!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Se eu tivesse que perder um sentido...


... e pudesse escolher, seria perder a fala (apesar de ser uma tagarela de primeira e adorar falar).

Às vezes penso naquelas pessoas que possuem uma deficência como ser cego,ou surdo, e penso no impacto que uma deficiência pode ter na vida de uma pessoa, um impacto muito maior do que apenas a exclusão social. As pessoas que vivem com este tipo de deficiências, vivem de certo modo pela metade, como se só tivessem acesso a uma pequena porção daquilo que a vida tem para oferecer.  Penso como seria ter que viver com uma deficiência...

E depois penso numa situação hipotética. Se eu tivesse que perder um sentido, mas pudesse escolher, qual deles escolheria perder?

 Não queria perder a visão porque deixaria de poder ver a beleza deste mundo, da natureza, deixaria de poder filmes, deixaria de poder ver a beleza das pessoas e, principalmente, deixaria de poder ver as pessoas que amo. Também não queria perder a audição mais uma vez por não poder ouvir as vozes das pessoas que amo, ouvir música,ver filmes, não poderia ouvir o som da chuva, nem o cantar dos passarinhos, nem poderia ouvir todos os sons que a Natureza nos proporciona.

Por isso, em resposta a esta questão, escolheria perder a fala. Poderia comunicar na mesma por escrito, por isso os danos seriam menores. Além disso, acho que é mais importante ouvir os outros e observar o mundo do que falar.

Agora respondam-me vocês a esta questão. Se tivessem que perder um sentido ( vá, nada de dizer que escolhiam não perder, têm mesmo que perder um) mas pudessem escolher, qual escolheriam)?

 photo assinatura_zpsrhqg6p3f.png

14 comentários:

  1. Eu escolheria perder a fala também :)

    ResponderEliminar
  2. Sou da mesma opinião, preferia perder a fala que a visão e a audição, ainda que eu seja uma tagarela do pior, não me calo!! E logo eu que adoro ver tudo o que está ao meu redor, que seria de mim sem a visão? :)

    Cidadã do mundo desconhecido
    http://cidadadomundodesconhecido.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo, eu acho que a visão é muito inportante e não me conseguia imaginar sem ela.

      Eliminar
  3. A fala é sem sobra de dúvida o que escolheria!

    Agridoceblog

    ResponderEliminar
  4. Daqui é a Gi, mas como não tenho conta no Google mais escrevo pela conta da Mia. A fala sem dúvida por todas as razões que descreveste ou então o cheiro.
    Gi
    http://agridoceblog.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu o cheiro não conseguiria deixar, não poderia cheirar mais perfumes, nem os cheiros da natureza...

      Eliminar
  5. Também escolhia perder a fala.

    http://mylittlesecretworld15.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Your posts are always so thought-provoking! Love them! It is such a tough one... I have no idea which sense I would give up. Probably same as you. Sometimes speaking less is actually a great thing :)
    xox Nadia
    http://mielandmint.blogspot.co.uk/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Thank you :). I'm glad you like them. Yeah, I think that sometimes speaking less is important.

      Eliminar
  7. Ainda estas ferias tive essa conversa com a minha mãe e depois de muito pensarmos também chegamos à mesma conclusão que tu!
    blog: Marianisses , Facebook

    ResponderEliminar
  8. Muitas vezes penso neste assunto mas acaba sempre por ser uma escolha óbvia. Tendo em conta os cinco sentidos humanos, abdicaria do olfacto. A visão e audição estão fora de hipótese, e nem consigo imaginar viver sem paladar e tacto. A fala não é considerada um sentido, mas também não sei se seria capaz de a escolher.

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu considerei a fala um sentido porque lembrei-me de pessoas que são mudas e de como seria viver assim..

      Eliminar
  9. Great post dear!

    www.bloglovin.com/blogs/printed-sea-3880191

    ResponderEliminar