!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

domingo, 23 de agosto de 2015

Deve-se beijar os filhos na boca?


Gerou-se uma polémica sobre esta questão quando, há dois dias, a psicológa da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, Charlotte Reznick, afirmou que "beijar os filhos é demasiado sexual e a boca é uma zona erógena".

Nunca achei piada a esta prática, na minha opinião. Muitas vezes, à entrada da escola, via os pais a beijarem os filhos na boca e eu desviava o olhar, porque aquilo me fazia confusão. Os meus pais nunca me beijaram na boca, graças a Deus, porque eu nunca quis que eles o fizessem.

 Para mim, só devemos beijar na boca o nosso namorado/namorada. Pode ser um pensamento um pouco retrógada e ultrapassado, mas para mim é assim.

Não vou julgar os pais que beijam os filhos na boca, como muitos julgaram depois de sair esta notícia. Cada um faz o que quer com os seus filhos, desde que estes estejam em segurança e que recebam amor. Só acho que, tal como a psicológa afirma, que beijar os filhos na boca pode confundi-os.

Porque é que eu acho isso: porque quando somos crianças, não sabemos diferenciar os vários tipos de amor que existem. Quando somos pequenos, pensamos que amor só existe quando um homem e uma mulher se casam, se beijam e têm filhos. Não sabemos que existem outros amores, como o amor que sentimos pelos nossos pais e pela nossa família, o amor que sentimos pelos nossos amigos... Portanto,
quando os pais beijam-se à frente dos filhos e depois beijam os filhos na boca, estes vão ficar confusos e vão se perguntar porque também são beijados.

Não diria que beijar as crianças é demasiado sexual, mas diria que pode confundir bastante as  crianças. Na minha opinião, devíamos guardar os beijos para o nosso namorado/namorada. 


Qual a vossa opinião sobre o assunto? Acham que deve-se beijar os filhos na boca ou não?


 photo assinatura_zpsrhqg6p3f.png

17 comentários:

  1. Não concordo muito com a tua opinião. Acho que, até certa idade, beijar os filhos na boca não é de todo algo mau. Acho super carinhoso :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não concordo, acho que pode confundir as crianças, mas os pais é que sabem...

      Eliminar
  2. Eu nunca achei muita graça a essa prática, mas tal como dizes não julgo quem o faça, mas pessoalmente acho que não se deve

    ResponderEliminar
  3. Também não gosto dessa prática, não o faria aos meus filhos mas cada um sabe de si! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu se tiver filhos, não o vou fazer, de certeza.

      Eliminar
  4. Eu também não sou nada fã desse hábito...

    ResponderEliminar
  5. Não podia estar mais de acordo!
    Os meus pais também nunca me beijaram na boca e ainda bem, porque eu não gosto nada de ver isso...
    http://pausanoestudo.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. acho que é um assunto que depende muito do tipo de educação, eu nunca fui habituada a tal por isso para mim é um bocado estranho :)

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, depende muito da educação, mas na minha opinião não se deve fazer.

      Eliminar
  7. Não concordo mesmo nada com a psicóloga neste assunto. Até porque é estúpido ter esta opinião toda teórica em volta de um ato simples e carinhoso. A minha mãe sempre se despediu de mim e o do meu irmão gémeo desta forma quando nos deixava na escola e nós estamos perfeitamente bem resolvidos com a nossa vida. Não é um ato minimal e afetuoso que nos vai confundir as ideias. Aliás, em pequenina, não me lembro sequer de ser educada a pensar que o amor só pode existir entre um homem e mulher, muito menos que um simples beijo pudesse ter outros significados, muito menos quando esse pedacinho de ternura vinha diretamente da pessoa em quem mais confiava no mundo. Acho ridículo que as pessoas pensem nisto como algo mais do que é: um inocente e bonito gesto de amor. Compreendo apenas a estranheza de quem não foi habituado ao mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem tal como disse, a psicóloga exagerou na parte de que o beijo é demasiado sexual. Eu tenho a minha opinião que não se deve porque confunde as crianças. No entanto, vejo que não foi o teu caso, e não censuro este tipo de práticas, apenas não concordo.

      Eliminar
  8. Não julgo quem o faz, mas penso como tu: beijos nos lábios guarda-se para os namorados xD
    blog: Marianisses , Facebook

    ResponderEliminar
  9. Hugs and kisses on the cheeks are lovely. Some parents would kiss their kids on the mouth, some wouldn't. I think everyone sort of choosing their own way. At the same time, the most important thing for a child is to feel loved. That's all they are going to remember, not if mum/dad kissed them on the mouth or not. I hope it makes sense :)
    xox Nadia
    http://mielandmint.blogspot.co.uk/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. I agree with you :). I don't judge the parents who choose to kiss their children on the mouth, everyone have the right to choose what they want to do. Personally, I think we should save kisses on the mouth to our boyfriends, but everyone is free to choose what they want to do.
      But I agree with you, I think that the most important thing for the child is too feel loved, no matter if she/he receives kisses on the cheeks or on the mouth :)

      Eliminar