!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Q&A de 2º aniversário do blog: As respostas (Parte 1)


Tal como prometido, aqui estão as respostas do Q&A do 2º aniversário do blog. Não contava receber tantas perguntas ( muito obrigada ) e, como também me estendi nas respostas tive que dividir este Q&A em duas partes, para não ter um post demasiado longo. A segunda parte sai amanhã.

Espero que gostem das minhas respostas.


Tens uma rotina para escrever aqui? Tipo, hora e local, por exemplo, ou quando tens um tempinho que aqui vens?
Não diria que tenho uma rotina, tento não criar muitas rotinas para não matar a inspiração, mas claro que tento ter algum planeamento e organização, porque sem isso seria impossível manter um blog com bom conteúdo regularmente. Escrevo sempre que tenho inspiração, e quando tal acontece escrevo 3 ou 4 posts que distribuo pelos dias de semana, num calendário digital que tenho para o efeito. Quanto ao local, em tempo de aulas costumo escrever no sítio que referi neste post . No verão, como estou sempre ou na casa da minha prima ou da minha avó, escrevo no sítio mais sossegado e na hora mais sossegada ( o que é difícil, porque está sempre muita gente nestas duas casas, mas eu lá encontro uma horinha mais sossegada para escrever).

Onde vais arranjar inspiração para o que escreves? Refiro-me sobretudo àqueles posts em listas.
Bem, a minha inspiração vem de diversos sítios. Vem dos livros que eu leio, dos filmes/séries que vejo, dos blogs que sigo, tanto no Blogger como no Bloglovin, do Pinterest ( esta rede social é uma grande fonte de inspiração)... Mas também podem vir das coisas mais pequenas do dia a dia, como uma conversa, algo que vi na rua e que me pôs a pensar, de uma aula... Quanto aos posts em lista, já não me lembro muito bem quando e como comecei a fazê-los ( só me apercebi que os fazia muito quando um leitor mo disse), mas acho que o facto de eu ler Buzzfeed influenciou-me muito ( embora eu não ponha gifs nos meus posts). Outro site que me poderá ter influenciado muito a fazer posts em lista é o mindbodygreen, que eu adoro ler!

Como é que te sentes, de verdade, ao saberes que tens um papel importante na vida das pessoas, por teres decidido criar um blog?
Em primeiro lugar, sinto-me surpreendida, porque nunca imaginei que o meu blog fosse ter tanto impacto! Criei o blog porque necessitava de ter um cantinho meu, onde pudesse ser eu própria, e as pessoas pudessem ler e comentar os meus posts, se fosse esse o seu desejo. Nunca imaginei que tantas pessoas fossem gostar tanto dos meus posts, e muito menos pensei que causaria algum tipo de impacto na vida delas. Também me sinto grata por poder ajudar e por ser lida, sinto-me linjonjeada e acarinhada por todos aqueles me deixam mensagens e comentários fofinnhos.

O que é que te motiva a continuares aqui, mesmo sabendo que os teus pais talvez discordassem com o facto de teres um blog?
O que motiva a estar aqui é sobretudo a minha paixão pela blogosfera e pela escrita. Nestes dois anos descobri que adoro escrever ( antes disso já gostava, mas agora sei que adoro mesmo) e que no futuro gostaria de ver este blog continuar a crescer, e gostaria de escrever um livro. Mas o que mais motiva é todas as mensagens carinhosas que os meus leitores me têm deixado ao longo deste tempo todo e a eles só tenho que dizer obrigada. Sem todo o vosso apoio e carinho, o blog não teria chegado onde chegou e eu, certamente, não teria tanta motivação para escrever nele.

Quais são os melhores livros que leste ao longo da tua vida e porquê?
Esta é uma pergunta difícil, porque eu já li tantos, mas tantos livros, que é difícil dizer quais são os melhores, mas vou tentar. Gostei imenso do livro "A Lua de Joana" e, apesar de já ter lido o livro há séculos, a sua história ficou-me na memória. Apesar de este livro já ter sido escrito há mais de 15 anos, o assunto ainda é atual e muito importante. Outro dos meus livros favoritos foi " O Gato Malhado e a Andorinha Sinhã", pela simplicidade da história que é, ao mesmo tempo, engraçada, dramática e com uma lição de vida também intemporal. É um livro que é bom para todas as idades, sejamos crianças ou adultos. Outros dos melhores livros que já li foi " O Principezinho", " Me Before You" e " A Grande Magia" ( um livro que me ensinou muito sobre criatividade, falei dele aqui).

Se pudesses fazer um curso à parte de Enfermagem, qual seria?
Esta também é uma pergunta difícil, uma vez que eu tenho vários interesses em áreas tão distintas. Só para perceberem melhor o que estou a dizer, o resultado vocacional do meu 9º ano foi 50% ciências e 50 % letras. Bem, mas respondendo à pergunta, eu não consigo escolher um curso, eu diria que estou interessada em Ciências da Nutrição, Ciências da Comunicação ou Línguas e Culturas Estrangeiras ( sim, eu sei, nada a ver umas com as outras).

Porquê é que o teu blog é anónimo? Tens medo que algum amigo o encontre? Tencionas, em algum dia, sair do anonimato? 
O meu blog é anónimo por diversas razões, razões essas que podem ser difíceis de compreender. Para começar, não teria problemas de dizer aos meus amigos que tenho um blog, apesar de ter medo, como é normal, pois no meu blog acabo por estar mais exposta, apesar de não dizer tudo sobre a minha vida. Mas, apesar do receio que poderia ter, não tinha problemas em dizer aos meus amigos. Os meus amigos aceitariam e, se não aceitassem, era sinal que não o eram. A principal razão que me leva a ter um blog anónimo é o facto de os meus pais serem muito conservadores, e pelo que eu tenho averiguado, eles não aceitariam muito bem. Poderia ser anónima toda a vida, se quisesse, mas não consigo. Nem imaginam a vontade que tenho de ter um blog público! De poder andar por aí livremente, a escrever posts sem fingir que estou a estudar ou estou a falar com uma amiga, poder partilhar os meus sucessos blogosféricos com os outros... No entanto, prefiro que os próximos 3 anos sejam sossegados, prefiro tirar o meu curso e deixar os meus pais livres de mais preocupações, porque eles já têm preocupações que cheguem, e não quero que eles me impeçam de ter um blog, para o meu bem e sucesso académico. Prefiro mostrar-llhes, daqui a 3 anos, que tirei um curso de maneira bem sucecdida ( assim espero) e que pude ser blogger ao mesmo tempo. Sei que não é a resposta que muitos leitores meus querem ler, mas acreditem que é para o bem do blog e de quem o segue. Talvez consiga ter um blog público mais cedo, mas o melhor é não contar com isso.

É que achas que afetaria a tua vida pessoal e a dos teus leitores se saísses do anonimato?
Acho que seria bastante positivo para os meus leitores, uma vez que passo a vida receber mensagens a perguntarem-me porque é que sou anónima e porque é que não saio do anonimato. Como leitora, sei que as pessoas identificam-se mais com os blogs públicos, em que podem ver uma cara, do que com aqueles que se escondem por detrás de uma foto do Tumblr. Quanto à minha vida pessoal, sinceramente, não sei como é que o blog a afetaria . Mil e um cenários ocorrem-me na cabeça, uns mais positivos, outros mais negativos. Quem já teve um blog anónimo e passou para público diz que nada muda, que continuamos a nossa vida normal, e eu quero acreditar nesse cenário. Contudo, também tenho medo que outros cenários mais negativos se concretizem: posso passar a vida a ser incomodada por amigos e familiares por causa de posts que escrevo, o blog pode afetar a minha carreira e impedir-me de encontrar emprego, certas pessoas que me são muito próximas podem ficar ofendidas com certos posts,... Sei que parecem cenários totalmente descabidos e impossíveis, mas são medos que me aparecem de vez em quando, quando penso em tornar o meu blog público.

No início do teu blog, como é que o divulgaste?
No início do meu blog, eu ainda nem tinha criado redes sociais para ele, por isso não tinha grandes formas de divulgá-lo. Basicamente, fui-me envolvendo com a comunidade blogosférica, deixando comentários em vários blogs ( deixava o meu link, mas eram sempre comentários relevantes, sobre o respetivo post), as pessoas foram aparecendo e gostando. Claro que quando criei o facebook do blog e, mais tarde, o Twitter e o Instagram, a audiência do blog cresceu mais rapidamente ( mas das três redes sociais, diria que o Twitter ajudou mais no crescimento do meu blog).

Que dicas dás para bloggers iniciantes e para quem quer criar um blog?
A primeira coisa que diria a bloggers iniciantes e a quem quer começar um blog é : antes de escreverem para outras pessoas, têm que escrever para vocês mesmos. O vosso blog tem que agradar-vos a vocês primeiro e só depois a outros. Se não gostarem do vosso blog, dificilmente os outros gostarão e, mesmo que gostem, será um sacrifício enorme para vocês ter que mantê-lo. As outras dicas que dou é serem sempre fiéis a vocês mesmos, não tentem copiar os outros e sejam consistentes no conteúdo que publicam, criem uma rotina de posts ( todos os dias ou 3 vezes por semana), para os vossos leitores saberem quando têm novos posts no vosso blog. Fiz um post sobre as características que acho que um blogger deve ter, que podem achar muito interessante.



Amanhã responderei ao resto das perguntas na 2º parte deste Q&A.
 photo assinatura_zpsrhqg6p3f.png






13 comentários:

  1. Gostei das tuas respostas!! E de te conhecer um pouco melhor...

    R: Elimina aquele em que digo que desconheço (ou algo deste género)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico feliz por gostares :).
      Vou ver se encontro esse comentário.

      Eliminar
  2. Adoro este tipo de publicações porque nos tornam mais próximos de quem está por detrás do blog (:

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico feliz por gostares, eu também adoro estas publicações,por isso achei que seria bom fazer algo assim :).

      Eliminar
  3. Gostei muito tanto das respostas como das perguntas! Parabéns por mais um ano de um blog tão bom! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico feliz por gostares.
      Muito obrigada :).

      Eliminar
  4. Identifiquei-me muito com a questão do anonimato, uma das razões são os meus pais... Enfim, muitos parabéns pelos 2 anos de blogue! Mereces :D
    Beijinhos

    Saturn's Mermaid

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é nada fácil, eu compreendo.... Muito obrigada :).

      Eliminar
  5. r: para mim é o mês de voltar à faculdade, e até gosto de lá voltar.

    ResponderEliminar
  6. Sempre me perguntei como é que tens tanta inspiração, porque fazes "tantos" posts e eu fico dias a pensar para ter uma ideia boa para o meu blogue ahaha
    Em relação ao teu blogue ser anónimo, deves mesmo então esperar se achas que isso é o melhor para ti. Primeiro estás tu, depois o blogue.
    Gostei tanto das perguntas, quanto das respostas. Beijinhos :)

    https://recomecar-mariana.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu quando tenho inspiração aproveito para escrever muitos de seguida :).
      Obrigada :).

      Eliminar
  7. Adorei tanto saber mais sobre ti! Também tenho um certo medo em sair da outra metade do anonimato, sim o meu nome é mesmo Vanessa,mas existem tantas.... Escrevo algumas coisas sobre mim mesma mas nunca esmiuço a escrita demais por medo que alguém me reconheça, e isso deixa-me pensativa e prefiro manter o meu assim, meio anónimo meio com alguma relevância sobre a minha entidade.
    Parabéns pelo teu sucesso, quero do fundo do coração que alcances todos os teus objectivos, e que possas sempre partilhar connosco que te seguimos.
    Um grande beijinho.

    ResponderEliminar