!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

sábado, 30 de janeiro de 2016

5 hábitos que tens de eliminar para atingires os teus objetivos.


Estabelecer metas e objetivos no início do ano é divertido e é até uma ótima maneira de passar o tempo. O problema é mesmo arranjar a motivação necessária para os pôr em prática, não é?

Eu adoro estabelecer objetivos a mim própria. Afinal, são os objetivos que nos permitem crescer e melhorar enquanto pessoas. Nunca é bom conformarmo-nos com o que já atingimos, devemos querer sempre mais, fazer mais, ser mais e melhor.

No entanto,atingir  objetivos pode demorar muito tempo. Às vezes tempo demais até! E a maior parte das pessoas não gosta de esperar! Entretanto, vão  perdendo todo o entusiasmo, a motivação e as forças que tinham para concretizar esse objetivo. Eventualmente, acabam por desistir.

Não queres que esta história se torne a tua, pois não? Então prepara-te para acabar com os hábitos que vou referir a seguir e que tu, muito provavelmente, os tens:


1. Tentar ser demasiado perfeccionista: Eu sou uma pessoa um pouco perfeccionista por natureza, admito. Talvez tenha herdado isto da minha mãe, pois ela gosta que tudo esteja perfeito. Eu também sei que , por mais que tente, eu nunca serei completamente perfeita, vou cometer sempre erros,vai haver sempre coisas que vou fazer mal. Costuma-se dizer que " errar é humano" e, além disso, é com os erros que se aprende. Nós somos nenhumas máquinas e cometemos erros, de vez em quando. Mas um pouco de perfeccionismo nas nossas vidas não faz mal a ninguém. Que este ponto não sirva agora de desculpa para andarem aí desleixados e a fazerem as vossas tarefas só pela metade. Claro que devemos querer fazer todas as nossas tarefas perfeitas, mas tem que ser uma perfeição moderada, sempre com a consciência que pode haver erros ( não sei se entenderam bem o meu ponto de vista, não consigo explicar-me melhor). Tentar desesperadamente fazer tudo perfeito pode te impedir de alcançar os teus objetivos.

2.Comparação: Quando era mais nova, eu costumava ser este tipo de pessoa, que se comparava sempre aos outros. Questões como "Porque é que não tenho melhores notas do que aquela rapariga?" e" Porque é que não tenho roupas tão giras como as dela?" estavam sempre a passar pela minha cabeça, embora eu fosse uma boa aluna, vestisse bem e tivesse sucesso na minha vida em geral. Mas se alguém era melhor do que eu e vivia melhor, eu queria ser como essa pessoa. Acho que isto não foi só culpa minha, uma vez que a comparação é um pouco forçada pela família e a sociedade em geral, e nós acabamos por sofrer as consequências. No entanto, quando passas as vida a comparar a tua vida e a tua jornada à dos outros, acabas por não prestar atenção a todas a coisas e pessoas fantásticas que tens na tua vida. Pensas sempre que uma certa pessoa tem uma vida mais fácil que a tua, porque tem mais dinheiro, um emprego melhor, viaja mais, mas todos nós temos os nossos problemas, e muitas vezes escolhemos não os partilhar com o mundo. Por isso, para de te comparar com os outros e começa a construir o teu próprio caminho.

3. Medo de falhar: Em algum momento da sua vida, todas as pessoas bem-sucedidas tiveram que ultrapassar o medo de falhar para atingir o sucesso. Muitas vezes, falhar não significa que nunca vais conseguir ter sucesso, significa apenas uma oportunidade para aprenderes com os teus erros e recomeçar de maneira mais inteligente. Desde que te levantes sempre e continues o teu caminho, nunca serás um falhado/a. Se queres atingir os teus objetivos, tens de substituir esses sentimentos de medo por sentimentos de desejo, paixão e fé de que tudo correrá para o melhor. Tens que querer mais atingir os teus objetivos do que teres medo de falhar.

4. Desculpas: Este é o hábito mais típico dos portugueses. Os portugueses são ótimos a inventar desculpas. Inventam desculpas para faltar ao trabalho, para não perder aqueles 5 quilos a mais que ganharam no Natal, para não deixar de fumar... Inventam desculpas para tudo! No entanto, tu não podes seguir o mesmo caminho que muitos portugueses. Quer o teu objetivo seja perder peso, ter um estilo de vida mais saudável ou ter mais sucesso no trabalho, não inventes desculpas nem adies as tuas tarefas do tipo " Começo só na segunda", começa agora!

5. Falta de disciplina: Quer os teus objetivos sejam grandes ou pequenos, é essencial teres disciplina. Vai haver dias em que tu não te vais sentir a fim de trabalhares no que quer que seja importante para ti. Vai haver dias em que vais preferir estar deitado/a no sofá a comer Nutella às colheres e a ver um filme, em vez de fazeres as tarefas a que te comprometeste. Vai haver dias em que a tua inspiração e motivação vão estar no máximo, mas vão começar a diminuir e ser substituídas pelo cansaço e desânimo. É muito mais fácil dizer " Estou muito cansado/a, faço o resto amanhã" do que continuar. Porém, para alcançares o sucesso tens de ignorar o cansaço e continuar. E é aqui a que a disciplina intervém. Ter disciplina é ter auto-controlo, é resistir à tentação de descansar ou desistir, para continuares a trabalhar nos teus objetivos. Para não  desmotivares tanto, reparte o teu objetivo em pequenos objetivos diários, como se fossem passos que tens de seguir até atingires o atingires.


Quais são os vossos objetivos de momento? Conseguem identificar os hábitos que vos estão a impedir de concretizá-los?



 photo assinatura_zpsrhqg6p3f.png

22 comentários:

  1. bem.. acho que desses 5 tenho 4 ahah vai ser dificil mudar..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É díficil admito, mas vais conseguir :).

      Eliminar
  2. Acho que disseste tudo...
    Mas não é facil mudar isso!
    Eu sou bastante prefecionista e gosto de ir comparando com outras pessoas para ir vendo o meu avanço...
    Coisas que demoram um tempão para serem mudadas.
    bjs
    Cantinho da tequis
    Facebook Cantinho da tequis

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, eu também antes era assim, e ainda sou um pouco, mas tenho sempre corrigir-me.

      Eliminar
  3. por acaso se tivesse que escolher alguma coisa que me impede de avançar é o meu espírito procrastinante, tenho mesmo que começar a dizer "não, nem penses. vai estudar já!" xD
    mas concordo contigo quando dizes que não devemos comparar-nos aos outros, as pessoas tem muito essa mania e só as faz ficar cada vez mais desmotivadas :/
    beijinhos :) http://supergirlinconverse.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acontece-me o mesmo às vezes e é tão mau xD. Mas tento ter auto-controlo e pensar que se não estudar tiro más notas e reprovo xD.

      Eliminar
  4. Adorei este post! Concordo com tudo o que disseste, principalmente com a parte das "desculpas".

    Beijinho, Beauty Queen

    ResponderEliminar
  5. Muito boas suas dicas, realmente válidas.
    beijos, me visita
    blogueirasara.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  6. Eu só estabeleço objetivos a curto prazo (se tiver um objetivo grande divido-o em objetivos mais pequenos - quase como um passo a passo) por isso não sigo propriamente estas dicas. É um método que me motiva porque vejo resultados quase imediatos e vejo-me a evoluir ao longo das semanas/meses :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso, sugeri fazer essa estratégia no final do último ponto. Realmente é mesmo mais motivante.

      Eliminar
    2. Sim, eu li. E concordei contigo nessa parte apenas. Simplesmente não creio que os pontos, na sua generalidade, se apliquem a mim porque não faço grandes resoluções e evito planos a longo prazo. Mesmo esses objetivos "maiores" que prefiro dividir são, habitualmente, objetivos a médio-prazo :)

      Eliminar
    3. Não se aplicam a toda a gente obviamente, são só sugestões. Mas essa estratégia em si é muito boa :).

      Eliminar
  7. Adorei as dicas e sou como tu , essa mania da perfeição que me persegue mas tento evitar a todo o custo que isso me afete :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :). Pois, é mesmo mau tentarmos ser demasiado perfeitas, mas agora estou a trabalhar para ser menos assim.

      Eliminar
  8. No meu caso o que mais me afeta é ser demasiado perfeccionista e ter medo de falhar (de certa forma, estes dois pontos acabam por se juntar...)! E são hábitos mesmo a eliminar. Acho que as tuas publicações com dicas e sugestões são bastante interessantes e pegas sempre em assuntos pouco falados por aqui. Isso agrada-me :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É também o que mais me afeta a mim.
      Oh, obrigada, fico feliz por serem úteis :). Obrigada pela tua opinião.

      Eliminar