!-- Javascript Resumo Automático de Postagens-->

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Ser boa aluna a línguas é mau quando...


... te pedem para ler teses, relatórios de estágio, atas, recursos, porque  "ah e tal tu escreves bem e lês muitos livros, por isso pensei que eras a pessoa ideal para leres só umas páginas... Por favor, só são umas 128289 páginas (o "só" é pronunciado mais prolongadamente, numa tentativa falhada de me manipularem) , lê-se num instante... E quando tu te recusas a ler chamam-te preguiçosa ou, a técninca de manipulação infalível colocam-te a responsabilidade do eventual insucesso deles (e aqui ficas com peso na consciência e lá vais ajudar).

Parece que, apesar da nota do exame de Português não ter feito justiça aos meus conhecimentos ( e já agora, decidi não fazer o recurso) as pessoas ainda recorrem a mim quando precisam que lhe corrija os trabalhos (infelizmente).

E o pior é que esta é a época em que muita gente está a terminar as sua licenciaturas e a fazer a tese, por isso é depois mais umas 30 páginas do vizinho, mais de outra que me pegou ao colo quando eu era bebé (mas da qual eu não me lembro), mais o relatório do minha prima ... Fosse eu ler tudo a toda a gente e quando desse conta as minhas férias já tinham passado.

Há ainda quem queira um "serviço" extra,ou seja, que eu lhes traduza mais umas não sei quantas páginas de artigos em inglês, porque "ah , tu que percebes tanto de inglés, toma cá disto que vais ver o que é bom para a tosse..."

Se estão a ler isto e se se enquadram nesta categoria de pessoas irritantes façam-me um favor: não me metam papelada à frente para eu verificar se as vírgulas estão direitas, deixem-me descansar. Sim, leio livros porque são interessantes, não me interessa o que andaram a fazer no vosso estágio porque eu daqui a 4 anos (se tudo correr bem) vou ter que fazer o meu relatório. Andaram 12 anos na escola como eu , por isso têm obrigação de saber escrever minimamente bem.



 photo assinatura_zpsrhqg6p3f.png








13 comentários:

  1. Eu detestava quando me vinham pedir na escola para lhes fazerem trabalhos ou perguntar se estava bem xD

    ResponderEliminar
  2. A min acontece - me o mesmo! Ás vezes, com algumas pessoas basta dizer não uma vez mas com outras....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mim só se calam quando eu digo que sim :(

      Eliminar
  3. Cherrylindamiga

    Duas coisas,que aliás são três, levam o chato do cota a vir aqui:

    1) Como sabes gosto muito da tua escrita e do teu blogue;

    2) Concordo contigo, eu que tive a desgraça enquanto chefe da Redacção, de ler uma catrefa de textos e de muitos os corrigir e

    3) Muito obrigado pela tua lição magistral; agora já sei como se faz... O quê? Fica entre nós os dois...

    Qjs do alfacinha

    E não te esqueças de me mandar o teu imeile...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :)
      Fico feliz por ter ajudado.
      O meu mail está na coluna lateral direita por baixo do "Sobre Cherry" se me quiser contactar.

      Eliminar
  4. Cara Cherry,

    Pode educadamente encaminhar essas pessoas para o seguinte endereço:

    www.optimizinglives.com/what-we-do/for-students

    Teremos todo o gosto em ler as teses, relatórios de estágio e todos os outros tipos de documento.

    Obrigado e continuação de boa escrita no blog.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :)
      Não tinha conhecimento da existência do vosso site, mas obrigada, terei todo o gosto em encaminhar as pessoas que referi para esse endereço.
      Muito obrigada :)

      Eliminar
  5. Eu gosto de ajudar mas situações como as descritas, quando não nos respeitam ou tal como vivi, quando de ajuda precisei, viraram-me as costas... Dá vontade de dizer um grande palavrão, não é verdade?
    Aproveita as tuas férias.
    Pelo menos sabes dizer não. Eu, grande estúpido passei anos sem o saber. Que muitos, ao lerem este teu post aprendam a importância do NÃO.

    ResponderEliminar