartar, mas o que é certo é que consegui mantê-lo por 2 anos, e agora a minha vontade é de tê-lo por muitos mais anos.  Este foi um postal de aniversário para o meu blog, e um agradecimento a todos os que me acompanharam durante 2 anos.

14. Uma carta para os meus antigos bullies: Como já devem ter lido no blog, sofri de bullying quando era mais nova e, como devem calcular, é algo que marca muito uma pessoa. Após muitos anos, finalmente percebi que consegui ultrapassar o que sofri, apesar de ficar com sequelas para sempre, e percebi que consegui perdoar os meus bullies, tanto que até lhes escrevi esta carta. Escrevia-a não só para os perdoar, como para agradecer porque, de certa forma, me ensinaram a não ser tão ingénua e a perceber que nem todas as pessoas são de confiança.

15. As melhores lições que aprendi na praxe: Como já devem ter percebido, adorei imenso andar na praxe, e arrisco dizer até que foi a melhor experiência que tive em toda a minha vida de estudante. Acho que a praxe é algo que toda a gente devia experimentar, pelo menos uma vez. Se gostarem, continuam, se não gostarem, saem da praxe, mas acho que todos devem experimentar. Durante todo o tempo que foi praxada, aprendi estas lições e não podia deixar de as partilhar com vocês.

16. 7 razões pelas quais és uma melhor blogger do que aquilo que pensas: Numa blogosfera cada vez mais competitiva e profissional, muitos são os bloggers que sentem desmotivados, que sentem que o seu blog nunca será bom o suficiente. Por isso, decidi escrever este texto para relembrar a razão pela qual todos nós viemos para à blogosfera em primeiro lugar, a nossa paixão por escrever e partilhar coisas que nos interessem. Quero acreditar que muitos bloggers, depois de lerem isto, perceberam que eram melhores do que aquilo que pensavam.


O que acharam do " Life of Cherry" este ano? Quais foram os vossos posts favoritos?

 photo assinatura_zpsrhqg6p3f.png


22 comentários:

  1. É muito complicado escolher de entre todos os teus maravilhosos posts o meu favorito, aliás, fpste uma das três bloggers com que iniciei a rubrica Aos 3 é de vez, por isso.... porém, consigo dizer-te qual me sensibilizou mais e está aqui: Uma carta para os meus antigos bullies. Na altura expliquei-te porquê e comento todos os posts que têm este teor.
    Tens um jeito incrível com as palavras e uma maneira muito única de nos tocar no coração! Continua a escrever assim Cherry e o teu blogue vai crescer a passos largos e remendar muitoa corações por aí, secar muitas lágrimas, criar muitos sorrisos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohhhh, deixaste-me sem palavras com o teu comentário <3. Muito obrigada, nem sei como agradecer tanto carinho :).
      Espero continuar aqui por muito tempo e que os meus posts continuem a agradar-te, assim como aos outros leitores :).

      Eliminar
  2. O 3, o 11 e o 16 são os meus preferidos, mas como já te disse o teu blog tem crescido imenso e tem sido um privilégio vê-lo crescer :)


    A Sofia World

    ResponderEliminar
  3. Adorei fazer esta viagem através das tuas publicações e descobri muitos posts maravilhosos. :) Obrigada!

    ResponderEliminar
  4. Gostei muito da tua compilação de posts tal como acho que os teus posts têm qualidade por terem sempre uma mensagem para passar aos outros. Espero que continues por cá por muito mais tempo :)

    ResponderEliminar
  5. Acho que todos os que li são os meus favoritos, por sempre me terem ensinado algo! Foi muito bom ter-te acompanhado neste ano!
    Beijinhos!

    A Vida de Lyne

    ResponderEliminar
  6. Que venha 2017 com realizações ainda melhores :)

    ResponderEliminar
  7. Cherry, conheci o teu blog na segunda metade deste ano e não parei de vir cá. O que mais gosto é a simplicidade. É muito fácil de ler. As listas são a tua imagem, pelo menos para mim. Mas também gosto dos teus textos corridos e das ideias que partilhas neles, é aí que se nota que tens gosto pela escrita!
    Que 2017 te traga coisas que te façam feliz. Cá nos encontraremos no mundo dos blogs!
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo teu comentário e por me seguires <3.
      Adoro fazer listas, fico feliz por saber que gostam de ler este género de posts :). Também adoro escrever textos normais, de opinião ou reflexão.
      Um feliz e excelente 2017 para ti também :).

      Eliminar
  8. Gostei bastante desta rubrica bem original
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. O meu post favorito foi o da praxe! A maneira como falas da praxe, o amor e dedicação e apesar de não a teres acabado, enche-me o coração ler posts assim! Mais caloiras como tu!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adorei ser praxada, é algo que guardarei sempre no meu coração com todo o carinho :).

      Eliminar