!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

sábado, 1 de outubro de 2016

Porque deves experimentar coisas novas


As mudanças assustam. Não vale a pena negar. Até para as pessoas mais descontraídas e confiantes, uma mudança pode ser algo desconfortável. Nós, seres humanos, quer admitemos ou não, gostamos do que é certo, da rotina, da segurança e do previsível.

Quando somos crianças, esta tendência ainda é relativamente fácil de contrariar. Apesar de termos sofrido muito quando fomos para o infantário ou primária, de resto adorávamos explorar o mundo e experimentar coisas novas. Por algum motivo, isso foi-se perdendo à medida que crescemos. Se antes fazer coisas novas nos causava entusiasmo e alegria, agora causa-nos medo, desconforto e nervosismo.

Porquê fazer coisas novas apesar destes sentimentos negativos? Porque são sentimentos que surgirão apenas inicialmente, quando perceberem o retorno, ficarão muito felizes.


1. Novas coisas quebram a rotina: Ir a um sítio novo é quase como quebrar as barreiras do espaço e do tempo. Pensa na tua última viagem. Provavelmente, uma semana nessa viagem valeu um mês de vida, porque viste mais coisas do que aquilo que costumas ver no teu dia a dia. Experimentar coisas novas de vez em quando ajuda-te a quebrar a rotina de acordar, trabalhar e dormir.

2. Ganhas mais experiência e conhecimento: Fazer algo fora da tua rotina normal pode levar-te a novas experiências. E com experiências novas ganhas sempre mais experiência de vida, mais conhecimento, e um olhar diferente sobre o que te rodeia.

3. As coisas novas põem-te fora da zona de conforto: Como já devem ter lido aqui, uma das coisas que eu aprendi no meu primeiro estágio em enfermagem é que sair da nossa zona de conforto vale sempre a pena. E não podes sair da tua zona de conforto se não tiveres disposto/a a experimentar coisas novas. Enfrentar mudanças é algo que nos deixa desconfortáveis, obviamente, mas, após esse desconforto inicial, traz-nos mais felicidade do que estar sempre a fazer o mesmo e nunca arriscar.  Começa com coisas pequenas, e pouco a pouco, vai dando passos maiores em relação às coisas que te assustam mas que, ao mesmo tempo, queres fazer.

4, Partilhar novas experiências torna as amizades mais fortes: O que é que fortalece mais uma amizade? Tomar um café no bar da faculdade ou irem visitar uma cidade juntos? Embora seja possível criar relações fortes num bar de faculdade, visitares uma cidade com amigos torna a vossa amizade ainda mais forte porque, no futuro, terão boas histórias para contar e boas memórias que criaram juntos.

5. Não vais ter arrependimentos: Eu costumo dizer que só me arrependo daquilo que não fiz porque, embora tenha cometido muitos erros na minha vida, foram esses erros que me permitiram crescer e tornaram-me a pessoa que sou hoje. Mais vale fazer as coisas e elas correrem mal do que nunca tentar e, pensando desta forma, ficamos com menos medo de arriscar e experimentar coisas novas. Se gostares, muito bem, tens algo para recordar. Se não gostares ou não correr bem, sempre aprendes alguma coisa com isso.

6. Podes descobrir talentos escondidos: Eu nunca teria descoberto que tinha jeito para escrever se não tivesse criado este blog. Ok, talvez o meu jeito para a escrita já se tivesse revelado nas aulas de Português e nos postais que eu escrevo todos os aniversários aos meus pais, mas ter um blog deu-me a confirmação que eu realmente sei escrever ( modéstias à parte, se mo permitem ahahah). Arrisca aquela atividade que adorarias fazer, mas que tens medo de falhar.  Essa atividade pode tornar-se uma coisa que gostes ou, quem sabe, o teu talento.

7. Vais ganhar mais confiança: Experimentar coisas novas pode melhorar muito a tua autoestima. Provares que consegues fazer coisas diferentes e riscar coisas da tua bucket list dá-te uma sensação de rejenuvescimento e confiança extra.

8. Podes conhecer pessoas novas: Mesmo que não estejas à procura da tua alma gémea,  podes fazer novos amigos, ou mesmo melhores amigos.

9. Conheces-te melhor a ti próprio/a: Não é à toa que muitos jovens fazem um gap year no final do Secundário ou da Universidade, é para se autodescobrirem. Fazeres coisas novas permite-te conheceres-te melhor a ti próprio/a, conhecer os teus limites, as tuas qualidades, defeitos, medos...

10. Só vives uma vez: Nós só temos uma vida, portanto para quê desperdiçá-la a fazer sempre as mesmas coisas? Arrisca mais, arrepende-te menos, e faz tudo aquilo que te apaixona e desperta a curiosidade.


E vocês? O que é que ganharam quando experimentaram coisas novas?
 photo assinatura_zpsrhqg6p3f.png

22 comentários:

  1. Eu adoro ter experiências novas, mas às vezes se forem radicais tenho um pouco de medo.
    Beijinhos

    I Planeta da Inês | Dia Mundial da Música

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ter medo é normal, e quando digo experimentar coisas novas não é preciso ser necessariamente coisas radicais como atirares-te de pará-quedas, qualquer coisa nova serve para quebrar a rotina, aprender algo novo e todos os outros benefícios que referi :).

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Imagino que sim, deve ser uma experiência incrível :).

      Eliminar
  3. Como sabes, este ano foi um ano de experiências e projectos novos: a Patinagem, o Núcleo de Estudantes, a Praxe, o Curso,... Apesar de ter sido bem sucedida em todas as experiências e mudanças, devo dizer que cada passo que dava era tenebroso. Não sou segura no que toca a mudar hábitos ou rotinas. Tenho imenso medo do novo. Porém, todos os dias agradeço por ter todas estas oportunidades e vivências. Fazem a minha semana mais animada, movimentada e completa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estás a ter uma no em grande, pelo que vejo :).
      Eu também tenho imenso medo do novo, mas tal como, agradeço por isso, porque é o que torna a vida animada e mais completa.

      Eliminar
  4. "Só vives uma vez" essa é a verdade, só vivemos uma vez quer queiramos ou não. Adorei este post , até porque não sou uma rapariga das mudanças. Qualquer coisa que mude para mim é estranho e prefiro sempre a zona de conforto, mas sem dúvida que concordo com tudo o que disseste aqui

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não gosto muito de mudanças, mas cada vez que tenho oportunidade de fazer algo novo, obrigo-me a fazê-lo porque sei que me vai fazer feliz ou me vai ensinar algo :).

      Eliminar
  5. Não gosto do monótono, aborrece-me imenso e apesar de algum receio que possa sentir estou sempre disposta a arriscar em novas aventuras e experiências!

    Beijinhos, Hellen ❤
    http://instantesimprovaveis.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também , apesar de ter medo de mudanças, estou sempre disposta a arriscar :).

      Eliminar
  6. Sem dúvida que concordo contigo. Se não arriscarmos de vez em quando não vamos a lado algum!

    ResponderEliminar
  7. Eu particularmente gosto de sair da minha zona de conforto, gosto de saber até onde sou capaz de ir, é claro que já me dei mal com isso, mas aprendi que somos maiores e temos mais coragem do que nós próprios pensamos e imaginamos!
    Acho que disseste tudo, além de conhecer pessoas novas, conhecemos o nosso eu :).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro, se não correr bem, ao menos aprendemos alguma coisa :).

      Eliminar
  8. Bom mês para ti também :3
    Acho que devíamos fazer além de coisas novas, aquelas que temos medo :)

    -A MELHOR AMIGA DO TOTORO-

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :).
      Sim, porque se conseguirmos fazer as coisas que nos assustam mais, ganhamos mais confiança :).

      Eliminar
  9. Adoro experimentar coisas novas!
    Aprendo sempre muito.

    ResponderEliminar
  10. Olá Cherry,
    Adoro este tema :) Identifico-me muito com estes conteúdos :)
    E também acho que é uma forma de continuarmos a VIVER! Se fizermos sempre tudo igual, chegamos a uma altura em que parece que parámos no tempo.
    Obrigada por mais este post!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, fazer coisas novas é o que nos anima a vida, o que nos faz criar memórias e ter histórias para contar.
      Obrigada :).

      Eliminar
  11. Há quase um ano, um acontecimento mudou a minha vida por completo e desde aí que tenho VIVIDO! Com isto quero dizer que comecei a experimentar coisas novas e estou a adorar!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico mesmo feliz por uma mudança te ter permitido viver mais intensamente :).

      Eliminar
  12. No geral, gosto de mudanças. Adoro experimentar coisas novas e sair da minha zona de conforto! Talvez por isso é que gosto tanto de viajar. Sou uma irrequieta, não consigo estar parada. Volta e meia tenho de fazer algo diferente, que nunca fiz, que nunca experimentei. Aconselho a toda a gente, pelo menos uma vez por mês, a sair da sua zona de conforto e tentar algo novo. Muito em especial pelo teu ponto 10. Só estamos cá uma vez, não é? Por isso vamos fazer com que essa vez valha bem a pena :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tenho receio de mudanças, mas obrigo-me a enfrentá-las, por são estas que animam a vida :).
      Nem mais, concordo contigo :).

      Eliminar