!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

sábado, 31 de dezembro de 2016

Os 16 melhores momentos de 2016


Hoje é o último dia de 2016 ( dá para acreditar na maneira como o ano passou tão depressa?) e, à semelhança do ano passado, decidi voltar a fazer uma reflexão sobre o meu ano a nível pessoal, o que fiz, o que senti, o que experimentei, o que me encheu o coração.

2016 foi um ano bom, como todos os anos têm sido. Ultimamente tenho sentido gratidão e felicidade por tudo aquilo que já conquistei e que tenho, independentemente do caos que a minha vida pareça estar em certos momentos. Foi um ano muito desafiante para mim contudo, quando olho para trás, só me consigo lembrar de todos os bons momentos que vivi, das pessoas que me marcaram, do que aprendi e do que me inspirou. Estes são os 16 melhores momentos de 2016.


1.  Fiz o "Cadeirão" do 1º ano: Anatomia foi o "cadeirão" do meu primeiro ano de faculdade no curso de Enfermagem. Foi uma cadeira extremamente complicada, muito trabalhosa, que me pôs a estudar horas e horas a fio e, ainda assim, s´ passei à minha quarta tentativa, na oral ( após uma frequência, um exame final e um recurso falhados). No entanto, foi um 10 com a sabor a 20, e foi um alívio enorme quando soube que não fiquei com esta cadeira para trás.

2. Encontros com amigos do Secundário: No fim do Secundário, todos os amigos do meu grupo foram para universidades completamente diferentes, em cidades muito distantes umas das outras, portanto combinar uma saída em que todos fossem foi sempre uma tarefa bastante complicada. No entanto, com muita vontade e esforço, ainda conseguimos encontrar-nos algumas vezes este ano, para tomar um café, jantares, idas ao cinema e conversa muito animadas.

3. Conheci várias pessoas fantásticas na universidade: Na primeira metade de 2016, eu ainda estava no meu primeiro ano de faculdade, pelo que ainda me estava a integrar na turma e a conhecer pessoas. Foi neste ano que conheci a minha melhor amiga de universidade, num trabalho de grupo, e desde aí que temos sido inseparáveis. Além de conhecer pessoas do meu curso, pude conhecer pessoas de outros cursos, em conversas completamente aleatórias no autocarro, saídas à noite, amigos de amigos,... Na segunda metade de 2016, já no meu 2º ano de faculdade, duas raparigas que se transferiram tornaram-se rapidamente minhas amigas e integraram o meu círculo de amigos universitários.

4. Fiz 19 anos: O tempo voa mesmo, e os meus 18 anos passaram mesmo rápido. No dia 2 de Maio, celebrei mais um ano de vida, recheado de bons e maus momentos, lições e muita aprendizagem. Não foi um aniversário espetacular, não foi nada do outro mundo, mas foi um dia recheado de boas surpresas e bons momentos, e em que percebi quem são as pessoas mais importantes na minha vida.

5. Vi o Cortejo: Como já devem ter lido, desisti da praxe em janeiro de 2016. Foi uma das decisões mais difíceis que tive que tomar, pois adorei imenso andar na praxe, foi uma experiência quase surreal. Cresci, aprendi e diverti-me imenso, e formei lá uma segunda família, com os meus coleguinhas bestas e os meus Doutores. Infelizmente, os meus pais nunca apoiaram o facto de eu andar na praxe e, mais tarde, por pressão deles, foi obrigada a sair. No entanto, o facto de ter saído da praxe não me impediu de ir ver o Cortejo e, principalmente, ver de coração cheio os meus colegas a orgulharem o curso e os nossos Doutores. No final da atuação do nosso curso, pude juntar-me a eles e berrar com todo o orgulho o nosso Hino de Curso.

6. Fui ao Enterro da Gata: Em Maio deste ano fui, pela primeira vez, a uma semana académica, neste caso, o Enterro da Gata, o equivalente à Queima das Fitas noutras universidades. Fui na Quarta-feira, na noite do cortejo, com um grupo de amigas pelo qual estou grata ter conhecido, e diverti-me bastante.

7. Estagiei pela primeira vez: O meu primeiro ano de Enfermagem também ficou marcado pelo meu primeiro estágio. Estagiei pela primeira vez num Centro de Saúde, onde pude trabalhar juntamente com uma equipa fantástica de profissionais de saúde, que me ensinaram imenso sobre promoção de saúde e prevenção de doença. Três semanas mais tarde, fui estagiar para o Hospital de Braga, uma experiência igualmente enriquecedora, mais dura a nível físico, mental e emocional, mas igualmente gratificante.

8. Fiz o 1º ano de forma "limpa": Em junho terminei o meu primeiro ano de faculdade, e é inacreditável como este passou tão depressa. Orgulho-me bastante de dizer que o acabei de forma "limpa", sem deixar cadeiras para trás. No primeiro semestre, temi ficar com Anatomia por fazer, mas felizmente tudo correu bem e terminei o primeiro com notas bastante boas até (até as do estágio foram boas, melhor do que aquilo que esperava).

9. O blog fez dois anos: Ok, ok, eu sei que isto é uma lista sobre a minha vida pessoal, mas ser blogger também faz parte desta, por isso não podia deixar de referir os dois aninhos do meu bebé ( sim, eu chamo bebé ao meu blog, deixem-me chamá-lo assim enquanto posso, que qualquer dia já é adolescente e não gosta ahahahah). Foi uma data que não podia ter sido melhor festejada, com tantas mensagens amorosas vindas de vocês ( obrigada mais uma vez!), em que fiz um Q&A ( que recebeu mais perguntas do que aquilo que eu esperava) e a página de Facebook ultrapassou os 100 gostos. Posso não ser a blogger mais famoso do mundo porém sou, sem dúvida, uma blogger muito feliz com o seu cantinho.

10. Euro 2016: 2016 ficou marcado pelo Euro 2016, e não podia deixar de constar nesta lista, porque foi algo que também afetou a minha vida pessoal. Apesar de ter tido sempre pouca fé na vitória de Portugal ( só comecei a acreditar quando fomos para a final), vibrei e torci sempre pela Seleção em todos os jogos, saltei, ri, fiquei frustrada, desesperada, esperançosa e gritei como uma louca quando ganhámos. Como eu gostava de reviver a noite da vitória de Portugal!

11. Comecei a aprender a cozinhar: No início de 2016, fiz um post sobre as coisas que gostaria de aprender, entre as quais era aprender a cozinhar. Até o verão deste ano, eu era uma naba na cozinha, não sabia mesmo nada para além de fazer massa com salchichas. Felizmente, agora posso dizer que já sei fazer pratos mais variados e que, se fosse morar sozinha agora, me saberia desenrascar bem. Contudo, ainda tenho muito que aprender e estou ansiosa por saber mais.

12. Passeios: Este ano, foram muitos os passeios e sítios que visitei para minha surpresa. Não fiz grandes viagens nem saí do país, mas passeei muito pelo Norte e diverti-me bastante. Fui muitas vezes ao cinema ( quase uma vez por mês, apesar de ter muito que estudar), fui à praia, fui a muitos jantares com amigos, fui ao Porto ( uma cidade que adoro!), fui a Guimarães ver a latada, vi o espetáculo mágico de Luís de Matos, patinei no gelo, fui ver o Presépio Vivo de Priscos... Estou apenas a dar alguns exemplos, porque foram muitos os sítios por onde me diverti este ano.

13. 2º ano de Faculdade: No dia 12 de setembro de 2016 comecei o 2º ano do meu curso de Enfermagem. Este ano só tenho uma cadeira, mas que é muito difícil, pois está dividida em vários módulos ( como se fossem várias cadeiras), e toda a matéria está acumulada no 1º semestre, uma vez que no 2º semestre vamos para estágio. Está a ser um ano desafiante, mas não é nada que não se consiga.

14. Jantar de Curso: Este ano, só fui a um jantar de curso, o primeiro jantar de curso de Enfermagem do ano. Tal como o meu jantar de caloira, foi uma noite animada, com boa companhia, boa comida e boa música.

15. Conheci duas bloggers incríveis: Conhecer uma blogger pessoalmente já constava há muito na minha lista de desejos. Este ano eu fiquei surpresa por conhecer não só uma blogger, como duas bloggers fantásticas. A primeira blogger que conhecia foi a Joana do blog A Dupla Face da Joana, uma rapariga super simpática, cheia de garra e com uma energia contagiante. A segunda blogger que conheci foi a Maria  do blog From The Inside , uma rapariga igualmente simpática, uma excelente pessoa e muito inteligente.

16. Natal: O Natal é a minha época preferida no ano. Acho que é uma época tão mágica, tão linda, parece que as pessoas andam mais felizes, generosas, esperançosas... Além disso, adoro poder juntar-me à mesa e conviver com a minha família, comer um bom bacalhau, depois comer doces, jogar jogos de tabuleiro, abrir prendas compradas com tanto carinho... Este ano sinto que ainda me soube melhor, porque não descansava desde setembro, e estava a precisar de uma noite assim, para me dar mais força e ânimo. 


Como foi o vosso ano? Um excelente 2017 para todos, com muita saúde, amor e alegria.
 photo assinatura_zpsrhqg6p3f.png

15 comentários:

  1. Fico feliz por o teu 2016 ter sido recheado de coisas boas! :) Bom ano, querida! :)
    Beijinho grande e muitas felicidades!

    Chamam-me Pequenita: https://chamammepequenita.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Foi mesmo um ano em cheio para ti! Que em 2017 tenhas o dobro de 2016!

    ResponderEliminar
  3. É tão bom ler retrospectivas. Desejo-te um excelente ano novo Cherry. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Uhuhuh consto na tua lista de melhores momentos de 2016, não podia estar mais feliz! Esper que 2017 nos traga mais encontros e cafezinhos! Ainda bem que este ano te sorriu e te fez feliz. Espero que 2017 te traga outras tantas felicidades e sorrisos. Mereces tudo de bom Cherry, mesmo!!! Um beijo gigante 😙

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não podias faltar, adorei conhecer-te, foi um dos meus grandes momentos de 2016 :). Muito obrigada.
      Desejo-te também um excelente 2017, cheio de sorrisos, bons momentos e muitas conquistas :). Beijinhos

      Eliminar
  5. 2016 foi um ano em cheio e não duvido que 2017 vá ser ainda melhor! Um excelente 2017 para ti querida :)

    ResponderEliminar
  6. Respostas
    1. Obrigada, que seja um ano assim para ti também :).

      Eliminar
  7. Portanto, foi um bom ano e isso é ótimo :)

    ResponderEliminar